Home Sem categoria II Jornau da UniFTC apresentou a arquitetura do futuro em Petrolina

II Jornau da UniFTC apresentou a arquitetura do futuro em Petrolina

232
0


Através de um movimento para o futuro envolvendo profissionais da região, alunos e egressos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade UniFTC Petrolina, o Colegiado do curso promoveu, no campus da instituição, na última semana a II Jornau – Jornada de Arquitetura e Urbanismo "Criatividade: Um mito na Arquitetura?".

O evento reuniu palestras, oficinas de pintura, desenho, fotografia, visita técnica na Catedral de Petrolina e Palácio Epicospal, através de um movimento de conhecimentos da história das artes, estética, técnicas de construção civil, representação de projeto, normas técnicas e sustentabilidade na produção de arquitetura, urbanismo, design e paisagismo. A II Jornau contou com a organização das docentes Joanna Milanez, Erica Torres e Cinthia Lopes.

A aluna do 8º período, Marianne de Andrade conduziu a oficina de técnica básica de aquarela na sexta-feira (02) e comenta como foi a experiência. “O momento foi diferente, pois quando somos alunos ficamos ouvindo os professores e, hoje aqui na frente, é muito bacana, pois estou passando algo que conheço e ajudando os arquitetos do futuro. A técnica de aquarela entra muito no processo criativo do estudante e do futuro arquiteto durante a criação dos projetos”. Fernanda Mourão é estudante do 6º semestre e participou da oficina aquarela. Ela explica que o movimento contribuiu para aflorar a criatividade. “Além de ter sido um momento de descompressão das atividades acadêmicas, a II Jornal foi uma oportunidade de networking e muito aprendizado”, disse.

Na programação da sexta-feira (02), os alunos participaram também de palestra com o arquiteto do escritório Duo Arquitetura, em Petrolina, Anderson Fonseca, sobre ‘Processo Criativo em Escritório de Arquitetura’ e de oficina de fotografia com o arquiteto pernambucano, Talles Couto.

O arquiteto Anderson Fonseca explicou que falar sobre criatividade é essencial para a carreira profissional. “Desde cedo precisamos desmistificar que a criatividade é algo apenas ligado ao talento, mas entender que a prática diária, tentativa dia-a-dia ajuda a montar um acervo de soluções criativas para resolver determinado problema e assim te preparar para o mercado do trabalho”, comentou. Talles conta que a ação foi muito importante para o arquiteto do futuro, que deve conseguir enxergar o projeto com um olhar criativo através de cenas. “Podemos fazer um belo trabalho com o nosso corpo, que é uma câmera natural através da mente, olhos e coração. A fotografia na profissão deve trabalhar a técnica, objetividade e a emoção. O que importa não é o celular ou a câmera, mas a sensibilidade que desejamos passar com a fotografia. A iniciativa da UniFTC em trazer profissionais para trocar experiências com os estudantes foi muito importante.”, frisou.(Ascom)

Previous articleDia do Guarda Civil: Prefeitura investe e valoriza os profissionais de Petrolina
Next articleJoão Paulo exalta Danilo e faz chamado à militância do PT para mudar e definir destinos