*Ney Vital

Exu, Pernambuco respira Luiz Gonzaga, criador dos ritmos ao som da sanfona, triangulo e zabumba. Na cidade onde nasceu o Rei do Baião, a chamada Cultura Gonzagueana está por todas as partes. São bustos, estátuas e no museu que leva seu nome. A lembrança está também no posto de gasolina Gonzagão, na farmácia Asa Branca, nos sete quiosques centrais da rua principal – cada um leva o nome de uma música. Trinta anos depois de sua morte, Luiz Gonzaga é a figura mais importante da cidade.

A Maçonaria é um exemplo da presença viva da valorização da vida e obra do Rei do Baião. Loja Maçonica Irmão Luiz Gonaga, número 59 completa 30 anos. Luiz Gonzaga. Em vida Luiz Gonzaga atuou em ações sociais. Na loja maçonica em Exu, consta o primeiro avental usado por Luiz Gonzaga. A música “Acácia Amarela” foi gravada em 1982 em homenagem à Maçonaria. A autoria é Orlando Silveira e Luiz Gonzaga.

Luiz Gonzaga atingiu o Grau de Mestre na Loja Maçônica “Paranapuan”, Rito Moderno, sediada na Ilha do Governador – Rio de Janeiro. Iniciado em 03/04/71.
ORLANDO SILVEIRA OLIVEIRA SILVA, nasceu em 27/05/1925, formado em Direito, músico, regente, arranjador, compositor e acordeonista, tendo conquistado premio internacional de arranjo. Iniciado na Loja Maçônica “Adonai”, Rio de Janeiro. Foi um das pessoas mais importantes na vida de Luiz Gonzaga

O símbolo acima (homenagem 30 anos da existência da Loja Maçonica em Exu)  é da autoria do advogado criminalista Anunciado Saraiva. Além de advogado, Anunciado é maçon e um talentoso artista das artes visuais. Ele utiliza as mais variadas técnicas e ferramentas de desenho. Nascido em Barbalha, Ceará, porém faz questão de registrar que é criado em Exu, terra de Luiz Gonzaga.

“Comecei a criar artes há 10 anos, por diversão, e acabei me apaixonando pela cultura gonzagueana, dai passei a criar artes em seu nome, hoje, 90% de tudo que eu crio é sobre o Gonzagão e seus seguidores”, conta o advogado Anunciado Saraiva.

Um dos trabalhos mais usados no universo de Luiz Gonzaga é a criação da marca, do símbolo não oficial dos 100 anos. “O processo de comunicar visualmente utilizando imagens e textos para apresentar informação utiliza de habilidades de desenho, estética, tipografia, artes visuais e diagramação”, conta o advogado que  expressa o valor de Luiz Gonzaga nas horas dedicadas a cultura.

O trabalho usado por Anunciado é um processo técnico e criativo para comunicar idéias, mensagens e conceitos. Batizado e amadurecido no século 20, é hoje o design gráfico a atividade projetual mais disseminada no planeta. Com objetivos comerciais ou de fundo social.

Anunciado Saraiva avalia que Luiz Gonzaga é um ícone da música brasileira, “foi ele que levou o nome e os problemas do sertão para o Brasil e para o mundo, foi ele que abriu portas para o nordeste, cantando e decantando o seu povo, o sofrimento, as súplicas, sempre cantando músicas de cunho político, criticando os nossos governantes que insistiam em manter os olhos fechados para o Nordeste”.

“Quero acrescentar a falta de divulgação da cultura gonzagueana aos jovens em especial, na minha opinião, deveria haver uma disciplina na rede municipal exuense e em todo o Nordeste sobre a vida e obra de Luiz Gonzaga, garantindo assim que nossos jovens, que não conheceram Luiz Gonzaga, possam desfrutar um pouco da riqueza que esse nome traz”, finalizou Anunciado Saraiva.

*Ney Vital é jornalista e membro do Conselho de Cultura Parque Asa Branca Exu PE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui