Julgamento decidirá se Moro foi ou não parcial ao condenar petista

O ex-presidente Lula Foto: Nelson Almeida / AFP

O julgamento na Segunda Turma do STF que decidirá se Sergio Moro foi ou não parcial ao condenar Lula está nas mãos de Celso de Mello.

A previsão no Supremo é que Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski votarão a favor do petista, e Cármen Lúcia e Edson Fachin, contra.

Entre os ministros que costumam votar na defesa da Lava Jato, a sensação é de que Celso votará favor do petista.

Caso a previsão se concretize, o caso do triplex será anulado e Lula, solto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui