O Brasil registrou mais 851 mortes pelo novo coronavírus Sars-CoV-2 em um período de 24 horas, elevando o número total para 125.502, informou o levantamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta sexta-feira (4).

A taxa de letalidade continua estável e está em 3,1%, enquanto o índice de mortalidade é de 59,7 pessoas por 100 mil habitantes.

Segundo o balanço, existem 4.091.801 casos da covid-19 em todo território brasileiro, um acréscimo de 51.638 novos contágios entre ontem e hoje. Ainda conforme o Conass, a taxa de incidência continua crescendo, com 1.947,1 pessoas para cada 100 mil cidadãos.

O estado de São Paulo contabiliza 31.091 óbitos desde o início da pandemia. Ao todo, 845.016 pessoas já se contaminaram com a Covid-19.

No ranking de estados com mais casos e mortes aparecem: Bahia (268.137 infecções e 5.590 óbitos), Rio de Janeiro (232.489 contaminados e 16.467 vítimas), Ceará (230.105 contágios e 8.555 falecimentos). O estado fluminense, no entanto, é o que apresenta maior taxa de letalidade, com 7,1%.

A média móvel de casos em sete dias é 39.885, enquanto a de morte está caindo e é 847.

Já de acordo com o levantamento feito pelo consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL, nas últimas 24 horas foram contabilizados 855 novos óbitos, o que eleva o total de mortos para 125.584.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui