O livro foi o mais vendido da plataforma de lançamentos da XII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco

Tartarugas, conchas e som das ondas do mar. Foi este o clima da noite de quinta-feira (17), durante o lançamento do livro ‘Scamonis – o outro lado de mim’, de Marcela Franca, realizado no Nobile Suite em Petrolina-PE. Para a autora, o momento teve também a sensação de dever cumprido.

“Sentimento de missão cumprida! Sou apaixonada por Petrolina e foi maravilhoso poder partilhar esse momento com tantas pessoas queridas. Só tenho a agradecer a todo mundo que de alguma forma contribuiu para que esse evento se realizasse”, explicou a escritora.

O lançamento reuniu familiares, amigos, admiradores de Marcela Franca, além de autoridades, como o prefeito Miguel Coelho. “Uma alegria a gente poder estar prestigiando o lançamento do livro de uma autora petrolinense. O ‘Scamonis’ traz toda uma questão de conscientização ambiental, ainda mais num momento que o Brasil está vivendo por esse drama, o Nordeste de uma forma especial. Ela conseguiu nas mais de 300 páginas que o livro tem, encantar as pessoas que vão ler e vão conhecer um mundo novo, porque muitas vezes, muita gente gosta do mar, gosta do oceano, mas não conhece as histórias e agora através de ‘Scamonis’ poderão ter um gostinho, para poder também preservar esse patrimônio tão rico que o Brasil tem, que são os nossos mares”, declarou Miguel Coelho.

Na ocasião, Marcela Franca foi comunicada que ‘Scamonis – o outro lado de mim’, foi o livro mais vendido da plataforma de lançamentos da XII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, que aconteceu no último domingo (13), em Recife. “Fiquei muito surpresa! Por ser o meu primeiro livro, não esperava que ‘Scamonis’ tivesse uma aceitação tão rápida. Foi emocionante saber dessa notícia”, comemorou.

Para o escritor e fotógrafo Rafael Benevides, que já leu a obra, o sucesso do livro era esperado. Para ele, ‘Scamonis – o outro lado de mim’, é envolvente e estimula o autoconhecimento.

“Me senti honrado de ser um dos primeiros a ler a versão digital, me senti preso ao enredo do livro. Quando você lê, não consegue parar, ela tem uma linguagem extremamente misteriosa que te prende, encantadora e muito reveladora. Durante esse processo de lê-lo eu descobri muito sobre mim. É incrível que assim como o mar, nós somos. Quanto mais profundo você mergulhar, mais você descobre sobre si. E como o título diz ‘o outro lado de mim’, é uma forma de se resumir essa aventura fantástica que é esse livro, é você permitir lembrar que todos nós temos outros lados e ainda não conhecemos tudo sobre nós”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui