Home Sem categoria Em visita a Cabrobó Lucas Ramos vistoria obras da Escola Técnica e...

Em visita a Cabrobó Lucas Ramos vistoria obras da Escola Técnica e anuncia primeiros cursos que serão ofertados

233
0
Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco, visitando a obra em Cabrobó-PE

O Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco, deputado licenciado Lucas Ramos esteve na cidade de Cabrobó na manhã desse sábado (24/07), acompanhando as obras da Escola Técnica Estadual Mária Amélia, obra orçada em mais de 11 milhões de reais, e que ofertará em sua totalidade 540 vagas em cursos técnicos.

Lucas Ramos esteve acompanhado de lideranças políticas a exemplo do ex-prefeito Eudes Caldas do ex-prefeito Edgar Caldas do ex vice-prefeito Mário Barros, do ex-vereador Edmilson Caldas e de quatro ex-secretárias de educação de Cabrobó, como também do vereador Wagner de Sarapó.

Na oportunidade, o secretário Lucas Ramos repassou em primeira mão informações oficiais sobre os primeiros cursos que serão ofertados para população Cabroboense. “Com uma área total de 18.000 m² e mais de 5.500 m² construídos a Escola Técnica comportará em sua totalidade 540 alunos em diversos cursos, os primeiros cursos oferecidos serão os de Agronegócio e Logística.”

Lucas disse que uma das prioridades do Governo do Estado de Pernambuco é a inauguração da Escola Técnica ainda em março de 2022. “O Governador Paulo Câmara espera inaugurar a Escola Técnica em março de 2020, mas vendo as planilhas da construtora é possível que esta inauguração seja antecipada para o mês de dezembro de 2021, sendo assim ainda em fevereiro serão ofertadas 360 vagas para os primeiros alunos da Escola técnica Maria Amélia em Cabrobó.”

O ex-prefeito de Cabrobó, Eudes Caldas, fez questão de ressaltar a importância de uma Escola Técnica para a cidade de Cabrobó. “Este projeto que foi iniciado em nossa gestão enquanto prefeito de Cabrobó, com a doação do terreno, quando concluída será de suma importância para o município, pois teremos uma oportunidade amais para nossos jovens, que não precisarão se deslocar para outras cidades para estudar, aqui mesmo teremos um ensino técnico de qualidade e formará uma mão-de-obra qualificada e especializada, além de gerar emprego e fonte de renda.”(Ascom)

Previous articleCNI rechaça fala de Sachsida sobre ‘passar a faca no sistema S’
Next articleIFSertão PE lança campanha para composição do Conselho de Usuários de Serviços Públicos