Para homenagear os 31 anos sem Luiz Gonzaga, os comunicadores Vinicius de Santana, radialista e o jornalista e também radialista, Ney Vital, promovem uma Live nesta segunda-feira(03) às 20 horas, pelo canal: facebook.com/vinicius.desantana.94.

“Ele carregava na indumentária toda a geografia de uma nação. Quando a gente olhava ele no palco, o que se via era um vaqueiro, um cangaceiro, um violeiro, um trabalhador”, Maciel Melo.

“Gonzaga conseguiu se perpetuar na memória do povo pela verdade que carregava em sua música, pela capacidade de traduzir o comportamento do homem nordestino”, Marcelo Melo, do Quinteto Violado

“(…) dormir ao som do chocalho e acordar com a passarada, porque, apesar de viajante, Luiz Gonzaga se envaidecia em viver sua terra e encantar sua gente.“Ele foi um político na música”, brada a cantora e compositora Cristina Amaral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui