O Prefeito Vilmar Cappellaro apresentou petição à Justiça Eleitoral informando que ele não é o responsável pela confecção, financiamento ou distribuição de máscaras de proteção facial cuja imagem tem circulado nas redes sociais.

As máscaras contém a fotografia do prefeito, um slogan, e as cores, logomarca, e número do seu partido político. A postura do Prefeito é preventiva, e visa afastar sua responsabilidade eleitoral pelos fatos, já que nada sabia sobre a confecção das máscaras e a circulação da imagem.

O Prefeito esclareceu que não se pode realizar propaganda eleitoral antes de 15 de agosto, e que nem agora nem no período eleitoral é possível distribuir qualquer tipo de brindes como: camisetas ou objetos assemelhados, condutas que podem ensejar a aplicação de multa pela Justiça Eleitoral. Por isso, ainda que eventualmente se trate de uma manifestação voluntária de eleitor simpatizante, alerta que a prática deve ser evitada, já que pode acarretar a aplicação de sanções aos responsáveis pelo financiamento e confecção das aludidas máscaras. (Ascom)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui