A Unidade de Comunicação do Hospital Universitário encaminhou uma nota ao Nossa Voz no início da tarde desta segunda-feira (19) justificando o reúso das luvas pelos profissionais de saúde que lá atuam. De acordo com a publicação, trata-se de um procedimento autorizado pela Anvisa, utilizado apenas na terceira camada de proteção dos funcionários “exclusivamente durante mudança de posição do paciente na cama”.

Acompanhe na íntegra:

“O HU-Univasf tem feito um trabalho exemplar em sua UTI Covid-19, localizada na Policlínica, tendo já acolhido 95 pacientes acometidos pelo ovo coronavírus.

Seguindo todos os procedimentos determinados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o HU adotou o uso da luva reutilizável devidamente higienizada como mais uma estratégia de reforço da segurança dos profissionais e pacientes.

As luvas reutilizáveis higienizadas são empregadas exclusivamente durante mudança de posição do paciente na cama. Nessas ocasiões, a luva em questão é, na verdade, uma terceira camada de proteção, conforme a seguir:

  • Camada-1: O profissional veste a luva de procedimentos (descartável);
  • Camada-2: O profissional veste a luva estéril (descartável);
  • Camada-3: O profissional veste a luva reutilizável devidamente higienizada.

Diante disso, fica evidenciado que o emprego da luva reutilizável higienizada, prática abarcada pelas normativas da Anvisa, consiste em medida de reforço de segurança, e não o contrário, uma vez que seu emprego contribui para um isolamento extra do profissional em relação ao paciente a ser manipulado”.

Unidade de Comunicação Social

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui