Paróquias, grupos e pastorais sociais da Diocese de Juazeiro irão realizar, no próximo dia 7 de setembro, o 25º Grito dos/as Excluídos/as. Este ano, a manifestação popular, que acontece em várias cidades do país, tem como temática “Esse sistema não vale: lutamos por justiça, direitos e liberdade”. A concentração do Grito dos/as Excluídos/as será às 9h30, na Orla, em frente ao Rei do Caldo.

Diferente dos anos anteriores, nos quais o Grito saía junto com o Desfile da Independência, este ano, a manifestação será no final, após as apresentações. Organizado pela Igreja Católica, o Grito dos dos/as Excluídos/as tem como objetivo denunciar as situações de exclusão social e anunciar a esperança de um mundo melhor.

“É um processo de cidadania, que nos provoca a reflexão sobre o significado da independência de um país. Até que pontos somos independentes se temos várias situações de exclusão? É um momento que queremos colocar para a sociedade o que nós entendemos como independência, que parte dos princípios da justiça, da igualdade e da liberdade” comenta Elio Batista, integrante da organização do Grito em Juazeiro.

O tema do Grito faz referências à Campanha da Fraternidade, que aborda as políticas públicas, e ao crime da mineradora Vale em Brumadinho (MG), responsável pela morte e desaparecimento de quase 300 pessoas e contaminação do rio Paraopeba, afluente do São Francisco.

“Nós convidamos a toda população de Juazeiro para se unir a nós, Igreja, grupos, pastorais, movimentos sociais e todos aqueles que lutam por justiça, direitos e liberdade. Nosso objetivo não é desfilar, é gritar, é falar para a sociedade o que nós queremos, o que não concordamos e o que precisamos melhorar”, destaca Elio.

Quem for participar do Grito pode levar faixas e cartazes sobre a temática e, se possível, vestir roupas de cor branca.

25º Grito dos/as Excluídos/as

Data: 7 de setembro de 2019

Horário: 9h30

Local: Em frente ao Rei do Caldo, Orla de Juazeiro

Comunicação CPT Juazeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui