Home Sem categoria Conta de luz deve ficar mais barata em pelo menos 20 estados;...

Conta de luz deve ficar mais barata em pelo menos 20 estados; Veja em quais

538
0

Segundo o Ministério de Minas e Energia, o desconto na conta de luz pode chegar a 19% após lei complementar limitar imposto estadual que pode ser cobrado sobre energia elétrica

JÁ PENSOU EM REDUZIR 95% O VALOR DA SUA CONTA DE ENERGIA? - Veredas Construtora e Incorporadora | Veredas Construtora e Incorporadora

Moradores do Distrito Federal e de pelo menos 20 estados brasileiros devem receber conta de luz com valor reduzido nos próximos meses. Segundo o Ministério de Minas e Energia, o desconto pode chegar a 19% após lei complementar limitar que os governos estaduais cobrem, no máximo, 18% de ICMS sobre a energia elétrica.

O ICMS é o imposto estadual que incide sobre operações relativas à circulação de mercadorias e serviços, portanto é uma das principais fontes de arrecadação dos estados. A estimativa é de prejuízo de R$ 100 bilhões ao cofres públicos por conta da limitação, conforme informou à CNN o Comitê Nacional de Secretários de Fazenda (Comsefaz).

De acordo com o governo federal, a maioria dos estados cobravam taxas de ICMS que variavam de 25% a 30%. O limite foi imposto com o objetivo de reduzir os impactos a alta inflação, sentida há meses nos bolsos dos cidadãos. A medida cria a condição para a redução das faturas dos consumidores, ao considerar a energia elétrica um serviço essencial.

Estados que reduziram ICMS da conta de luz

Além do Distrito Federal (DF), até o momento, pelo menos outros 20 estados já editaram atos normativos com as novas alíquotas do ICMS. Veja lista:

  • Acre
  • Alagoas
  • Amazonas
  • Ceará
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Mato Grosso do Sul
  • Maranhão
  • Minas Gerais
  • Pará
  • Paraíba
  • Paraná
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rondônia
  • São Paulo
  • Santa Catarina

Porém, nem todos os lares verão a conta cair 19%. O percentual de desconto será maior nos estados que cobravam mais. Mato Grosso, por exemplo, já aplicava alíquota dentro do teto. Portanto, os mato-grossenses não devem perceber a diferença.

 REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR

Previous articleSESI-PE oferta 300 vagas gratuitas para cursos de capacitação profissional. Inscrições até hoje, 17 de julho
Next articleConcursos previstos em Pernambuco somam 12.747 vagas