Home Sem categoria FliSertão: Livros produzidos em Petrolina serão lançados durante o Festival

FliSertão: Livros produzidos em Petrolina serão lançados durante o Festival

569
0

Os escritores que desejam expor e comercializar suas obras, devem realizar a inscrição até o dia 17 de julho

O município de Petrolina está definitivamente na rota dos grandes festivais literários do país com a realização do FliSertão. Em sua 2ª edição, o evento, realizado pela Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, e a Editora Andelivros, vai reunir grandes nomes da literatura e cultura do país, entre os dias 19 e 23 de julho. Além da vasta programação, com shows, palestras, debates e oficinas haverá também o lançamento de livros de escritores locais, no Centro de Convenções. Os autores que desejam expor e comercializar suas obras durante o evento devem realizar a inscrição, que é gratuita, até o dia 17 de julho, através do link https://docs.google.com/forms/d/18g03mdkL4qCIYPWlRZZzlkJlC1cQIsHC3ddxmXcwR3o/edit?usp=sharing.

No dia 18 de julho, os escritores receberão por e-mail a grade de horário dos lançamentos. O secretário Executivo de Educação Integral, Moisés Almeida, destaca que O Flisertão é uma grande oportunidade de difundir e promover as obras dos escritores locais. “Petrolina e região contam com uma gama de escritores que têm produções independentes, além daqueles que fazem parte das instituições de ensino superior. O FliSertão vai ter um espaço dedicado para esses escritores, inclusive com a mesma estrutura de comercialização, que as grandes escritoras possuem. Por isso, convidamos todos que têm livros em meio físico ou digital para se inscreverem e apresentarem suas produções no Festival”, ressaltou Moisés.

Para maiores informações sobre as inscrições, pelo e-mail flisertaoautoreslocais@edu.petrolina.g12.br.

Previous articleCongresso defini o salário minimo de 2023. Confira o novo valor!
Next articleSESI-PE oferta 300 vagas gratuitas para cursos de capacitação profissional. Inscrições até hoje, 17 de julho