Resultado de imagem para caso beatriz em petrolina

Delegada Polyanna Nery não acompanha mais o caso da menina Beatriz

Depois de tomar conhecimento de que Polyanna Nery, Delegada da Policia Civil de Pernambuco foi afastada do caso da menina Beatriz, brutalmente assassinada em Petrolina em dezembro de 2015, os pais da garota emitiram nova de repúdio contra a decisão da Secretaria de Segurança Publica de Pernambuco. Acompanhe a noticia.

NOTA DE REPÚDIO

Vimos através dessa nota apresentar nosso sentimento de indignação e grande insatisfação com a atuação da Polícia Civil de Pernambuco e com os rumos da Investigação do Caso da nossa filha Beatriz.

Quando observamos a falta de recursos e de pessoal capacitado para desenvolver algumas perícias, bem como a falta de idoneidade de alguns agentes que comprometeram as investigações, pedimos ajuda diretamente (pessoalmente) ao Governador Paulo Câmara para dar suporte à delegada Poliana Nery, que vinha realizando até então um bom trabalho, como também celeridade na denúncia contra o perito Diego Leonel, que recebeu dinheiro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora
através de (trabalho particular).

O Governador se comprometeu conosco, mas não cumpriu com nossos combinados em reunião.

É preocupante a saída da delegada Poliana Nery, pois a mesma tem uma linha de investigação muito forte e que acreditamos que leva a conclusão do caso. OU SERÁ PORQUE ELA INDICIOU MAIS DOIS FUNCIONÁRIOS DO COLÉGIO AUXILIADORA?

Não pedimos ao Governador a entrada de novos delegados. Não temos confiança na entrada de novos delegados. Não vemos isso com bons olhos.

Diante de tudo isso que vem acontecendo só fortalece ainda mais a necessidade da FEDERALIZAÇÃO das investigações.

Estamos aguardando a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara Federal realizar a audiência pública e dar continuidade ao processo.

Resultado de imagem para caso beatriz em petrolina
Lucinha Mota e Sandro Romilton

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui