Prefeito Humberto Mendes de Santa Maria da Boa Vista

Nesta semana, na câmara de vereadores de Santa Maria da Boa Vista, foi realizada uma audiência pública para discutir os gastos dos recursos dos precatórios. A audiência foi convocada por vereadores de oposição e não contou com as presenças do secretário de educação, Adão Dias, e também do prefeito Humberto Mendes, o que deixou os oposicionistas frustrados, segundo palavras de alguns vereadores de oposição.

O prefeito Humberto Mendes declarou que já tinha uma reunião marcada com um empresário que estaria vindo à Santa Maria analisar a possibilidade de um investimento na cidade e classificou a audiência como um ato político, “o recurso do FUNDEF não é recurso do professor, é recurso do povo de Santa Maria da Boa Vista, e vamos prestar contas. Não existe qualquer real no bolso do prefeito, do vice, dos vereadores, todo dinheiro tá sendo investido, e bem investido. Nós vamos demonstrar, e com calma, não num ato político, num palanque político como se montou na câmara municipal, e não participei também por isso, não vou formar palanque para a oposição. As pessoas querem fazer palanque, e não é isso, a gente tem que levar as coisas com seriedade”.

O prefeito destacou que a própria gestão quem vai chamar a população para prestar contas de todo o recurso e ressaltou ainda que os professores devem brigar com a justiça, “vão à justiça, vão no ministério público, são com essas pessoas que vocês tem que dialogar, brigar no bom sentido, se eles disserem que o prefeito tem que pagar, vamos pagar, mas enquanto a justiça não determinar a gente não pode fazer isso sob pena de incorrer em irresponsabilidade”.(Nossa Voz)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui