**/

Sem categoria

Início Sem categoria Página 258

Mais de 50% dos candidatos à Guarda Municipal de Petrolina são desclassificados por aptidão física

0

Duzentos e vinte candidatos foram convocados para realizar a segunda etapa do concurso público da Guarda Civil Municipal de Petrolina. As provas foram realizadas neste fim de semana, no sábado (24) e domingo (25), com testes de barra, abdominal, corrida e natação. Foram eliminados 105 candidatos, 39 por faltas e 66 foram considerados inaptos. Câmeras de monitoramento registraram as avaliações para garantir segurança e lisura do certame.

Os cem primeiros colocados serão classificados para a próxima etapa do concurso, que consiste na avaliação psicológica. O resultado preliminar do teste de aptidão física será divulgado nesta quarta-feira (28) no site da banca organizadora: http://www.idib.org.br/

Na quinta-feira (29) e na sexta-feira (30), os candidatos poderão apresentar os recursos. O resultado definitivo está previsto para ser divulgado no dia 9 de setembro, data em que também será publicado o edital de convocação para a terceira fase do certame.

Os candidatos devem estar atentos ao cronograma com as datas previstas para cada fase do concurso, para cumprimento de todas elas, podendo ser eliminado caso não cumpra com as instruções previstas no edital. O concurso da Guarda Civil de Petrolina oferta 80 vagas, sendo 38 para ampla concorrência, duas para pessoas com deficiência e 40 de cadastro reserva, com a remuneração inicial de R$ 3.261,48.(Ascom)

Lei de Proteção de dados traz desafios a empresas, cidadãos e governo

0

Novas regras entrarão em vigor em agosto de 2020

Resultado de imagem para Lei de Proteção de dados traz desafios a empresas, cidadãos e governo

A Lei Geral de Proteção de Dados (No 13.709 de 2018) completou um ano neste mês. A norma estabeleceu regras de coleta e tratamento de informações de pessoas, empresas e instituições públicas, os direitos de titulares de dados, as responsabilidades de quem processa esses registros e as estruturas e formas de fiscalização e eventuais reparos em caso de abusos nesta prática.

Resultado de imagem para Lei de Proteção de dados traz desafios a empresas, cidadãos e governo

Lei sobre proteção de dados pessoais entra em vigor em agostro de 2020 – Marcello Casal jr/Agência Brasil

Contudo, as novas regras só entrarão em vigor em agosto de 2020. O período de adaptação foi definido pelos legisladores com o argumento de que os diversos atores envolvidos precisavam de tempo para se organizarem de modo a dar conta das exigências. Chegado ao meio deste caminho, sobram desafios para empresas, cidadãos, órgãos públicos e autoridades regulatórias.

Cidadãos

Segundo a norma, dados pessoais são informações que podem identificar alguém. Dentro do conceito, foi criada uma categoria chamada de “dado sensível”, informações sobre origem racial ou étnica, convicções religiosas, opiniões políticas, saúde ou vida sexual. Registros como esses passam a ter nível maior de proteção, para evitar formas de discriminação. Mas quem fica sujeito à lei? Todas as atividades realizadas ou pessoas que estão no Brasil. A norma valerá para coletas operadas em outro país desde que estejam relacionadas a bens ou serviços ofertados a brasileiros. Mas há exceções, como a obtenção de informações pelo Estado para segurança pública.

Ao coletar um dado, as empresas deverão informar a finalidade. Se o usuário aceitar repassar suas informações, como ao concordar com termos e condições de um aplicativo, as companhias passam a ter o direito de tratar os dados (respeitada a finalidade específica), desde que em conformidade com a lei. A Lei previu uma série de obrigações, como a garantia da segurança dessas informações e a notificação do titular em caso de um incidente de segurança. A norma permite a reutilização dos dados por empresas ou órgãos públicos, em caso de “legítimo interesse” desses, embora essa hipótese não tenha sido detalhada, um dos pontos em aberto da norma.

