Home Sem categoria Alepe vence pela segunda vez consecutiva o prêmio Assembleia Cidadã da Unale

Alepe vence pela segunda vez consecutiva o prêmio Assembleia Cidadã da Unale

288
0

A Assembleia Legislativa de Pernambuco ganhou, pela segunda vez consecutiva, o prêmio Assembleia Cidadã, concedido na 24ª Conferência Nacional da Unale, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O projeto Lideralepe foi escolhido vencedor da categoria Projetos Especiais, marcando a atuação da Alepe em ações de aproximação com a sociedade e ampliando o reconhecimento nacional do Parlamento pernambucano.

O anúncio foi feito na manhã da última sexta-feira (26/11), no encerramento da Conferência Nacional, onde a presidente da Unale, deputada Ivana Bastos, e o presidente eleito, deputado Lídio Lopes, entregaram o prêmio à delegação pernambucana, representada pelo presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros, idealizador do projeto, parlamentares e servidores da Casa.
O Lideralepe foi coordenado pela Escola do Legislativo em parceria com a Coordenação de Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco, chegando a mais de 1400 inscritos, formando lideranças de todos os segmentos, todas as regiões e até de outros estados. A iniciativa foi lançada no aniversário de 186 anos da Assembleia Legislativa.

O presidente da Alepe comemorou a conquista, que contou com o apoio dos deputados, servidores, da Escola do Legislativo com participação de várias superintendências, com a parceria fundamental da UFPE, através do professor e cientista político Adriano Oliveira. “Além de cumprir seu papel de fiscalizar, de criar leis e promover debates, a Alepe tem tido avanços importantes na aproximação com as pessoas, na escuta da sociedade e na criação de projetos especiais onde o Legislativo contribui diretamente pra melhorar a vida dos pernambucanos”, afirmou o deputado.

Essa é a segunda vez que a Assembleia Legislativa de Pernambuco é premiada pela Unale. Em 2019, o projeto Alepe Acolhe também foi campeão na categoria de Projetos Especiais, escolhido como melhor projeto do Brasil concorrendo com os 27 estados da federação.(Ascom)