Ministério da Agricultura encontra fungos, ácaros e bactérias em sementes  da China

O Ministério da Agricultura informou nesta terça-feira (6) que identificou fungos, ácaros e bactérias nas análises prévias que realizou nas sementes “misteriosas” que têm chegado ao Brasil via postal de países asiáticos, principalmente da China, sem que os destinatários tenham pedido. Segundo a pasta, o risco para a agricultura e para a saúde ainda é desconhecido, e os estudos estão em andamento. O órgão já recolheu 258 pacotes das sementes em 24 estados e no Distrito Federal. Somente Amazonas e Maranhão não relataram casos ainda.

Desses pacotes, 39 amostras estão em análise. Uma delas apresentou ácaro vivo, e outras duas continham bactérias. Já três espécies de fungos foram encontradas em 25 amostras.

Além disso, 17 amostras foram sequenciadas geneticamente, sendo que quatro delas têm a possibilidade de ser de “plantas quarentenárias”, espécies não naturais do Brasil, que podem ser prejudiciais ao meio ambiente e à agricultura

De acordo com o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Leal, para saber qual o nível de alerta ainda é necessário finalizar as análises. A pasta pede a quem receba as sementes que evite contato físico com o material e avise o ministério, para que o recolhimento do material seja feito de forma segura.

— Preferimos ser rigorosos agora e pedir a colaboração da população. É uma medida preventiva, depois vamos verificar se medidas adicionais serão necessárias — disse o secretário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui