Resultado de imagem para Prêmio Euro – Inovação na Saúde

A Eurofarma, presente em 20 países é a farmacêutica brasileira que mais investe em inovação, patrocina com exclusividade o Prêmio Euro Inovação na Saúde, com o objetivo de reconhecer as mais inovadoras iniciativas no Brasil, considerando soluções, serviços e produtos que tenham contribuído ou venham a contribuir para a qualidade de vida e bem-estar das pessoas.

Ao todo, o prêmio distribuirá 1 milhão de euros e as inscrições já foram encerradas no mês de outubro de 2019.

A premiação é destinada exclusivamente a médicos, com seus registros ativos junto aos respectivos conselhos regionais, e sem vínculo direto com a Eurofarma. Os projetos inscritos deverão demonstrar suas criações inovadoras, o planejamento e sua execução, além de resultados efetivos ou potenciais comprováveis e obtidos em todo o território nacional.

Dois médicos da região do vale do São Francisco se inscreveram. São eles João Nicole Tupiná Nogueira e Renato José Leal de Morais.

Os dois médicos se inscreveram e apresentaram o trabalho com o tema: `Inteligência Artificial e gestão em saúde: combate ao estelionato previdenciário`.

Segundo os profissionais inscritos, a iniciativa propõe uma solução simples para problemas complexos de gestão de recursos e investimentos na medicina, um segmento que sofre com elevadas taxas de custeio, envelhecimento da população e fraudes.

Após identificar que o atraso na comunicação de óbitos à Previdência Social provoca prejuízo financeiro bilionário anual aos cofres públicos, a iniciativa consiste na utilização de tecnologia da computação para preenchimento e comunicação do óbito de forma digitalizada, com geração de economia imediata de recursos indevidamente utilizados.

Além disso, por meio da criação e manutenção de dados padronizados em registros eletrônicos, a iniciativa abre as portas para a Data Science, permitindo o uso Inteligência Artificial, em especial modelos de Machine Learning, para facilitar a identificação de fraudes e auxiliar o controle de resultados das políticas de saúde, corrigindo erros e reduzindo esforços para cumprir a missão.

Assim, os gestores ganham a capacidade de inventariar a saúde pública ou privada em tempo real, bem como acessar informações estratégicas para fundamentar a tomada de decisão, economizando recursos e melhorando a qualidade assistencial.

 Conheça o histórico dos dois médicos que defendem o projeto e que estão concorrendo a 1 milhão de euros:

  • João Nicolle Tupiná Nogueira, filho de avós e pais naturais de Sento-Sé e Juazeiro-Ba. Cursou Medicina na Universidade Federal da Bahia de 2002 a 2008.Trabalhou no Vale do São Francisco como médico da Atenção básica no Bairro Rio Corrente em Petrolina e como médico anestesista no Hospital de Traumas também em Petrolina. Atualmente ocupa o Cargo de médico anestesista das Forças Armadas do Exército Brasileiro e o cargo de Médico Perito Federal no Ministério da Economia!

  • Renato José Leal de Morais, natural de Jaicós (Piauí), filho de pais de avós piauienses, médico formado pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) de 2005-2011, neurologista com residência médica no Hospital São Rafael em Salvador (BA), membro efetivo da Academia Brasileira de Neurologia. Atuou na atenção básica nos municípios de Jaguarari (BA) – distrito de Juacema – e Afrânio (povoado de Extrema), funcionário público do município de Juazeiro (Emergencista – SAMU) desde 2012. Atualmente labora como Neurologista na iniciativa privada, é Professor do curso de medicina da Faculdade Estácio de Juazeiro (BA) e atua como perito médico previdenciário na iniciativa privada.

Os dois médicos estão muito confiantes no projeto inscrito e avaliam que o conteúdo do que foi apresentado, além de ser inovador, pode contribuir para a qualidade de vida e bem estar das pessoas. Esperam ser contemplados e chegarem a final do prêmio.

O grande evento final, que será realizado em março de 2020, divulgará o grande vencedor. Serão 10 prêmios no valor correspondente em reais a € 50.000,00 (cinquenta mil euros) e um único prêmio ao grande vencedor no valor correspondente em reais a € 500.000,00 (quinhentos mil euros), totalizando o correspondente em reais a € 1.000.000,00 (um milhão de euros). Os valores dos prêmios serão convertidos para reais e estarão sujeitos à retenção de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), conforme a legislação vigente. Aguardem novas informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui