Home Sem categoria Éder Jofre, ex-pugilista e conhecido como “Galo de Ouro”, morre aos 86...

Éder Jofre, ex-pugilista e conhecido como “Galo de Ouro”, morre aos 86 anos em São Paulo

651
0

Tricampeão mundial de boxe, Jofre estava internado desde março por causa de uma pneumonia

Eder Jofre, ex-pugilista – Foto: Reprodução/Facebook

O ex-pugilista brasileiro Éder Jofre, que entrou para Hall da Fama do boxe em 2021, morreu na madrugada (2) deste domingo em São Paulo. Em março deste ano, o “Galo de Ouro” já havia ficado internado por causa de uma pneumonia e faleceu em razão de complicações da doença. O paulista também sofria de encefalopatia traumática crônica, diagnosticada em 2015.

Jofre era considerado por muitos como o maior boxeador peso galo brasileiro de todos os tempos. Ele foi campeão mundial da categoria de 1960 a 1965. Em 1973 conquistou o título mundial como peso pena, uma categoria acima do peso galo.

Jofre nasceu no dia 26 de março de 1936 e se aposentou do esporte com 81 lutas, 75 vitórias (52 por nocaute), quatro empates e duas derrotas. Éder foi o primeiro brasileiro a deter um cinturão de relevo mundial no boxe, e ainda por cima sagrou-se tricampeão mundial dos pesos pena e galo.

Foi no São Paulo Futebol Clube que Eder Jofre começou a carreira de boxeador. Ele ganhou os primeiros campeonatos paulista e brasileiro que disputou e ainda teve como técnico o próprio pai, Kid Jofre. O clube paulista o homenageounas redes socias:

Em 1956, Éder Jofre disputou os Jogos Olímpicos, em Melbourne, na Austrália. Apesar de ser apontado como favorito a uma medalha, o brasileiro quebrou o nariz durante a preparação para a competição e mesmo com dificulade para respirar continuou nos jogos, mas acabou derrotado nas quartas de final.

Jofre, enfim, se tornou tornou o primeiro boxeador brasileiro campeão do mundo, em 1960. A luta, que aconteceu no auditório Olímpico, em Los Angeles, terminou no sexto round, quando ele nocauteou o mexicano Eloy Sanchez e conquistou o título do peso galo pela Associação Mundial de Boxe (WBA), aos 24 anos. Antes desse triunfo, ele jpa havia sido campeão brasileiro, sul-americano e latino-americano do peso galo.

O também ex-pugilista Francisco Carlos de Jesus, o Chiquinho de Jesus, de 66 anos, era amigo de Jofre e gravou um vídeo homenageando o ex-campão mundial de boxe.

“Vá com Deus, Ed. Todos nós brasileiros somos gratos por você existir”, diz Chiquinho na gravação.

Previous articleMarília Arraes e Raquel Lyra disputam o Governo de Pernambuco em segundo turno
Next articleTarcísio e Haddad chegam ao 2º turno em São Paulo e impõem derrota histórica ao PSDB