Sem categoria

Home Sem categoria Page 310

Simão Durando, prefeito em exercício de Petrolina, cumpre extensa agenda em área rural

0

Neste domingo (14), o prefeito em exercício, Simão Durando, cumpriu uma extensa agenda na área rural de Petrolina, no sertão pernambucano. Ao lado do senador Fernando Bezerra, o gestor esteve vistoriando obras como a pavimentação da estrada de Ponta da Serra e a adutora de Vira Beiju e Massapê, área de sequeiro do município.

Durante o dia, Simão Durando pode conferir o status da obra de pavimentação dos 10 km da estrada que interliga a comunidade de Ponta da Serra à BR 407, um investimento de cerca de R$ 3 milhões, fruto de parceria entre a Prefeitura de Petrolina e a Codevasf, graças à articulação da força política do senador Fernando Bezerra e do deputado federal Fernando Filho. Outra ação realizada neste domingo foi o acionamento em fase de teste da bomba da adutora que levará água para cerca de 80 famílias das comunidades de Vira Beiju e Massapê.

Esse sistema simplificado de abastecimento de água terá no total 25 km de extensão, além dos ramais que estão sendo feitos, levando água para as torneiras de Vira Beiju, Massapê e Pixote. As equipes da Secretaria de Agricultura conseguiram concluir aproximadamente 20 km em Vira Beiju e Massapê e seguirão para iniciar os trabalhos em Pixote. Depois dessa vistoria, o prefeito em exercício seguiu para as comunidades de Uruás e Icozeiro onde esteve reunido com alguns moradores da localidade, ouvindo as demandas mais urgentes, finalizando assim a agenda deste domingo.

“Começamos a semana com uma agenda de vistoria no interior de Petrolina, ao lado do senador Fernando Bezerra, para conferir status de obras de grande relevância para quem mora na área rural de nosso município: uma que prioriza a mobilidade e segurança, a outra que viabiliza água nas torneiras das casas de 80 famílias na área de sequeiro. Esse é um dos compromissos da nossa gestão ao qual nos dedicamos com muita responsabilidade e acima de tudo paixão para juntos trabalharmos com força e transformar os quatro cantos de nossa Petrolina”, destacou Simão Durando.

Cinco temas que podem cair na redação do Enem e vestibulares

0

Além de se manter atualizado, é importante que o aluno se organize e siga alguns passos para fazer uma boa prova

A redação é parte fundamental das notas dos vestibulares e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em alguns processos seletivos é eliminatória, pois muitas instituições de ensino valorizam as produções textuais e avaliam as técnicas de escrita, a capacidade de organização de ideias e estruturação coerente de conteúdo, as habilidades de argumentação, o domínio do vocabulário e as analogias às vivências de cada estudante.

Por isso, a coordenadora de Redação do Curso Poliedro, Fabiula Neubern, sugere que os alunos treinem bastante. “É recomendável produzir um texto por semana para aprimorar a agilidade em planejar e executar a escrita dissertativa, com grande atenção à gramática, cada vez mais exigida nas provas. Também é importante que desenvolvam o hábito de leitura para enriquecer o vocabulário e aumentar o conhecimento sobre as regras gramaticais, a compreensão acerca das atualidades e o “modus operandi” da argumentação”, diz Fabiula.

Confira algumas dicas de Fabiula para ter um bom desempenho nas redações:

1. Leia a frase ou recorte temático atentamente, já sublinhando as palavras-chave para delimitar o tema e o seu recorte.  

2. Leia cuidadosamente os textos motivadores. Isso pode ajudar na composição do projeto de texto. Segundo Fabiula, esse projeto é uma espécie de esqueleto, ou seja, um conjunto de anotações do tipo: qual será a minha tese, isto é, meu posicionamento? Qual ou quais referências externas vou usar? Qual a ideia central de cada parágrafo de desenvolvimento? Qual será a proposta de intervenção? A organização é necessária, já que é uma das habilidades observadas em qualquer texto dissertativo-argumentativo.  

3. Para escrever o texto, alguns alunos fazem um rascunho completo, outros escrevem os primeiros parágrafos em rascunho e partem para a folha oficial. Outros, ainda, escrevem o texto todo diretamente na folha oficial a partir do projeto. Cada um define a estratégia que o deixa mais seguro e confortável. Independentemente da tática escolhida, é fundamental fazer uma revisão gramatical ao final. 

4. Não deixe a redação para o final. Cada pessoa deve desenvolver a sua estratégia, ou seja, aquela que a deixa mais confortável. Porém, a coordenadora não recomenda que se deixe a redação para o final da prova porque o aluno ou aluna pode se perder com o tempo e não conseguir concluir o texto.

Confira 5 linhas de pensamento para prováveis temas neste ano

Segundo Fabiula, independentemente do tema que será proposto pelo processo seletivo, é certo que terá relações com a pandemia de Covid-19. Então, algumas linhas de raciocínio são possíveis:

– As transformações na medicina, como a maior utilização da telemedicina;  

– Os benefícios do SUS para a saúde pública;  

– Os desafios do uso da tecnologia no âmbito educacional;  

– A universalização do saneamento básico no Brasil;  

– O combate aos maus tratos dos animais.

Petrolina abre agendamento da vacinação contra a Covid-19 para pessoas a partir de 12 anos

0

De acordo com a Secretaria de Saúde, o município recebeu 6.156 doses para vacinar a população elegível.

Vacinação contra a Covid-19 — Foto: PMVR

O município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, abriu  nesta quinta-feira (30), o agendamento da primeira dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas a partir de 12 anos. De acordo com a Secretaria de Saúde, o município recebeu 6.156 doses para vacinar a população elegível.

O público de 12 a 17 anos deve realizar cadastro e agendamento através da plataforma, selecionando a opção ‘menores de 18 anos’. No dia agendado, as pessoas desse grupo devem comparecer ao polo com os pais ou responsáveis.

Para receber a vacina é necessário apresentar documento oficial com foto, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência.

G1 – Petrolina

Apostando nos ´arraiás em casa` , comércio de Petrolina deve apresentar vendas juninas satisfatórias

0

Aguardado com muita expectativa, Junho é um dos meses que ativa a memória afetiva dos sertanejos . Mês dos santos Antônio, João e Pedro; das comidas típicas como pamonha e canjica ; das quadrilhas e balões; Junho é, de fato, bastante representativo para a religiosidade e cultura do povo nordestino. Porém, pelo segundo ano consecutivo , devido a Pandemia causada pelo coronavirus; os festejos de rua e os grandes eventos tipicos da época abrem passagem para comemorações mais intimistas e familiares , com número reduzido de pessoas.

Mas, quem disse que os festejos adaptados não podem ser animados ? É justamente para atender ao público que não abre mão da comidinha junina, de vestir as roupas mais comuns da época e de estar com a família para celebrar a vida; que o comércio de Petrolina está preparado com produtos e serviços que prometem não deixar os festejos juninos passarem em branco. Reforçando , claro, que é indispensável que todos continuem se protegendo , utilizando máscaras, evitando aglomerações e mantendo sempre a higienização das mãos e de ambientes.

” Estamos satisfeitos com o movimento, a procura tem sido positiva, principalmente com relação aos produtos decorativos , tais como balões, chapéus enfeitados , miniaturas, toalhas com estamparia xadrez. Acreditamos que as vendas este ano serão semelhantes ou até melhores do que as de 2020″, enfatiza a empresária Virlania Nobre, da Casa Nobre da Travessa Gregório Ramos.

Para ela, a experiência vivenciada no primeiro ano da Pandemia , serviu como parâmetro para as ações desenvolvidas este ano. “Investimos forte nas redes sociais, que deixaram de ser apenas um canal de informação dos produtos, e ganharam importância para as vendas . Reforçamos essa interação com o cliente, que de casa pode escolher o produto e fazer a solicitação via rede social ou Whatsapp, bem como escolher a melhor forma de pagamento “, pontua Virlania.

O mesmo otimismo também é compartilhado pelo empresário e conselheiro da Associação de Lojistas do River Shopping, Fábio Lisandro de Lima. Ele acredita que as vendas do período poderão ser surpreendentes . ” Mesmo com tantos desafios, ainda com todos os efeitos da Pandemia , inflação , enfim, a gente projeta vendas entre 80 e 90% do que foram em 2019″.

Espaço de vendas de vários produtos que dão vida a Gastronomia junina, os supermercados também estão com boas perspectivas. No Regente, por exemplo , espera-se um acréscimo de vendas dos produtos típicos. “Esperamos um incremento em torno de 12% com relação ao ano passado. Para isso, estamos reforçando a decoração da loja e investimos nos produtos da padaria “, enfatiza a administradora Erica Street Coelho.

Para o presidente do SINDILOJAS PETROLINA, Joaquim de Castro, esse otimismo mostra como o varejo local tem suas peculiaridades . “Apesar de todos os desafios ocasionados pela Pandemia, a gente percebe claramente uma reação do mercado, que se agarra a novas estratégias de vendas, a readequação de espaços e serviços, utilização do e-commerce e delivery; para expandir vendas e atender as demandas. Além disso, mesmo com todas as medidas sanitárias vigentes , as pessoas desejam manter vivas as tradições juninas, mesmo que no ambiente restrito de suas residências. Por isso mesmo , essa projeção otimista de comercialização, neste período que é tão forte e especial para o nordestino” .

ARRAIÁ NA CAIXA

Pamonha, bolo de milho, bolo de macaxeira, pé de moleque, quentão, pipoca, mugunzá, canjica , amendoim torrado : uma festa junina autêntica sempre conta com algum destes produtos. E já que a ordem é ficar em casa e evitar aglomerações , uma boa saída pode ser o Arraiá na Caixa.

“Começamos com essa iniciativa ano passado e foi um modelo bem aceito. São três tamanhos de caixas , que vão para a mesa do cliente com produtos como arroz doce, tapioca , maçã do amor , canjica dentre outros. Buscamos levar não somente a culinária junina mas, sobretudo , uma caixa cheia de memória afetiva “, enfatiza a administradora e proprietária do Minicakes Atelier , Marileide Nascimento.

A empreendedora explica que que as caixas variam entre R$120 e R$ 150. Além delas , têm muita saída nesse período, os kits para empresas. “Ano passado realizamos esta experiência e foi muito positiva. Os produtos juninos são colocados em sacolas menores e o investimento é bem acessível. Sem dúvida, uma excelente opção para o empresário que, neste tempo atual não pode fazer o arraiá da empresa, mas pretende agradar seus colaboradores de alguma forma “, explica .(Ascom)

Hospital Regional de Juazeiro abre processo seletivo para novas vagas de trabalho. Inscrições até esta segunda-feira(15)

0

MP-BA e MPF pedem intervenção judicial do Hospital Regional de Juazeiro; unidade foi alvo de ação da PF | Bahia | G1
O Hospital Regional de Juazeiro abriu processo seletivo para preenchimento de novas vagas de trabalho nas áreas de Assistência Social, Psicologia, Fonoaudiologia e Fisioterapia Os interessados devem enviar o currículo anexado em formato PDF através do endereço curriculo.hrj@irmadulce.org.br até o dia 15 de março (segunda-feira), com exceção dos candidatos ao cargo de fisioterapeuta, que deverão enviar o currículo até o dia 12 de março (sexta-feira). No assunto do e-mail, deve ser informado o nome da vaga a ser inscrita.

Para participar da seleção para assistente social é necessário possuir o ensino superior completo e registro no CRESS-BA, sendo desejável experiência na área hospitalar. A carga horária é de 30h semanais.

A vaga de fonoaudiólogo exige, além do ensino superior completo e do registro no CREFONO 4, especialização ou experiência em disfagia, para carga horária de 36h semanais.

Ensino superior completo e registro no conselho de classe, no caso o CRP-BA, também é pré-requisito para candidatos à vaga de psicólogo, que também requisita especialização ou experiência na área de oncologia. A carga horária é de 36h semanais.

A vaga de fisioterapeuta, por sua vez, está aberta para candidatos formados no ensino superior completo e que procuram o primeiro emprego. O processo seletivo exige registro no CREFITO 7. A carga horária é de 30h semanais.

Juazeiro-BA se destaca em segundo lugar na geração de empregos formais na Bahia

0

Mesmo com a crise causada pela pandemia, o município de Juazeiro segue na direção contrária e vem conseguindo driblar o desemprego, através de obras, abertura de novas empresas, chegada de grandes grupos – a exemplo da Focus Energia que vai gerar mais de 1.500 empregos e investimentos no setor privado. Prova disso, são os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que apontam Juazeiro como a segunda cidade da Bahia que mais gerou empregos.

Os dados do Caged mostram um saldo positivo de 7.188 no acumulado do ano. Esse resultado decorreu de 16.438 admissões e de 9.250 desligamentos. Somente em setembro/2021, foram mais de 1.800 admissões. Os resultados mostram que os setores que mais contrataram em Juazeiro foram: Serviços (203), Comércio (349), Construção (285), Indústria (157) e Agropecuária (859).

A prefeita Suzana Ramos destaca que a progressiva melhora na criação de novos empregos em Juazeiro prova que o município está lutando e buscando maneiras de recuperação, ainda que em meio à crise. “Esses números refletem os esforços que a Prefeitura de Juazeiro tem feito ao longo do ano e mostram que estamos no caminho certo, demonstrando um grande poder de recuperação em meio à crise. Nosso povo é um povo trabalhador e estamos focados para que esses números cresçam muito mais, porque Juazeiro tem potencial pra isso e vamos continuar buscando melhorar esse cenário”, enfatiza a gestora.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Carlos Neiva, os dados são frutos de diversas estratégias, com destaque para a Sala do Empreendedor, que tem buscado atrair novos empreendedores e facilitar a abertura de pequenas empresas. “É gratificante ver nossa cidade em destaque na geração de empregos. Sob o comando da prefeita Suzana, a nossa luta é constante em busca de desenvolvimento, criar oportunidades, e consequentemente gerar emprego e renda. Temos uma missão que é fortalecer as pequenas empresas, dar uma atenção especial a elas, mas sem deixar de focar na chegada de grandes grupos na região. Os dados do Caged mostram que o número de admissões, supera o de demissões, o que para economia do município é sensacional”, comemora Neiva.

Texto: Milena Pacheco – Ascom/ADEAP/PMJ

Vereador Gilmar Santos apresenta Projeto de Lei que prevê disciplinamento sobre a criação e mobilidade de cães

0
IMG_20210803_112513.jpg
Vereador Gilmar Santos

Depois de dois episódios lamentáveis, em que cães com porte físico de alto potencial de agressividade, vitimaram pessoas e animais domésticos em Petrolina-PE, o Mandato Coletivo, representado pelo Vereador Gilmar Santos-PT, enviou à Câmara Municipal um Projeto de Lei (PL) que prevê o disciplinamento sobre a criação e mobilidade de cães. A proposta está em tramitação na Casa.

O PL nº 139/2021 busca assegurar que cães de guarda, animais com peso superior a 25 kg, ou com com antecedentes de ataques, riscos à pessoas ou outros animais, estejam devidamente cadastrados, com coletas de dados, avaliação e treinamento.

De acordo com o texto, no ato do cadastramento, será realizada uma avaliação sobre comportamentos do animal, bem como das condições de segurança e higiene em que ele será criado. O responsável será obrigado a participar de um curso de capacitação sobre Guarda Responsável e Segura de animais, bem como sobre a legislação pertinente.

O treinamento poderá ser ofertado pelo poder público, ou realizado por entidade privada especializada, mediante celebração de convênio com a Gestão Municipal.

Além disso, de acordo com o PL, os tutores desses cães só poderão criar esse tipo de animal após aplicação de chip de identificação eletrônica, custeada pelo tutor, e o devido cadastramento junto ao Centro de Zoonoses do município ou órgão equivalente que venha a substituí-lo, com prazo de renovação anual.

Outra regra dispõe sobre a mobilidade dos animais. A proposta estabelece que os passeios em parques, praças ou vias públicas, onde circulam pessoas, principalmente crianças, e outros animais menores, só pode ser feito por uma pessoa maior de 18 anos, com estrutura física, força e destreza adequada ao porte do cão, e sempre com a utilização de coleira, guia curta de condução e focinheira. Quem desrespeitar, fica sujeito à advertência verbal; notificação por escrito; bem como pode ter o animal apreendido, mediante lavratura de auto de infração.

Gilmar Santos reitera que o objetivo da proposta é contribuir para a criação desses animais em ambientes adequados e consequentemente mais seguros para um bom relacionamento social. “É fundamental garantir o direito dos indivíduos de criarem o cão que desejarem, independente de sua raça. Entretanto, é preciso assegurar também o bem estar de toda a coletividade e, consequentemente, do animal”, frisou. (Ascom)

Vídeo: https://bit.ly/3rX7F4Y

Prefeitura de Petrolina reforça a importância da aplicação da vacina BCG

0

Vacina BCG: conheça uma das primeiras vacinas da vida do bebê | Labchecap

As vacinas são as primeiras proteções que o bebê recebe ao nascer, com isso a Prefeitura de Petrolina reforça a importância da vacina BCG que é considerado um dos imunizantes mais importantes para o recém-nascido. O imuno protege contra as formas mais graves da tuberculose, como a meningite tuberculosa e a tuberculose miliar.

Com dose única, a imunização costuma deixar a famosa ‘marquinha’ no braço direito, ela deve ser administrada o mais precoce possível, de preferência ainda na maternidade. Caso não ocorra, o município disponibiliza quatro unidades básicas de saúde com o imunizante, ela deve ser feita em crianças com até quatro anos de idade.

“A tuberculose é transmitida de pessoa a pessoa pelo ar, por meio de tosse, espirro ou fala. Alguns dos sintomas são febre, perda de peso, cansaço e fraqueza. Para se prevenir dessa e outras doenças, é de extrema importância manter a caderneta de vacinação em dia, então você mamãe, que ainda não levou seu filho para tomar a vacina, procure uma Unidade Básica de Saúde. Vacinas salvam vidas” destaca a secretária de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

UBS QUE APLICAM A VACINA BCG

  • Quarta-feira: UBS Bernardino Campos na Vila Eduardo
  • Sexta-feira: UBS Ricardo Soares na Cohab Massangano
  • 1 ª Quarta-Feira do mês: UBS Izacolândia

WhatsApp: Nova função promete ajudar quem é desatento a não passar vergonha

0

Novidade não exige a instalação de nenhuma atualização ou extensão para começar a utilizar. Veja como acessar no Android ou iOS.

O WhatsApp liberou uma função que promete ajudar quem é desatento a não passar mais vergonha. Trata-se da opção de escolher um papel de parede diferente para cada conversa no mensageiro. A ideia é evitar o envio de mensagens equivocadas, que podem gerar situações de desconforto.

Leia mais: Conheça os 3 bancos digitais que mais cresceram na Bolsa no último trimestre

O procedimento, que é feito de forma simples, já está disponível para todos os usuários, independentemente do sistema operacional. Outra boa notícia é que não precisa instalar nenhuma atualização ou extensão para começar a utilizar.
Aprenda a seguir com começar a personalizar as conversas no WhatsApp e assim diminuir as chances de enviar uma mensagem errada para algum contato:

Acesse o WhatsApp;

Selecione uma conversa no histórico de conversas;No canto superior direito, vá nos três pontos verticais;Depois disso, selecione a opção “Papel de parede” e veja a imagem que deseja usar, se do WhatsApp ou da sua galeria de fotos; Após definir, clique na foto e aplique na conversa; Por último, vá em “definir” para salvar o plano de fundo.
Dispositivos iOS:

Abra o WhatsApp;

Escolha uma conversa e clique sobre o nome do contato; Toque na opção “Papel de parede e som”; Em seguida, selecione “Escolher um novo papel de parede”; Escolha uma imagem do próprio WhatsApp ou acesse sua biblioteca de mídia; Após escolher a imagem, observe como ela ficará na conversa; Depois de ver o resultado, clique em “definir” para salvar a imagem como papel de parede.

‘Brasil é um cemitério de jogadores e treinadores’, revela o juazeirense Daniel Alves

0

“O Brasil é um cemitério de treinadores e jogadores. Nosso sistema é baseado em manter as coisas sempre iguais. Quando você tenta algo diferente, as pessoas ficam contra você porque, se funcionar, mudará todo a lógica do sistema”, desabafou o atleta de 37 anos em tom crítico ao status quo do futebol nacional

'Brasil é um cemitério de jogadores e treinadores', revela Daniel Alves
juazeirense Daniel Alves

Em sua segunda temporada de volta ao Brasil, desde que assumiu a camisa 10 do São Paulo, um sonho em sua carreira, Daniel Alves revelou, em entrevista ao jornal britânico The Guardian, o seu descontentamento com a situação de desigualdade social no Brasil e com a queda de qualidade do futebol brasileiro, depois de 17 anos fora do País, dois temas que são caros ao jogador que acumula o maior número de títulos da história do futebol.

“O Brasil é um cemitério de treinadores e jogadores. Nosso sistema é baseado em manter as coisas sempre iguais. Quando você tenta algo diferente, as pessoas ficam contra você porque, se funcionar, mudará todo a lógica do sistema”, desabafou o atleta de 37 anos em tom crítico ao status quo do futebol nacional.

A resposta foi em relação ao trabalho do técnico Fernando Diniz à frente do São Paulo na última temporada. Após diversas rodadas como líder do Campeonato Brasileiro, com um estilo de jogo muito particular e tendo Daniel Alves como capitão, a equipe da capital paulista sucumbiu aos adversários e caiu muito de rendimento, perdendo a oportunidade de voltar a vencer um título desde 2012.

“Diniz está à frente da maioria dos treinadores. Você pode dizer que ele não ganhou o título, mas não estou falando sobre isso. Eu estou falando sobre futebol. Para ser sincero, ele não é treinador do nosso país”, disse o jogador à publicação britânica.

Agora com a gestão do time comandada pelo argentino Hernán Crespo, Daniel Alves voltou à lateral direita, posição que o consagrou no Barcelona e na seleção brasileira. Sobre ser meia ou lateral, ele disse que só tem como obsessão ter o melhor desempenho. “Eu posso jogar em qualquer posição. Eu atuei no Paris Saint-Germain como meia. Quando eu estava lá, Tuchel (então técnico da equipe francesa) me falou que o lado direito do campo era muito pequeno para mim porque todos os bons jogadores precisam ter a bola o tempo todo”, afirmou.

Como lateral no São Paulo, Daniel Alves diz que as críticas sempre aparecem no Brasil, em comparação à época do seu auge, mas que basta olhar as estatísticas para saber que está tendo uma boa performance.

“No Brasil preciso ser lateral-direito porque fui o melhor do mundo na posição. Mas quando volto para a lateral é capaz de dizerem que estou velho. Mas basta olhar para as estatísticas. Estou me saindo bem. Quem trabalha comigo sabe o que posso fazer. Não sou uma criança que está começando agora. Minha mente diz apenas uma coisa: desempenho. Eu preciso jogar bem. Essa é minha obsessão”, comentou.

Em seguida, o jogador emendou a chance de voltar à seleção brasileira, algo que não aconteceu nas escalações do técnico Tite nas primeiras rodadas das Eliminatórias. “A Copa do Mundo é um sonho do qual não vou desistir. Vou lutar para me manter num nível elevado e para ter esta última experiência com a minha seleção nacional. Este é o meu desafio. Não adianta apenas sonhar. Eu vou competir. Agora é hora de trabalhar e construir. O que me motiva é a competição e os meus sonhos. Enquanto eu estiver vivo, lutarei pelos meus sonhos”, concluiu.