Sem categoria

Home Sem categoria Page 279

Prefeitura de Juazeiro divulga 17ª convocação do Processo Seletivo para Agente de Portaria e Professor

0

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 002/2021 – Prefeitura de Simolândia

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Gestão de Pessoas (Segesp), divulgou, nesta segunda-feira (02), a 17ª convocação para o Processo Seletivo Simplificado para Agente de Portaria e Professor. Para a sede do município são nove convocações divididas igualmente para vagas de professor de Ciências, Geografia e Matemática. Para o interior, no distrito de Itamotinga, são duas convocações para professor de Ciências e uma para História. A lista de convocados pode ser acessada no Diário Oficial do Município.

De acordo com Edital nº 002, de 11 de fevereiro de 2021 a admissão de candidato fica condicionada ao atendimento das condições previstas, não podendo ser contratado candidato que, nos últimos três meses, a contar do encerramento de seu contrato anterior, tenha mantido vínculo contratual em Regime Especial de Direito Administrativo com o Município de Juazeiro, Estado da Bahia, em atenção ao disposto no art. 10, inciso III, da Lei Municipal nº 2.017/2009, conforme redação conferida pela Lei Municipal nº 2.321/2012.

Documentação

A entrega da documentação dos candidatos convocados acontecerá nos dias 04 e 05 de agosto de 2021, na Secretaria de Gestão de Pessoas, das 08h às 14h, seguindo todos os protocolos de controle da pandemia do Coronavírus.

Contato

Para quaisquer dúvidas os candidatos podem entrar em contato direto com a Segesp através do número de telefone: (74) 3612 3620 ou pelo e-mail: recepcao.segesp.pmj@gmail.com.

  • Todos os candidatos devem apresentar os seguintes documentos:
  • – Documento com foto, emitido por órgão competente, que comprove ser o candidato Brasileiro nato ou naturalizado, e possuir idade mínima de 18 anos;
  • – Documento que comprove estar o candidato quite com o Serviço Militar Obrigatório, ou que dele tenha sido liberado, se do sexo masculino;
  • – Documento que comprove estar o candidato em dia com as obrigações eleitorais;
  • – Atestado emitido por um médico de trabalho, às suas dispensas, comprovando ter a Aptidão Física e Mental para o Exercício das atribuições da função para o qual o candidato foi aprovado;
  • – Declaração do candidato atestando não ser aposentado pelo INSS ou Instituto de Previdência de Juazeiro (IPJ).
  • – Certidão de Antecedentes Criminais (Estadual e Federal), relativos aos últimos cinco anos emitida pela Secretaria de Segurança Pública;
  • – Declaração de Acumulação ou não de cargos públicos;
  • – Declaração de Bens;
  • – Cópia da Carteira de Trabalho;
  • – Número do Pis;
  • – Cópia do CPF;
  • – Cópia do Comprovante de Residência atualizado.

Ascom PMJ

Entenda as regras do novo `Auxílio emergencial´

0

O valor padrão do benefício será de R$ 250, mas o pagamento não será o mesmo para todos os 45,6 milhões de beneficiários estimados pelo governo

Auxílio emergencial é lançado com valor menor do que em 2020; entenda regras

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O governo editou duas MPs (medidas provisórias) que liberam a nova rodada do auxílio emergencial. Neste ano, o Orçamento do programa é menor e o valor das parcelas será mais baixo do que a assistência paga em 2020.

O valor padrão do benefício será de R$ 250, mas o pagamento não será o mesmo para todos os 45,6 milhões de beneficiários estimados pelo governo. O pagamento vai depender da composição familiar.

ENTENDA AS REGRAS DO NOVO AUXÍLIO EMERGENCIAL

NÚMERO DE PARCELAS

Serão liberados quatro pagamentos. Os repasses estão previstos para começar em abril e terminar em julho

VALOR

As parcelas variam de acordo com a formação familiar. O valor padrão é de R$ 250. Para mulheres chefes de família, o valor será de R$ 375. Pessoas que vivem sozinhas receberão R$ 150 por mês

BENEFICIÁRIOS

Governo estima que o benefício será pago a 45,6 milhões de famílias. São 28,6 milhões de pessoas que se cadastraram nas plataformas da Caixa, 10,7 milhões do programa Bolsa Família e 6,3 milhões do cadastro único de programas sociais

QUEM PODE RECEBER

Trabalhadores informais com renda de até meio salário mínimo (R$ 550) por pessoa e renda familiar total de até três salários mínimos (R$ 3.300). Também é necessário cumprir critério de rendimento tributável máximo de R$ 28.559,70 em 2019 e de patrimônio máximo de R$ 300 mil

QUEM NÃO PODE RECEBER

Pessoas que recebem benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista, exceto Bolsa Família e Pis/Pasep
– Residentes médicos ou de outras áreas, beneficiários de bolsas de estudo e estagiários
– Menores de 18 anos, exceto mães adolescentes
– Presos em regime fechado
– Beneficiários do auxílio que não movimentaram valores da assistência em 2020 em sua conta digital Caixa ou que tiveram a assistência do ano passado cancelada

COMO CONSEGUIR O AUXÍLIO

Para selecionar as pessoas que se enquadram no programa, o governo vai usar a base de dados dos auxílios pagos em 2020. As parcelas serão pagas independentemente de requerimento

LIMITE POR FAMÍLIA

Programa permitirá que apenas uma pessoa por família receba o benefício. Em 2020, governo autorizou o pagamento para até duas pessoas por lar

DATAS DE PAGAMENTO

Beneficiários do Bolsa Família receberão conforme o calendário habitual do programa. Em abril, os pagamentos para essas pessoas serão iniciados no dia 16. O governo ainda não apresentou o calendário para os outros beneficiários

CUSTO DO PROGRAMA

O limite de gasto com a nova rodada da assistência é de R$ 44 bilhões. Nas MPs, porém, o governo anunciou a liberação de R$ 43 bilhões, incluindo despesas operacionais. Em 2020, o auxílio consumiu quase de R$ 300 bilhões

HU-UNIVASF vai abrir 19 novos leitos de UTI para a Covid-19 a partir desta segunda-feira(15). Investiumentos é da EBSERH

0

A recente onda de agravamento da Covid-19 tem exigido empenho de todos os órgãos e unidades de saúde. Ciente de sua responsabilidade institucional, enquanto referência para os atendimentos de alta complexidade no Vale do São Francisco, o HU-Univasf/Ebserh ampliará o número de leitos de UTI-Covid e dobrará sua capacidade de atendimento de 10 para 20 leitos de internação em tratamento intensivo destinados ao acolhimento de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

A partir desta segunda-feira, 15 de março, a Policlínica do HU passará a dispor de mais 10 leitos de UTI-Covid, um incremento que representa 100% de expansão da capacidade de atendimento da unidade de saúde. A ampliação é uma resposta contundente da instituição à demanda da população diante do acentuado crescimento da procura por leitos de internação em cuidados intensivos decorrente de complicações da doença.

A viabilização dos 10 leitos de UTI-Covid, atualmente já em operação na Policlínica, assim como a abertura das 10 novas unidades, é resultado de investimentos massivos da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, responsável pela gestão do Hospital Universitário. Assim, toda a estrutura, profissionais e materiais necessários para a ampliação serão mantidos pela Ebserh. Desde o início da pandemia, já foram investidos mais de 6 milhões de reais aplicados em diversas áreas como aquisição de equipamentos, garantia de insumos e contratação de equipes.

Para se ter uma ideia, somente em atendimento direto a pacientes infectados pelo novo coronavírus, são quase 200 profissionais entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais e outras especialidades, além dos profissionais de apoio às operações: higienização, transporte de pacientes, entre outros.

Até o momento, 527 pessoas com Covid já foram atendidas no HU-Univasf (277 na UTI-Covid da Policlínica do HU). A disponibilização de 10 novos leitos representará um aumento significativo na capacidade de atendimento e um importante reforço na saúde pública do Vale do São Francisco no enfrentamento à pandemia. Conforme ressaltou Kátia Regina de Oliveira, Gerente de Atenção à Saúde do HU-Univasf/Ebserh, “mais do que uma estrutura qualificada, os pacientes poderão contar com uma equipe capacitada, com a expertise e o comprometimento necessários para cuidar das pessoas nesse momento delicado”.

Criada em 2011, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Ascom

Eleitor tem até esta quinta-feira(14) para justificar ausência no 1º turno

0

Quem não regularizar a situação pode ficar sujeito a restrições

Eleitor tem até esta semana para justificar ausência no 1º turno

Oeleitor que não compareceu às urnas no primeiro turno das eleições municipaisde novembrotem até esta semana para justificar a ausência. Caso o procedimento não seja realizado, será preciso pagar uma multa. Quem não regularizar a situação pode ficar sujeito a restrições.

O prazo vence naquinta-feira (14) para quem faltou ao primeiro turno das eleições municipais 2020. Para o segundo turno, o limite é28 de janeiro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda que a justificativa seja feita, preferencialmente, por meio do aplicativo e-Título, disponível para celulares com sistemas operacionais Android ou iOS.

O procedimento pode ser feito também pela internet, por meio do Sistema Justifica. Ou ainda de modo presencial, no Cartório Eleitoral. Em qualquer um dos casos, o eleitor precisará preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), descrevendo por que não votou. O TSE pede que seja anexada documentação que comprove a razão da falta.

Isso porque o RJE pode ser recusado pela Justiça Eleitoral, se a justificativa não for plausível ou se o formulário for preenchido com informações que não permitam identificar corretamente o eleitor, por exemplo.

Se tiver o requerimento negado, para regularizar a situação o eleitor precisará pagar a mesma multa de quem perdeu o prazo para a justificativa. O valor da multa pode variar, de acordo com o estipulado pelo juízo de cada zona eleitoral. Existe a possibilidade de o eleitor solicitar isenção, se puder comprovar que não tem recursos para arcar com a penalidade.

Cada justificativa é válida somente para o turno ao qual o eleitor não compareceu por estar fora de seu domicílio eleitoral. Ou seja, se não tiver votado no primeiro e no segundo turno da eleição,terá de justificar a ausência de cada um, separadamente, obedecendo aos mesmos requisitos e prazos de cada turno.

Nas eleições 2020 foi registrada abstenção recorde tanto no primeiro (23,14% do eleitorado) quanto no segundo (29,5%). Quando foram realizadas as votações, o Brasil tinha 147.918.483 eleitores aptos a votar.

A justificativa para a ausência é necessária porque o voto é obrigatório para quem tem entre 18 e 70 anos, conforme o Artigo 14 da Constituição. Quem não justificar e não pagar a multa para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral fica sujeito a uma série de restrições legais, impedido de:

– obter passaporteou carteira de identidade;

– receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição;

  • – participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias;
  • – obter empréstimos nas autarquias, nas sociedades de economia mista, nas caixas econômicas federais e estaduais, nos institutos e caixas de Previdência Social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos;
  • – inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado;
  • -renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
  • – praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda;
  • – obter certidão de quitação eleitoral;
  • – obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Petrolina registra mais 155 novos casos positivo da Covid-19

0

O boletim epidemiológico da Prefeitura de Petrolina desta quarta-feira (23) aponta que o município registrou 11.621 casos confirmados da covid-19, dos quais 9.469 (81,4%) já estão curados clinicamente. São 155 novos casos registrados através de testes rápidos e exames laboratoriais.

Dos novos casos, são 84 pessoas do sexo feminino, com idades entre 07 e 79 anos, e 71 do sexo masculino, entre 05 e 81 anos. As informações referentes à raça/cor/etnia dos casos registrados nesta sexta seguem em anexo.

Do total geral de positivados, 9.906 foram confirmados por testes rápidos da prefeitura e 1.715 diagnosticados através de exames laboratoriais. O número de óbitos pela covid-19 subiu nesta quarta para 143. A vítima – do sexo masculino de 89 anos, morreu em um hospital particular nesta terça-feira (22).

Ocupação de leitos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 64,15%. Dos 53 leitos disponíveis, 34 estão ocupados, sendo 22 pacientes de Petrolina e 12 de outras cidades da região.

Governador Doria convida três ex-presidentes para garotos-propaganda da Coronavac

0

Do Radar na Veja 

Na contramão do radicalismo bolsonarista — que compartilha fake news, mas não acredita em vacina –, os ex-presidentes Fernando Henrique, Michel Temer e José Sarney aceitaram o convite de João Doria para serem os garotos-propaganda da CoronaVac em janeiro.

O trio vai tomar a vacina no dia 25 de janeiro, em São Paulo, para que todos os brasileiros vejam e saibam que a defesa e valorização da vacina são, sim, assuntos de presidentes.

Juazeiro registra 129 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas

0

Juazeiro registrou 129 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas. A informação está no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) desta quinta-feira (15).

De acordo com o levantamento, 12.728 moradores foram infectados desde o início da pandemia na cidade, dos quais 12.208 já estão recuperados. Os casos descartados somam 23.387. Juazeiro tem 302 casos ativos do novo coronavírus.

Não foi registrado óbito no boletim desta quinta. Sendo assim, Juazeiro manteve o total de 218 mortes pela Covid-19.

Testes: Foram realizados desde o início da pandemia 31.501 testes rápidos pela prefeitura e 1.527 pelo Lacen, em Salvador.

Ocupação de leitos: Dos internados regulados somente pela rede municipal, houve alteração nas últimas 24 horas. Na rede hospitalar, o percentual de ocupação dos leitos Covid para Juazeiro na rede PEBA (hospitais de Pernambuco e Bahia) é de 94%, com 13 leitos disponíveis. Somente em Juazeiro, 97% estão ocupados, com 1 leito disponível.

Vacinação Covid-19: A Prefeitura de Juazeiro aguarda a chegada de mais doses de vacina contra o coronavírus, para que a Secretaria Municipal de Saúde prossiga vacinando o público alvo da Fase 1 da campanha, de acordo com o Plano Nacional de Imunização.

Segunda dose: Para os idosos em segunda dose, a vacinação acontece no Juá Garden Shopping e na Univasf, das 10h às 16h30, além da Creche Mariá Tanuri (bairro Santo Antônio), no horário das 08h30 às 12h e das 14h às 16h30. (Ascom)

Desenvolvimento Econômico e Turismo: prefeitura já garante requalificação do Centro de Convenções e Petrolina como polo de emprego e tecnologia

0
Centro de Convenções vai passar por reforma

A tão sonhada reforma do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho de Petrolina, está bem próxima de acontecer. O projeto está em fase de elaboração e o recurso já garantido, conforme anúncio do prefeito Miguel Coelho. A reforma do Centro de Convenções, a ampliação da Casa da Cambraia e a requalificação de monumentos históricos são algumas das primeiras ações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), que agora tem Flávio Guimarães como titular da pasta.

A ampliação do projeto ‘Cidades Inteligentes’ e a implantação do projeto Smart Place no Parque Josepha Coelho também são algumas das ações já confirmadas. O novo secretário está muito entusiasmado e disposto para o desafio. “Fiquei honrado com o convite do prefeito. Sei do enorme desafio de prosseguir com os investimentos já realizados e assumir essas duas importantes pastas que são Desenvolvimento Econômico e o Turismo. Estou muito disposto a dar a minha contribuição à nossa querida Petrolina”, destacou Flávio.

Monumento da Encruzilhada – Petrolina-PE

Ele ressaltou ainda a importância do turismo para a retomada da economia após o período da pandemia. “Nossa cidade tem muitos atrativos, a exemplo do passeio de barco pelo Rio São Francisco, Orla, ilhas, centro de artes, gastronomia, e as grandes festas de entretenimento, como Carnaval e São João. Tudo isso gera mais empregos e valorização da cultura petrolinense”, pontuou.

Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo – Flávio Guimarães 

Flávio Guimarães é formado em Química Industrial, atuou mais de 20 anos no Sistema Fiepe, aonde ocupou os cargos de Diretor do Senai CERTA (Centro Regional de Tecnologia de Alimentos); Diretor da Escola Técnica Senai Petrolina; Diretor da Escola Técnica Senai Araripina e a Gestão Regional do Sistema Fiepe, contemplando as seguintes Casas: Fiepe, Sesi, Senai e IEL.(Ascom)

Sábado é Dia D da campanha de multivacinação do Ministério da Saúde

0

Neste sábado (16) ocorre o Dia D da campanha de multivacinação do Ministério da Saúde. A iniciativa busca incentivar a imunização com 18 vacinas diferentes. O público-alvo são pessoas com até 15 anos.

O Dia D faz parte da Campanha de Multivacinação 2021, iniciada em 1º de outubro e com vigência prevista até o dia 29 deste mês. O intuito é promover a regularização da vacinação entre crianças e adolescentes. Segundo o Ministério da Saúde, desde 2015 tem havido uma queda da cobertura vacinal.

Entre as vacinas que fazem parte da campanha estão as de BCG, hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 Valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), febre amarela, Tríplice viral (sarampo, rubéola, caxumba), Tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba, varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

Poderão ser atualizadas nas cadernetas as vacinas HPV, dT (dupla adulto), febre amarela, Tríplice Viral, hepatite B, dTpa e Meningocócica ACWY (conjugada).

Em razão da pandemia do coronavírus, o Ministério da Saúde enviou aos estados e municípios orientações parar garantir protocolos de saúde, como uso de máscaras, espaços ventilados e higienização das mãos.

Agencia Brasil

Candidatos barrados no primeiro dia de Enem podem escolher se irão neste domingo

0

As provas serão reaplicadas nos dias 23 e 24 de fevereiro para os pedidos deferidos

Inscrição Enem 2021 - como fazer e quais os requisitos

Aplicantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) impedidos de fazer o primeiro dia de prova por superlotação das salas podem decidir se irão ao segundo dia de aplicação, neste domingo, 24. Todos os que se sentiram prejudicados podem fazer o pedido de reaplicação pela página do participante entre os dias 25 e 29 de janeiro. O candidato deve relatar o ocorrido e não precisa apresentar documento de comprovação. As informações são da assessoria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As provas serão reaplicadas nos dias 23 e 24 de fevereiro para os pedidos deferidos. Data na qual também farão o exame: candidatos que enfrentaram outros problemas de logística, como falta de energia elétrica; que manifestaram estar com covid-19; Pessoas Privadas de Liberdade (PPL); e os inscritos do estado Amazonas, onde o governo suspendeu o exame por conta da crise sanitária.

De acordo com a assessoria do Inep, o inscrito impedido de realizar a 1ª parte do exame tem a opção de decidir se vai ou não à 2ª. “Ele pode optar por fazer a prova neste domingo, 24, ou fazer reaplicação dos dois dias (em fevereiro)”, afirma assessor do Inep, “O importante é o participante fazer o pedido da reaplicação. Ele não tem a obrigatoriedade de comprovar. Com o relato, o Inep consegue averiguar internamente, conferindo as atas de sala e identificando as situações”.

Como mostrado pelo Estadão, estudantes foram barrados na entrada dos locais de prova no último domingo, 17, e orientados a voltar para casa. O Inep divulgou que os casos ocorreram em 11 locais de prova nas cidades de Florianópolis, Curitiba, Londrina (PR), Pelotas (RS), Canoas (RS) e Caxias do Sul (RS). Ainda assim, há relatos de estudantes que sofreram com a mesma situação em outras cidades, como em Porto Alegre e Santa Cruz do Sul (RS).

Na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), um dos locais de aplicação do exame na capital catarinense, a distribuição dos candidatos foi feita usando 80% da capacidade das salas de aula. A ordem, que ultrapassava os 50% de ocupação prometidos, partiu do Inep, como revelou o Estadão.