Propostas sobre proteção de dados pessoais são debatidas no Congresso
Lei de proteção de dados pessoais enrtra em vigor em agosto de 2020 – Marcello Casal jr/Agência Brasil

De outro lado, o titular ganhou uma série de direitos. Ele poderá, por exemplo, solicitar os dados que a empresa tem sobre ele, a quem foram repassados (em situações como a de reutilização por “legítimo interesse”) e para qual finalidade. Caso os registros estejam incorretos, poderá cobrar a correção. Em determinados casos, o titular terá o direito de se opor a um tratamento. A lei também permitirá a revisão de decisões automatizadas tomadas com base no tratamento de dados (como as notas de crédito ou perfis de consumo).

Fiscalização

A fiscalização ficará a cargo da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD). Após vetos, uma Medida Provisória (No 869 de 2018) editada e aprovada (na forma da Lei No 13.353 de 2019) mudando a Lei e novos vetos pelo presidente Bolsonaro, a Autoridade perdeu poderes frente ao previsto na primeira redação da Lei aprovada pelo Congresso em 2018. Diferentemente da versão do Parlamento, o órgão não terá uma estrutura independente, mas ficará subordinado à Presidência da República, com um compromisso de revisão de sua natureza institucional após dois anos.

As sanções também sofreram mudanças com a MP No 869. Ao fim, a Autoridade poderá aplicar multas de até 2% do faturamento da empresa (com limite de R$ 50 milhões) e bloqueio ou eliminação dos dados relacionados a uma infração. A suspensão parcial ou total de banco de dados de um ente que violar a Lei havia sido prevista na Lei de Conversão da MP (No 13.353 de 2019) foi um dos pontos vetados pelo presidente Jair Bolsonaro, que ainda passarão por análise do Congresso Nacional.

Empresas

O gerente-executivo de política industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), João Emílio Gonçalves, relata que a entidade tem recebido empresas preocupadas com a adaptação às exigências da lei. Muitos negócios que antes não se percebiam como relacionados à coleta e tratamento de dados estão percebendo seu envolvimento com essas atividades, especialmente na adoção de novos modelos. Empresas de logística, exemplifica o executivo, passam a ter mecanismos de controle de frota, o que demanda o tratamento desses registros. (Agência Brasil).

Nesta segunda(26), Caixa começa a pagar PIS para cotistas a partir de 60 anos

0

Resultado de imagem para PIS

Quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada entre 1971 e 4 de outubro de 1988 e tem pelo menos 60 anos começa a receber hoje (26) as cotas do Programa de Integração Social (PIS). Os interessados devem procurar a Caixa Econômica Federal para fazer o saque.

O saque de até R$ 3 mil poderá ser feito nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e nos terminais de autoatendimento, utilizando o cartão Cidadão, com senha. Outra opção é nas agências da Caixa. Acima de R$ 3 mil, somente nas agências da Caixa. Para saber se tem direito às cotas do fundo, o correntista deve consultar o endereço www.caixa.gov.br/cotaspis.

Segundo a Caixa, 10,4 milhões de trabalhadores terão direito ao saque das cotas do PIS. O pagamento deve injetar até R$ 18,3 bilhões na economia brasileira. No dia 19, o banco fez o crédito automático para quem tem conta corrente ou poupança na instituição. Em 2 de setembro, será a vez de os cotistas com até 59 anos começarem a sacar.

Segundo a Medida Provisória (MP) 889/2019, os recursos do fundo ficarão disponíveis para todos os cotistas, sem limite de idade. Diferentemente dos saques anteriores, agora não há prazo final para a retirada do dinheiro.

O PIS atende aos trabalhadores da iniciativa privada. A MP facilita o saque por herdeiros, que passarão a ter acesso simplificado aos recursos. Eles terão apenas de apresentar declaração de consenso entre as partes e a declaração de que não existem outros herdeiros conhecidos.

Pasep

As cotas do Pasep, que atende a servidores públicos, militares e trabalhadores de empresas estatais, podem ser sacadas desde a semana passada. Responsável pelo fundo, o Banco do Brasil (BB) informa que estão disponíveis para saque R$ 4,5 bilhões pertencentes a 1,522 milhão de cotistas.

Instituto Maria da Penha inaugura Unidade no Recife. A segunda no País

0
Resultado de imagem para Instituto Maria da Penha
Será inaugurada no próximo dia 05 de setembro, às 14h30, a primeira Unidade do Instituto Maria da Penha, em Pernambuco. A primeira também fora de Fortaleza, onde funciona o IMP. O endereço é o 2° andar do prédio da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação do Estado de Pernambuco, situado à Rua Marquês de Olinda, 150, Bairro do Recife, Recife, Pernambuco.
Na ocasião, além de Maria da Penha e da modelo e ativista Luiza Brunet, estarão a presidente do Instituto Vasselo Goldoni, representantes dos grupo Bradesco, Hinode e Carrefour, entre outros colaboradores. O IMP – O Instituto Maria da Penha (IMP) foi fundado em agosto de 2009 em Fortaleza, no Ceará, onde funciona como organização não governamental sem fins lucrativos.
No Recife, o IMP mantém uma representação que funcionava em locais provisórios o que dificultava a execução plena de suas atividades. O IMP tem entre seus objetivos o acolhimento, à atenção  psicológica e jurídica, a formação voltada à empregabilidade e empreendendorismo com fins de fortalecer às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.
O surgimento do Instituto está diretamente ligado à história de vida de Maria da Penha, que se tornou um símbolo de luta no combate à violência doméstica contra a mulher. A Lei nº 11.340/2006 leva o nome de Maria da Penha como uma forma de reparação simbólica depois de tantos anos de omissão do Estado brasileiro e de impunidade do seu agressor. Ela também representa o acesso à justiça e foi criada para garantir os direitos de milhares de mulheres vítimas de violência no País.
O Instituto Maria da Penha tem o objetivo ainda de contribuir e fortalecer mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, conforme o art. 1º da Lei n. 11.340/2006. Para isso, conta com o apoio da sociedadel civil organizada e de instituições comprometidas com o seu papel de transformador social.
Assim, o papel do Instituto Maria da Penha nesse contexto é estimular e contribuir para a aplicação integral da lei, bem como monitorar o desenvolvimento das melhores práticas e políticas públicas para o seu cumprimento, promovendo a construção de uma sociedade sem violência doméstica e familiar contra a mulher.

Avenida da Integração é reinaugurada com nome de Geraldo Coelho

0
Uma justa homenagem ao político que ficou conhecido como “Trator do Sertão”. Nesse sábado (24), o prefeito Miguel Coelho, num ato simbólico, reinaugurou a Avenida da Integração, que agora passa a se chamar também Deputado Geraldo Coelho. A homenagem foi realizada durante as cerimônias por um ano de falecimento do político sertanejo, que ocorreram na Fundação Nilo Coelho.
A lei de autoria dos vereadores José Batista da Gama, Ronaldo Silva e Ronaldo Souza foi sancionada pelo prefeito como forma de deixar marcado o nome de Geraldo Coelho no coração de Petrolina. Localizado na área central da cidade e com 6 km de extensão, o corredor foi construído pelo político homenageado, quando prefeito, em 1975. “É uma maneira de fazer os petrolinenses terem sempre a dimensão de tudo que Geraldo construiu em nossa cidade”, explicou o prefeito.
Esposa Dona Lurdinha Coelho e filhos de Dr. Geraldo Coelho estiveram presentes na homenagem prestada pela Prefeitura de Petrolina-PE
No evento, ainda foi inaugurado um memorial na Fundação Nilo Coelho para contar a história do saudoso político sertanejo. Geraldo Coelho viveu até os 92 anos. Na sua vida política, exerceu os cargos de prefeito, vereador de Petrolina e deputado estadual. Entre seus feitos, chamam a atenção, além da Avenida da Integração, a construção do Viaduto dos Barranqueiros, o Museu do Sertão e a Facape.(Ascom)

Biama lembra importância da doação de leite humano neste Agosto

0

Aleitamento materno: Agosto Dourado lembra importância do apoio à mãe

A campanha do Agosto Dourado que, em 2019, promove a amamentação no Brasil com base no slogan “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação: hoje e para o futuro”, tem como objetivo conscientizar pais e familiares sobre seu papel no apoio à prática do aleitamento materno, criando um ambiente que permita a mãe manter a amamentação como fonte exclusiva de nutrição nos primeiros seis meses de vida e como fonte complementar até os dois anos de idade.

No Hospital Dom Malan de Petrolina, o Agosto Dourado vem sendo trabalhado desde o dia 01 com a Semana da Amamentação e segue com atividades até o final do mês. A Comissão de Amamentação preparou várias abordagens e tem buscado desromantizar a concepção da amamentação.

“Amamentar nem sempre é fácil, ou simples, e requer uma rede de apoio como o próprio slogan da campanha sugere. Mas, mesmo com todo o suporte, algumas mães simplesmente não conseguem amamentar seus bebês e recorrem o Biama. Por isso, falar sobre doação de leite humano nesse momento também é tão importante”, garante a coordenadora médica do Banco de Incentivo e Apoio ao Aleitamento Materno do Hospital Dom Malan, Flávia Guimarães.

De acordo com a enfermeira gerente do Banco, Kaliane Medeiros, o estoque atual é de 6 litros. “O Biama precisa de 30 a 40 litros por mês para tentar suprir a demanda”, afirma. O banco de leite de Petrolina existe há 23 anos e durante todo esse tempo tem sido responsável por garantir o leite materno às crianças da UTI neonatal, berçário externo e UCI do Dom Malan, cujas mães não conseguem amamentar ou produzir leite.

“Funciona exclusivamente a partir de doações das puérperas internas e externas. É somente através do gesto de amor dessas mulheres que conseguimos salvar muitas vidas, pois o leite materno é o principal alimento do bebê, principalmente nos primeiros dias de vida. Por isso, o estoque baixo nos preocupa muito”, ressalta Dra. Flávia.

Para ser uma doadora do Biama é preciso estar gozando de uma boa saúde, ter leite de sobra e estar com os exames em dia. “Existem alguns outros critérios, mas basicamente esse é o perfil”, explica a médica. As interessadas em contribuir com banco de leite podem se dirigir ao Biama qualquer dia da semana (incluindo finais de semana e feriado), das 7 às 18h, ou ligar para o telefone (87) 3202-7002, pois a coleta também pode ser feita em casa.

O leite materno fortalece a imunidade; diminui os riscos de alergias; evita cólicas; previne doenças futuras; combate a anemia; ajuda no desenvolvimento cognitivo; desenvolve a arcada dentária; e ajuda no crescimento dos prematuros.(Ascom HDM)

Mostra de curtas-metragens movimenta a cultura regional nesta segunda-feira (26)

0

A mostra de curtas-metragens ‘Curta na Uneb’, que está em sua nona edição, vai acontecer nesta segunda-feira, 26 de agosto. A programação gratuita e aberta ao público, começa a partir das 16h com a presença do cineasta Felipe Peres Calheiros, que vai abordar o tema “Documentário e Direitos Humanos”. A palestra será realizada no Auditório de Multimídia do Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia, em Juazeiro. Já a mostra de curtas-metragens está marcada para às 18h, no Canto de Tudo.

Diversas temáticas fazem parte da programação de exibição dos vídeos. Os curtas-metragens que serão exibidos esse ano são Alumiados, Identidade Musicada, Sert’Aninha e Raoni da Multidão.

O ‘Curta na Uneb’ é uma mostra de vídeos que se tornou tradição no Vale do São Francisco e, desde 2006, reúne alunos, professores e membros do departamento e comunidade. Este ano, também vai acontecer um mega sorteio com quatro prêmios para o público, patrocinados pelos apoiadores da mostra.

O primeiro prêmio é um vale-compras no valor de R$ 100,00 na loja Roupa & Cia em Juazeiro, o segundo um ensaio fotográfico com a fotógrafa Priscilla Souza, acompanhado de uma maquiagem completa do Studio de Beleza Ana Célia. O terceiro prêmio é um look da Loja Maria’s juntamente com dois combos do Açaí Açu PNZ de Petrolina e a quarta premiação, um look da Estrelícia Modas, mais três pizzas do Ponto da Pizza, também de Petrolina.

Para participar dos sorteios, basta interagir na publicação da página @curtanauneb do Instagram do evento e seguir todas as regras na descrição da postagem oficial. A mostra vai contar também com o lançamento do documentário Beradeiros, produzido pela professora e jornalista Fabíola Moura, que aborda manifestações culturais e religiosas que se relacionam intimamente com o Rio São Francisco.(Ascom)

Em Petrolina, ´Caravana da Cidadania` presta mais de 2.500 atendimentos em duas localidades do município

0

Nesse  sábado (24), a Prefeitura de Petrolina ofertou a Caravana da Cidadania em duas localidades: Perímetro Irrigado Nilo Coelho (N-8) e Assentamento Terra da Liberdade. Ambas as comunidades registraram recorde de público e os atendimentos somaram mais de 2.500.

O projeto ofertou diversos serviços públicos e privados, fruto de diversas parcerias.  Foram disponibilizados cortes de cabelo feminino e masculino; atendimento médico e psicossocial; atualização do Cadastro Único; aferição de pressão arterial, testes rápidos para sífilis, HIV e glicemia; auriculoterapia, ventosaterapia e fisioterapia; emissão de ID Jovem e Carteira do Idoso; orientações jurídicas; orientações previdenciárias pelo INSS; orientações de empreendedorismo com a AGE, dentre outros.

A Caravana da Cidadania tem a proposta de oferecer serviços gratuitos a localidades que integram as áreas de abrangência dos Centros de Referencia de Assistência Social (CRAS), com maior rapidez e alcance social.  Essas foram a 15ª e 16ª edições, que já alcançaram mais de 17 mil atendimentos desde o início da Caravana da Cidadania.(Ascom)

Garantia Safra: agricultores que ainda apresentam pendências cadastrais recebem parcelas retroativas a partir deste mês

0

Dos 2.260 agricultores de Petrolina cadastrados no seguro Garantia-Safra, 81 ainda não receberam as parcelas referentes ao período 2017/2018. Para dirimir o problema, a prefeitura orienta a procurar a sede da Secretaria de Agricultura que continua auxiliando na resolução das pendências cadastrais a exemplo da duplicação de NIS (Número de Identificação Social). Neste mês de agosto, a Caixa Econômica Federal liberará as cinco parcelas acumuladas até a data do recebimento de acordo com o final do cartão de cada agricultor.

Para regularizar o cadastro, é necessário levar os seguintes documentos: CPF, RG e número do NIS. Outras informações pelo telefone (87) 8864-0747 ou ainda na sede da secretaria que está localizada na Rua das Laranjeiras, nº 265, Centro, próximo à Praça do Galo.

Sobre o seguro

O Garantia-Safra é um programa com ações voltadas aos agricultores familiares que tiveram prejuízos em suas lavouras (por secas prolongadas ou chuvas em demasia) e estão inseridos em municípios atingidos pela seca ou excesso de chuvas.

A Secretaria de Governo e Agricultura é responsável, em Petrolina, pelo recebimento de inscrições, emissão dos laudos técnicos de verificação do plantio e de casos nos quais há perdas, além de orientar quando apresentam pendências no cadastro a exemplo de o agricultor ter dois ou mais números diferentes de NIS (Número de Identificação Social), atribuídos pela Caixa Econômica Federal, ou sem adesão por não ter efetuado o pagamento do boleto quando no momento de inscrição no seguro, o que ocasiona o bloqueio e aqueles que informaram o número correto do NIS recentemente e constam na lista de recém-importados do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA).(Ascom)

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 42 milhões no próximo sorteio

0

Mega-Sena, loterias, lotéricas

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.182 da Mega-Sena que ocorreu neste sábado (24), em São Paulo. O prêmio, estimado em R$ 35 milhões, acumulou.

As dezenas sorteadas foram: 19 – 22 – 39 – 46 – 47 – 59.

Na quarta-feira (28), dia do próximo sorteio, a Caixa Econômica Federal deve pagar R$ 42 milhões.

A Quina saiu para 66 apostas e cada um vai levar R$ 46.519,40. A quadra teve 5.179 ganhadores e cada um receberá R$ 846,90.

Novas apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50

G7 concorda em ajudar o Brasil e demais países afetados por incêndios na Amazônia

0

Resultado de imagem para G7 concorda em ajudar o Brasil e demais países afetados por incêndios na Amazônia

Macron disse que isso deverá ser feito ‘o mais rápido possível’

PARIS – A cúpula do G7 concordou em ajudar o Brasil e todos países afetados pelos incêndios que assolam a Amazônia “o mais rápido possível”. A afirmação foi feita pelo presidente francês, Emmanuel Macron, neste domingo, durante o encontro das sete grandes economias mundiais, que acontece na cidade de Biarritz, na França.

– Há uma convergência real para dizer que todos concordamos em ajudar os países afetados por esses incêndios o mais rápido possível – disse Macron, anfitrião da cúpula que termina nesta segunda-feira.

Apesar da fala enfática, ainda não há detalhes sobre como essa ajuda seria colocada em prática. Mas o presidente informou ter contatos em andamento “com todos os países da Amazônia (…) para que possamos finalizar compromissos muito concretos de recursos técnicos e financeiros”.

Macron disse também que os diálogos sobre esse tema vão continuar a pautar o encontro, com o objetivo de chegar a um consenso sobre a ajuda financeira para os países sul-americanos combaterem o desmatamento e promoverem o reflorestamento.

– Respeitando a soberania, nós devemos ter um objetivo de reflorestamento. A importância da Amazônia para esses países e para a comunidade internacional é tão grande em termos de biodiversidade, oxigênio e luta contra as mudanças climáticas, que precisamos proceder o reflorestamento – explicou. (O Globo)

Morre a escritora, atriz e roteirista Fernanda Young aos 49 anos

0

Colunista do GLOBO teve crise de asma, seguida de parada cardíaca

Fernanda Young: escritora e atriz morreu aos 49 anos Foto: Divulgação

RIO — Escritora, atriz, roteirista, apresentadora de TV e colunista de O GLOBO, Fernanda Youngmorreu, aos 49 anos, às 3h deste domingo, no hospital de Gonçalves (MG), onde a família tem sítio. A atriz foi vitimada por uma crise de asma seguida de parada respiratória.

Fernanda, que sofria de asma desde a adolescência, começou a sentir falta de ar no fim da tarde de sábado, conforme relato de Rosário Gondim, amiga da escritora, que mora na cidade mineira.

— Não estava com ela, mas soube que, à noite, o quadro piorou e Fernanda tomou um remédio que fez com que o quadro melhorasse num primeiro momento — contou  Rosário. — Horas depois, no entanto, Fernanda passou mal novamente, vomitou e acabou aspirando o vômito, o que foi fatal.

O caseiro do sítio teria tentado reanimá-la com massagem cardíaca e a levado ao hospital local, onde a escritora faleceu. O velório foi realizado na tarde deste domingo, no cemitério Congonhas, em São Paulo.

O sepultamento aconteceu no fim da tarde sem a presença da imprensa, ao som de Madonna, tocada num celular de um dos presentes.

Última postagem nas redes

Em sua última postagem no Instagram, feita há 14 horas, Fernada compartilhou a foto da sala de estar do sítio em Gonçalves (MG), onde estava na noite de sábado. Junto da foto, escreveu a legenda: “Onde queres descanso, sou desejo” .

A atriz entraria em cartaz no dia 12 de setembro em São Paulo com a peça “Ainda nada de novo”, em que contracenaria com  Fernanda Nobre (leia aentrevista de Fernanda Young para a revista Ela deste domingo).

Editora de seu último livro, “Pós-F.: Para além do masculino e do feminino” (2018), a LeYa Brasil deve adiantar a publicação de um romance inédito, inicialmente previsto para novembro. Com o título”Posso pedir perdão, só não posso deixar de pecar”, o livro foi escrito por Fernanda aos 17 anos e encontrado recentemente por ela, que retrabalhou o texto. A editora também tem em mãos um romance que a autora escrevia quando encontrou os originais de seu primeiro livro, e que deve ser lançado posteriormente.

Fernanda iniciou sua carreira na TV em 1995, na série “A comédia da vida privada”, adaptação de textos de Luis Fernando Verissimo que assinou com o marido, Alexandre Machado, exibida pela Rede Globo. Em 1996 lançou o primeiro livro, “Vergonha dos pés”, pela editora Objetiva.

Em 2001, ela lançou um de seus maiores sucessos na TV, a série “Os normais”, estrelada por Fernanda Torres e Luiz Fernando Guimarães, co-roteirizada por Alexandre Machado e  Jorge Furtado.

— Entrei na TV Globo com o Alexandre, trabalhando no programa “Dóris para maiores”, e conheci a Fernanda quando começamos a escrever “Os normais”. Ela era uma autora brilhante, com um humor ácido e um despudor completo, que é essencial para qualquer artista — destaca Furtado. — Ela e o Alexandre marcaram época na TV, ao criar uma história de amor completamente diferente, colocando muito deles nos roteiros. Era uma grande autora, para além do humor.

Luiz Fernando Guimarães estrelaria outras duas produções roteirizadas por ela: “Super sincero” (2005), quadro exibido pelo “Fantástico” e “Minha nada mole vida” (2006). Em vídeo, o ator declarou que a morte da autora  representa uma perda enorme para o meio artístico : “A gente nunca conta com o invevitável. É uma pessoa maravilhosa. Devo uma boa parte de um dos melhores anos da minha vida a Fernanda Young, Fernanda Torres, Alexandre Machado, que são carinhosíssimos.

A última produção assinada pelo casal foi a minissérie “Shippados”, estrelada por Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch , em exibição na Globoplay.

No cinema, além de “Os normais” (2003) e ” Os normais 2 — A noite mais maluca de todas”, Fernanda assinou os roteiros de “Bossa nova” (2000) e “Muito gelo e dois dedos d’água” (2006), tembém em parceira com Alexandre Machado.

Entre 2002 e 2004, a autora participou da primeira formação do programa “Saia justa”, do GNT, ao lado da jornalista Mônica Waldvogel, a atriz Marisa Orth e a cantora Rita Lee. ( O Globo)

Brasil conclui testes de soro inédito para picadas múltiplas de abelha

0

Abelha, Flor, bertholletia

Após dez anos de estudos e testes, o Brasil está se preparando para ser o único país do mundo a produzir o soro antiapílico – contra múltiplas picadas de abelhas. Os pesquisadores responsáveis pelo projeto, Marcelo Abrahão Strauch, do Instituto Vital Brazil (IVB), e Rui Seabra Ferreira Júnior, do Centro de Estudos de Venenos de Animais Peçonhentos (Cevap) da Universidade Estadual Paulista, querem submeter, ainda este ano, ao Ministério da Saúde e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os relatórios com os resultados positivos alcançados nos ensaios clínicos da primeira fase, que envolveram testes em 20 pessoas mordidas por muitas abelhas.

A fase 3 de testes será iniciada após a aprovação do ministério e da Anvisa e prevê o recrutamento de 150 a 200 pessoas que tiveram múltiplas mordidas de abelhas, atendidas em 32 hospitais pertencentes à rede nacional de pesquisa pública.

Os resultados das pesquisas farmacológicas com o soro antiapílico serão apresentados por Marcelo Abrahão Strauch no Congresso Mundial de Toxinologia, que será realizado na Argentina, em setembro.

A primeira fase avaliou a segurança do produto, por se tratar de um medicamento novo, e o ajuste de dose. A fase 3 vai observar a garantia da segurança e a eficácia do soro, disse Rui Ferreira Júnior, em entrevista à Agência Brasil.

Caso tudo corra bem na nova fase, a previsão é que o soro seja disponibilizado para a população entre 2021 e 2022. Após os ensaios da fase 3, os resultados serão novamente submetidos à Anvisa, para que o registro do produto possa ser efetuado.

Envenenamento tóxico

Ferreira Júnior esclareceu que o soro antiapílico será produzido pelo Instituto Vital Brazil, órgão do governo fluminense. De acordo com os pesquisadores, o soro deve ser aplicado em casos de envenenamento tóxico, isto é, quando a pessoa é vítima do ataque de um enxame. Para os casos de indivíduos alérgicos picados por uma única abelha, o tratamento é específico e abrange medicamentos comuns.

O antídoto brasileiro é inédito. Atualmente, há 45 produtores de soros para animais peçonhentos no mundo, mas nenhum fabrica o soro para envenenamento tóxico por abelhas. “O Brasil é pioneiro”, destacou Strauch.

Após ganhar o registro, a disponibilização do soro será gratuita. “Hoje, todo tratamento de picada de animal peçonhento só tem soro disponível na rede pública”, disse Marcelo Strauch.

No Rio de Janeiro, o polo de atendimento em caso de picadas de animais peçonhentos, como cobras, escorpiões e abelhas, é encontrado no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, zona oeste da capital. Já o soro para múltiplas picadas de abelhas também deverá ficar disponível no Hospital Universitário Antonio Pedro, da Universidade Federal Fluminense (UFF), localizado em Niterói, região metropolitana do Rio.

Rui Ferreira Júnior lembrou que as pesquisas contaram com a colaboração do Laboratório de Farmacologia das Toxinas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que realizou testes farmacológicos paralelos para avaliação do soro já produzido.

Acidentes

Segundo Strauch, a abelha faz parte do grupo dos animais peçonhentos, que se caracterizam por possuírem glândulas que produzem e secretam veneno.

Picadas múltiplas de dezenas ou centenas de abelhas podem gerar intoxicação. Há casos de choque anafilático que podem levar o paciente à morte. “A letalidade é alta por um ataque de múltiplas abelhas por causa da quantidade de veneno que o paciente recebe e não tem o antídoto”.

A estimativa é que ocorram cerca de 10 mil acidentes com picadas de abelhas por ano no Brasil. Marcelo Strauch avaliou que o número pode ser muito maior, tendo em vista as subnotificações. O pesquisador afirmou que os acidentes por enxames de abelhas resultam em 40 óbitos notificados anualmente no Brasil.

O projeto contou ainda com apoio do Ministério da Saúde, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj)

Em Dormentes, população apresenta propostas para os gastos públicos durante Audiência sobre LOA e LDO

0

Audiência reuniu vereadores, secretários e população para debater as prioridades para os gastos públicos de 2020

Com o objetivo de ouvir e debater junto com a população o futuro do município, a Prefeitura de Dormentes, realizou nesta sexta-feira (23) a Audiência Pública sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) e revisão da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020. As propostas serão encaminhadas para a Câmara Municipal.

O encontro começou com apresentações dos secretários municipais que mostraram o trabalho que vem sendo realizado por suas pastas. Dormentenses de todas as idades levaram muitas propostas para as áreas de saúde, educação, infraestrutura, meio ambiente, cultura, esporte e lazer. “A  gente precisa cuidar da nossa cidade, na escola eu e meus amigos já saímos recolhendo lixo que as pessoas jogam na rua. Seria interessante ter mais projetos com os estudantes e a comunidade para conscientizar sobre o lixo e meio ambiente”, propôs a estudante, Rosilene Menezes, de 11 anos.

Para a prefeita, Josimara Cavalcanti, o momento permite saber quais deverão ser as prioridades da gestão para 2020. “Tivemos propostas muito boas e também o reconhecimento da nossa população, com o trabalho que vem sendo feito em Dormentes. Sabemos das dificuldades que todo o país está enfrentando, mas estamos sempre ao lado dos dormentenses, ouvindo suas demandas e trabalhando para fazer o nosso melhor. As propostas anotadas aqui, serão nossa prioridade”, destacou Josimara.

Os 31 anos de fundação do IF Sertão de Petrolina

0

O campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE celebrou mais um ano de fundação nesse domingo dia 25 de agosto. Para festejar os 31 anos, foi preparada uma programação especial, com a participação de servidores e estudantes. O início das comemorações aconteceu na última quarta-feira (21), com a abertura do torneio de futsal, às 14h, no Ginásio Poliesportivo. Na sexta (23), após solenidade, o campus foi homenageado através da exposição “Olhares”, que reúne fotografias de diversas paisagens locais. A celebração foi encerrada com apresentação musical e a final do torneio de Futsal.

Para a diretora geral do campus, Jane Perez, é sempre importante celebrar essa data, pelo significado que a instituição tem para a região. “Através da Escola Agrotécnica, Cefet Petrolina e hoje campus Petrolina Zona Rural, milhares de pessoas tiveram a oportunidade de mudar de vida através da educação. Por isso, é com muito orgulho que convidamos todos a prestigiar esse momento”, afirmou.

Resultado de imagem para If Sertão de Petrolina

Em 25 de agosto de 1988, a região do Vale do São Francisco inaugurava a Escola Agrotécnica Federal Dom Avelar Vilela, promovendo uma transformação do cenário econômico e social local. Em 26 de novembro de 1999, por força de Decreto (não numerado), a Agrotécnica era a primeira do país a ser transformada em Centro Federal de Educação Tecnológica – Cefet Petrolina. Em 2008, foi criado o Instituto Federal do Sertão Pernambucano, inicialmente com os campi Petrolina e Petrolina Zona Rural.  (Ascom If Sertão)