Anunciado em março pelo Governo Federal e “liberado” pelo BNDES em maio, o empréstimo de R$ 30 mil para caminhoneiros autônomos, chamado de BNDES Crédito Caminhoneiro, não chegou às estradas. A reclamação dos caminhoneiros é recorrente em conversas com o Blog do Caminhoneiro.

Na última semana, o Blog do Caminhoneiro entrou em contato com diversos bancos credenciados com o BNDES para liberação de linhas de financiamento, e nenhum deles sabia do que se tratava. Em alguns atendimentos foram oferecidas outras linhas de crédito, exclusivas desses bancos, mas não o crédito do BNDES.

Também tentamos, em contatos via e-mail e telefone, uma resposta do BNDES, que até o fechamento dessa matéria não nos foi enviada.

O BNDES tem em seu site uma página exclusiva para tratar dessa linha de financiamento (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR), que conta com informações como prazos, limites, garantias e também a Circular SUP/ADIG Nº 23/2013, publicada pelo BNDES em 16 de maio, que contém as informações relativas à linha de financiamento.

O BNDES Crédito Caminhoneiro deveria liberar valores de até R$ 30 mil para caminhoneiros autônomos e cooperativas de caminhoneiros, para uso exclusivo na manutenção dos veículos e compra de peças e pneus. O valor total da linha de crédito é de R$ 500 Milhões.

Caso o BNDES nos envie a resposta solicitada, esse texto será editado, e um novo será publicado no Blog do Caminhoneiro, com as informações atualizadas.(Blog do Caminhoneiro)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui