Home Sem categoria A partir desta sexta(27), estudantes pernambucanos vão disputar o Torneio Nacional de...

A partir desta sexta(27), estudantes pernambucanos vão disputar o Torneio Nacional de Robótica. Tem representação de Petrolina

861
0

A etapa nacional acontece nos próximos dias 27, 28 e 29, em São Paulo, e reúne 1.200 estudantes de todo o Brasil

Oito equipes pernambucanas vão disputar a fase nacional do Torneio de Robótica, que acontece de 27 a 29 de maio, no Pavilhão da Bienal, em São Paulo. Este ano, os estudantes precisaram elaborar um projeto buscando soluções para problemas do dia a dia relacionados ao transporte e à logística. Ao todo, nesta temporada, irão competir 186 equipes e aproximadamente 1.200 estudantes das redes SESI e de escolas públicas e privadas, além de equipes de garagem.

Da Rede SESI de Educação de Pernambuco, na modalidade FIRST Lego League (FLL), participarão as equipes Unity, (Escada), Kyrios Lego, (Araripina) e Lego Mito (Paulista), além da Visão-Elétronsbot, do Colégio Visão (Recife); da FIRST Tech Challenge (FTC), serão a Rev Atom (Ibura), Ogel’yx (Cabo de Santo Agostinho) e Newgen Leards (Petrolina); da modalidade F1 in Schools, será a equipe GRT (SESI Goiana).

Com o mote de logística, a equipe Unity, composta por seis alunos do SESI Escada, identificou que a queda da cana de açúcar dos caminhões durante o trajeto entre o campo e a usina pode representar uma perda de 5% da carga total, o equivalente a um prejuízo de cerca de R$ 62 mil mensais para as usinas. Isso porque, para não aumentar o número de frotas, de funcionários e, dessa forma, aumentar, o custo da operação, as usinas ultrapassam o volume da carroceria do caminhão, que, sem proteção, acabam levando à queda do produto na estrada. Para solucionar essa questão, os jovens criaram o “Mecânity”. O equipamento funciona a partir de duas estruturas com redes que ficam localizadas nas laterais dos caminhões e realizam um movimento para cobrir a carroceria e, consequentemente, permitem que as usinas continuem levando uma quantidade maior de cana de açúcar sem o risco da perda.

“Além de evitar possíveis acidentes com a cana de açúcar nas estradas, o nosso equipamento custa metade do valor do que as usinas utilizam atualmente”, argumentou Eduardo Oliveira, de 15 anos, um dos integrantes da Unity. Em seu primeiro ano no Torneio de Robótica, o jovem acredita que transporte, logística e segurança são pautas de inovação bastante pertinentes, uma vez que estão totalmente associadas ao dia a dia da população. “Antes, eu pensava que a logística era voltada apenas para o transporte da indústria, mas está presente em uma compra online ou no delivery de comida que pedimos em casa”, afirmou o aluno.

FÓRMULA 1 – Parte de um projeto internacional realizado pela Fórmula 1, a F1 in Schools é uma modalidade do Torneio SESI de Robótica voltada para estudantes de 9 a 19 anos, que são responsáveis por criar uma empresa – que funciona como uma escuderia – e dividir funções de gerenciamento, marketing, design e engenharia. Os estudantes constroem um carro de Fórmula 1 em miniatura para disputar testes de velocidade com outras equipes em uma pista de 24 metros, podendo chegar a 80km/h em menos de um segundo. Única representante de Pernambuco este ano, a equipe GRT, do SESI Goiana, irá competir na categoria durante a etapa nacional do Torneio de Robótica. O time é composto pelos alunos Adryan Lucas, Arthur Lima, Eduardo de Freitas, Júlia Letícia, Thaynná Suellen e Yasmin Ellen, e pelos técnicos Jonas Brito e Vitor Andrade. Por meio dessa experiência, que coloca os estudantes diretamente em contato com a tecnologia e com processos necessários para completar o projeto, os jovens são encorajados a explorarem e seguirem carreira em áreas como design, engenharia e indústrias de manufatura.

SERVIÇO

  • Etapa Nacional do Torneio SESI de Robótica
  • 27 a 29 de maio
  • Pavilhão da Bienal – São Paulo (SP)

Previous articleHá muito de belo para se ver: cuidado com o glaucoma
Next articleSindsemp realiza assembleia com técnicos e auxiliares em enfermagem