Home Sem categoria Diretor-presidente da Codevasf destaca ampla concorrência de pregões da Companhia em entrevista

Diretor-presidente da Codevasf destaca ampla concorrência de pregões da Companhia em entrevista

509
0

Marcelo Moreira afirmou que 74 empresas participaram de pregões de pavimentação da Codevasf em 2021 e que processos são abertos a todas as empresas

Em entrevista ao Jornal da Manhã realizada nesta quinta-feira (14), o diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira, respondeu a questões sobre temas abordados em reportagens recentes da imprensa, como pregões de pavimentação da Companhia, execução orçamentária e controle sobre obras e investimentos. O Jornal da Manhã, da TV Jovem Pan News, foi apresentado nessa edição por Daniel Caniato e Kallyna Sabino e teve a participação dos comentaristas Diogo Schelp, Ricardo Salles e Cristina Graeml.

Em resposta a questão sobre a competitividade de pregões de pavimentação da Codevasf, Moreira informou que as licitações são realizadas por pregão eletrônico e empreendidas com ampla divulgação, por meio do Portal Comprasnet. “Essa é a ferramenta mais transparente possível para se fazer uma licitação. As licitações são abertas a todas as empresas. Em 2021 fizemos 315 pregões eletrônicos. Desses 315 pregões, 44 foram para pavimentação, onde tivemos 20 empresas vencedoras — dos pregões de 2021 participaram 74 empresas diferentes, o que mostra a ampla concorrência”, afirmou.

Indagado sobre apontamentos da auditoria independente da Codevasf, o diretor-presidente afirmou que a Companhia mantém controle integral sobre seus projetos e investimentos. “Temos controle absoluto de todas as nossas obras e de todos os valores dessas obras”, disse. Ele informou que a auditoria independente da Empresa integra sua estrutura de governança e que pontos de melhoria apresentados pela auditoria são observados. Moreira ressaltou ainda que o balanço da Codevasf foi aprovado por instâncias internas e pelo Conselho de Administração da Companhia.

A respeito de execução orçamentária, Moreira registrou que o orçamento recebido e aplicado pela Codevasf tem origem no Orçamento Geral da União, aprovado no Congresso Nacional. “No caso das emendas parlamentares, cada parlamentar faz as suas indicações, são emendas impositivas. No caso das emendas de relator, o relator faz as indicações. Nossa obrigação é executar esse serviço [de aplicação dos recursos] da forma mais transparente possível e da forma mais eficiente possível, levando benefícios à população da nossa área de atuação”, afirmou. A Codevasf publicou nesta semana nota sobre reportagens recentes que abordaram temas da entrevista desta quinta-feira: <https://bit.ly/37jXqSe>.

Sobre o exercício de cargos de direção na Codevasf, Marcelo Moreira disse na entrevista que as nomeações observam a lei das estatais — lei 13.303/2016 — e são aprovadas pelo Comitê de Elegibilidade e pelo Conselho de Administração. Em resposta a questão sobre perfuração de poços e ações do gênero, afirmou que a Codevasf trabalha com prioridade para promover segurança hídrica no semiárido e no Nordeste. “Temos perfurado muitos poços e feito sistemas de abastecimento simplificado e adutoras, tentando levar água para evitar a dependência da população do carro-pipa”, disse.

Codevasf

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) é uma empresa pública federal, criada em julho de 1974. A Empresa atua com projetos de segurança hídrica, infraestrutura, agricultura irrigada, revitalização de bacias hidrográficas e suporte a atividades produtivas em 16 unidades da federação: Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins.

Previous articlePetrolina-PE. Continua a Vacinação para os idosos acima de 62 anos
Next articleSTF confirma decisão que determinou abertura de CPI da Covid no Senado