Home Sem categoria Com mais 898 casos e 25 óbitos, Pernambuco totaliza 601.974 confirmações de...

Com mais 898 casos e 25 óbitos, Pernambuco totaliza 601.974 confirmações de Covid-19 e 19.213 óbitos

234
0

Entre março de 2020 e esta quarta-feira (18), estado registrou 52.890 pacientes graves com a doença e 549.084 casos leves.

Teste rápido para detectar Covid-19  — Foto: Wilson Moreno

Pernambuco confirmou, nesta quarta-feira (18), mais 25 mortes e 898 casos de Covid-19. Com isso, o total de registros da doença foi para 601.974 e o de mortes, para 19.213 mortes. Os dados são contabilizados desde março de 2020.

Saiba como ser vacinado contra Covid-19 no Grande Recife
Veja ocupação dos leitos de UTI e enfermaria em PE
Confira média móvel da Covid-19 no estado
Os novos casos confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), 30 foram de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), de pessoas que morreram de Covid-19 ou precisaram ser internadas. Há, ao todo, 52.890 registros desse tipo no estado, contabilizados desde o início da pandemia.

Outros 868 casos são leves, de pessoas assintomáticas, que não precisaram ser internadas ou que descobriram terem sido infectadas já depois de curadas. Ao todo, houve 549.084 quadros desse tipo em Pernambuco.

Também nesta quarta, o governo divulgou como vai ser o programa de testagem em massa da população para conseguir rastrear e isolar casos ativos da doença causada pelo novo coronavírus no estado.

Na primeira etapa do programa, cerca de 1,5% da população deve ser testada, até o dia 30 de setembro. Os primeiros 194.650 testes começam a ser distribuídos aos municípios na quinta-feira (19).

Os casos do novo coronavírus estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registrou, nesta quarta, um total de 532.276 pacientes recuperados da doença.

Destes, 31.317 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 500.959 eram casos leves.

Mortes
O boletim desta quarta confirmou 12 mortes de mulheres e 13 de homens. Essas pessoas moravam em Camaragibe (1), Carpina (1), Feira Nova (1), Gameleira (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Jurema (1), Moreilândia (1), Olinda (3), Recife (13), Surubim (1) e Vitória de Santo Antão (1).

Os pacientes tinham idades entre 36 e 90 anos, além de um bebê de quatro meses do sexo feminino.

As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 30 a 39 (2), 40 a 49 (2), 50 a 59 (3), 60 a 69 (5), 70 a 79 (6), 80 ou mais (6).

Do total, 21 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (12), diabetes (9), hipertensão (6), tabagismo/histórico de tabagismo (4), doença respiratória (4), obesidade (3), doença renal (2), histórico de AVC/AVE (2), imunossupressão (1), doença hepática (1), câncer (1), histórico de doença congênita (1) e hipotireoidismo (1).

Um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não tinham doenças pré-existentes e os demais seguem em investigação.

Epidemiologia
Pernambuco tem menor número de pacientes internados em leitos de UTI Covid desde maio de 2020 — Foto: Arline Lins/TV Globo
Pernambuco tem menor número de pacientes internados em leitos de UTI Covid desde maio de 2020 — Foto: Arline Lins/TV Globo

Segundo o governo, na semana epidemiológica (SE) 32, que compreende o período entre 8 e 14 de agosto, Pernambuco teve “estabilidade” nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Eles “se mantêm nos menores patamares registrados desde o início da pandemia no estado”.

Ao todo, foram 420 casos na semana 32, o que representa 21 casos a mais que a SE 31 (1 a 7 de agosto). Também significa uma queda de 17% na comparação com a SE 30 (25 a 31 de julho).

O estado informou, ainda, que a Central de Regulação de Leitos registrou nova queda nas solicitações por vagas de UTI, com 330 pedidos de internação na semana 32, o que representa uma redução de 6% em relação à semana 30.

Vacinação
Desde janeiro de 2021, Pernambuco aplicou 7.064.104 doses de vacinas contra a Covid. Desse total, 2.111.763 moradores do estado completaram os esquemas vacinais.

Foram 1.939.968 pessoas vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outras 171.795 contempladas com vacina aplicada em dose única.

Em relação às primeiras doses, foram 4.952.341 aplicações. Ao todo, participaram dessa fase da campanha 324.650 trabalhadores de saúde; 26.147 integrantes de povos indígenas aldeados; 45.540 moradores de comunidades quilombolas; 7.700 idosos em instituições de longa permanência; 683.153 idosos de 60 a 69 anos; 611.773 idosos de 70 e mais.

Também foram contemplados 2.463 pessoas com deficiência institucionalizadas; 426.025 pessoas com comorbidades; 35.508 pessoas com deficiência permanente; 74.372 gestantes e puérperas; 417.178 trabalhadores de serviços essenciais; 1.935 pessoas em situação de rua; 30.946 pessoas privadas de liberdade, 2.264.593 pessoas de 18 a 59 anos, além de 358 adolescentes de 12 a 17 anos de idade.

Em relação às segundas doses, foram beneficiados 268.598 trabalhadores de saúde; 25.974 integrantes de povos indígenas aldeados; 38.470 moradores de comunidades quilombolas; 5.943 idosos institucionalizados; 554.180 idosos de 60 a 69 anos; 525.150 idosos de 70 e mais.

Também encerraram a imuniação 1.191 pessoas com deficiência institucionalizadas; 178.134 pessoas com comorbidades; 9.303 pessoas com deficiência permanente; 11.253 gestantes e puérperas; 109.400 trabalhadores de serviços essenciais; 666 pessoas em situação de rua; 28.463 pessoas privadas de liberdade; além de 183.243 pessoas de 18 a 59 anos, totalizando 1.939.968 pernambucanos.

Em relação à dose única, foram beneficiadas 2.185 idosos de 60 a 69 anos; 563 idosos de 70 anos e mais; 2.502 pessoas com comorbidades; 373 pessoas com deficiência permanente; 12.282 trabalhadores de serviços essenciais; 1.006 pessoas em situação de rua, além de 152.884 pessoas de 18 a 59 anos.

Leitos
Nesta quarta, a taxa global de ocupação de leitos para Covid na rede pública de Pernambuco era de 36%. Havia 2.285 vagas abertas.

Nas UTIs dos hospitais do governo, eram 1.254 vagas disponíveis e a taxa de ocupação delas ficou em 38%. Nas enfermarias, havia 1.029 leitos abertos e 33% deles estavam com doentes com Covid.

Na rede privada, a taxa global de ocupação ficou em 40%, de um total de 319 vagas.

Nas UTIs dos hospitais particulares, eram 191 leitos e a taxa de ocupação deles ficou em 50%. Nas enfermarias, havia 128 vagas abertas e a taxa de ocupação delas ficou em 26%.

Testes
Desde março de 2020, quando a pandemia começou em Pernambuco, o estado realizou 2.271.829 testes para detectar a Covid.(G1 Pernambuco)

Previous articlePetrolina de luto! Morre Dona Salomé Nunes
Next articlePoliciais Civis fazem passeata até o Palácio do Campo das Princesas nesta quinta-feira (19)