Home Sem categoria Hospital Dom Malan realiza procedimento de emergência em gestante e salva bebê...

Hospital Dom Malan realiza procedimento de emergência em gestante e salva bebê dos riscos da prematuridade extrema

260
0

A equipe de ginegocologia/obstetrícia do Hospital Dom Malan comemorou, na última semana (16), uma excelente notícia: o nascimento do pequeno Nícolas.

A gestação da menor de iniciais A.S.S chegou a 38 semanas graças à cerclagem uterina feita de emergência quando a paciente estava com apenas 24 semanas (6 meses). Considerado um milagre, o pequeno guerreiro nasceu bem, saudável e pesando 2,575Kg.

De acordo com o médico Stênio Galvão, a cerclagem consiste em um procedimento feito por meio de uma cirurgia, em que se realiza uma sutura no colo uterino para evitar o nascimento antes da hora prevista.

Em geral, é indicado para mulheres que possuem insuficiência do colo do útero (Incompetência Istmocervical) – uma dilatação que pode começar ainda no primeiro ou no segundo trimestre de gestação – devendo ser realizada de forma eletiva entre 12 e 16 semanas, preferencialmente.

Com o procedimento feito no período correto, o parto acontece posteriormente de forma normal, podendo ser por cesárea ou via vaginal, como foi o caso da paciente. “Nesta situação específica nós fizemos uma cerclagem de emergência, que deu muito certo. As chances do Nicolas sobreviver às 23 semanas de vida eram praticamente nulas. Com a cerclagem chegamos às 38 e salvamos a vida dele”, reflete Dr. Stênio – especialista que fez a cirurgia.

Feliz com o desfecho final, o pai (Matheus de Lima Leite) agradeceu aos médicos e a toda equipe do Dom Malan. “Tenho certeza de que se não fosse a cerclagem o meu filho não estaria nos nossos braços hoje. Fiz umas pesquisas e vi que muitas mulheres que têm essa doença perdem, dois, três, quatro filhos e a minha conseguiu segurar na primeira gestação, mesmo sendo tão nova. Os profissionais do Dom Malan são muito educados e competentes. Nós só temos a agradecer”, revelou.

Para Stênio, esse é um motivo e tanto para ser celebrado. “Realizar esse procedimento no nosso serviço faz toda a diferença, já que a viabilidade desses fetos nessa idade gestacional tão precoce é praticamente nula. Diariamente ajudamos a trazer vidas ao mundo aqui no hospital e salvamos bebês com prognósticos difíceis. Essa é a nossa missão. É isso que nós fazemos. Então, viva o Dom Malan e viva o SUS”, conclui o médico.

Quem também participou da realização da cerclagem foi a residente de Ginecologia e Obstetrícia do HDM, Rosa Roriz. “Participo fazendo as cerclagens de emergência sob a supervisão de Dr. Stênio Galvão e Dra. Amanda Seixas. Também mantenho o acompanhamento com as pacientes durante toda a gestação e disponibilizo o meu contato pessoal para qualquer eventualidade”, ressalta.

O Dom Malan é o único hospital que realiza o procedimento na região, devido ao risco. “Já temos alguns resultados positivos e ver a felicidade das mães com seus filhos nos braços é uma sensação indescritível, de dever cumprido. Proporcionar esperança num momento extremamente delicado como esse me traz a certeza de que estou no lugar certo e fazendo a coisa certa”, conclui.

Ascom HDM

Previous articleQuarta-feira(23) véspera de São João, a festa nordestina. Como surgiram as festas juninas?
Next articleHoje é Dia de São João! Curiosidades sobre o santo