Protesto é promovido por sindicatos  e organizações sociais

Manifestantes participaram hoje (7), em Petrolina-PE, da 25ª edição do Grito dos Excluídos. O protesto, que é promovido por sindicatos  e organizações sociais, acontece desde 1995, sempre em 7 de setembro, e tem por objetivo levar as demandas de setores da população para as ruas.

Neste ano, o tema foi “Esse sistema não Vale”, uma alusão aos acidentes com as barragens da mineradora Vale em Mariana, em 2015, e em Brumadinho, neste ano, que deixaram mortos e danos ambientais e outras pautas reivindicadas pelas organizações sociais.

Em Petrolina, o protesto começou por volta das 11h, logo depois do desfile militar, na Avenida Guararapes.

Um fato chamou atenção, mas não trouxe prejuízo para o protesto, que foi o sistema de som da Prefeitura, que não foi desligado, quando da aproximação dos manifestantes em frente a sede do poder municipal. Entendimentos entre a Vereadora Cristina Costa e o líder do governo Aero Cruz, o problema foi sanado e os manifestantes puderam ler uma carta, que coloca suas reivindicações por um país melhor.

O sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Petrolina,  estava presente ao grito e sua Presidente Leninha, disse “que é um momento de reflexão e que as politicas públicas precisam se retomadas no país para o bem estar dos trabalhadores e trabalhadoras que produzem para a nação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui