Resultado de imagem para Em Pernambuco, doadores de sangue

Nesta terça-feira (10), uma lei foi sancionada pela Assembléia Legislativa de Pernambuco (Alepe)  com o objetivo de incentivar a população no processo de doação de sangue. A partir desta quarta-feira (11), os doadores frequentes receberão uma carteira que garante a meia-entrada em eventos culturais e esportivos.

De acordo com a deputada estadual Gleide Ângelo (PSB), criadora do regulamento, o incentivo é para conscientizar da importância do projeto. “A nossa sociedade ainda não tem a cultura de doar sangue. Queremos mostrar para as pessoas que esse é um ato que pode salvar vidas”.

Na lei, a permissão para a retirada da carteira será concedida apenas para doadores regulares, ou seja, para aqueles que doarem sangue durante todo o ano. A carteira será renovada anualmente. A deputada informou que os locais que não aceitarem o benefício através do documento de doador frequente receberá uma multa. O valor ainda não foi estipulado.

Doação 

Para se tornar doador é necessário ter idade entre 16 e 69 anos, pesar mais que 50 quilos e estar em boas condições de saúde.

menores de 18 anos precisam da presença do responsável legal (pai ou mãe), bem como levar xerox da identidade.

Não poderá ser doador: 

Pessoas que tiveram evidências clínicas ou laboratoriais das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas. (Diário de Pernambuco)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui