Home Sem categoria Chuvas provocam enchentes em cidades da Mata Sul e no Agreste de...

Chuvas provocam enchentes em cidades da Mata Sul e no Agreste de Pernambuco

568
0

Correntes e Água Preta foram algumas das cidades mais afetadas nas últimas horas

Ponte de acesso à cidade de Correntes
Ponte de acesso à cidade de Correntes

Fortes chuvas atingem cidades da Zona Mata Sul e do Agreste de Pernambuco neste sábado (2), conforme previsão da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) de chuvas nas últimas horas.

Algumas das cidades mais afestadas nas últimas 24 horas foram Correntes, no Agreste, e Água Petra, na Mata Sul. Em Correntes, as chuvas passaram dos 91,90 mm, segundo registro atual do monitoramento de chuvas da Apac, de meio-dia e meia deste sábado.

Já a cidade de Água Preta registrou 74,47 mm, conforme a última atualização da Apac, às 18h30 dessa sexta.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trecho do km 126 da BR 424, em Correntes, foi interditado por algumas horas, devido a rachaduras verificadas na ponte que dá acesso ao município.

Ponte de acesso à cidade de Correntes

Após visita de uma equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que não constatou nenhum comprometimento à ponte, o local foi liberado ao tráfego de veículos.

As fortes chuvas provocaram também alagamentos na comunidade de Santa Terezinha, localizada nas terras da Usina de Artes, no município de Água Preta.
Segundo o Vereador Neto Cicinho, residente do distrito de Santa Terezinha, a enchente atual equivale a uma das maiores enchete da região, ocorrida em 2010 e grande parte da Usina foi afetada.

Confira:

Fortes chuvas atinguem o mucicípio de Águas Pretas

Fortes chuvas também provocaram enchentes no município de Palmares. a cidade registrou 66,53mm nas últimas 24 horas, de acordoco com a última atualização do momitoramente da Apac, às 13h deste sábado.

Previous articleNúcleo GA Petrolina apoia maior evento de Beach Tennis e Futevôlei amador do Nordeste
Next articleNão caia no novo golpe do Pix; Receita Federal explica como funciona a fraude