No terceiro trimestre deste ano, o setor cresceu 4,4% no País

Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu pela terceira vez consecutiva

Após cinco anos registrando saldo negativo, a construção civil dá sinais de que está pronta para sair do vermelho. No terceiro trimestre deste ano, o setor cresceu 4,4% no País, puxado pelos estados das regiões Sul e Sudeste. No acumulado dos três trimestres variou positivamente 0,4%, segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Pode até parecer pouco, mas o segmento não tinha um saldo positivo desde 2014. Além disso, o Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu pela terceira vez consecutiva. Foram 3,3 pontos em dezembro, alcançando 92,3 pontos (maior patamar desde junho de 2014), de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV). De acordo com especialistas consultados pela reportagem, os números mostram uma retomada ainda lenta no ano que vem, mas com a expectativa de que ocorram mais lançamentos e vendas para o setor.

Em Pernambuco, no terceiro trimestre, houve queda de 21,3% nos lançamentos, segundo a CBIC. Para o diretor do Sindicato da Habitação de Pernambuco (Secovi-PE), Elísio Cruz Jr., ainda que alguns indicadores apontem queda, outros mostram crescimento, o que gera perspectiva positiva para o próximo ano. “Anos atrás, a economia estava muito enxuta, com os pés no chão. Agora ela está voltando aos trilhos. No entanto, nem tudo se faz da noite para o dia, mas a retomada da economia deve refletir positivamente no setor de construção civil”, projeta. Ainda de acordo com ele, uma série de fatores vêm impulsionando o setor. “Juros mais baixos, taxa Selic em 4,5% e nova modalidade de financiamento da Caixa pelo IPCA são variáveis que favorecem a recuperação mais rápida do setor”, detalha.(Folhape)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui