Home Sem categoria Abrafrutas participa do 6° CNMA e aborda a alta empregabilidade da mulher...

Abrafrutas participa do 6° CNMA e aborda a alta empregabilidade da mulher na fruticultura

227
0

O evento que começou na segunda-feira, dia 25 e terminou nesta quarta-feira (27) teve como objetivo evidenciar a força e o papel da mulher e da nova geração para o agronegócio.

O presidente da Abrafrutas, que foi um dos panelistas convidado para o encerramento do evento, abordou a alta empregabilidade da mulher na fruticultura. Além dele, o diretor comercial da Abrafrutas e CEO da Biotrop, Antônio Carlos Zen, falou sobre os biológicos e agricultura regenerativa.

Segundo Guilherme Coelho, a representatividade da mulher na agricultura é algo crescente. Ele destacou que a fruticultura é um dos segmentos em que a presença delas estácada vez mais marcante. A fruticultura é o setor que mais emprega dentro do agro, são mais de 5 milhões de empregos diretos e a mulher é essencial neste trabalho.

Guilherme Coelho

“Quando digo isso, é em todas as etapas do processo produtivo, desde o campo, até nos cargos de chefia. Estou falando de mão de obra qualificada que, a cada dia, fortalece mais a fruticultura no Brasil”, reforçou o presidente da Abrafrutas.

Ainda neste mesmo painel foram discutidos assuntos como consumidor final, agroindústria, supermercados, seguros, produtores rurais e sistemas financeiros.

Um pouco antes, participou da mesa Negócios e Agregação de Valor, o diretor comercial da Abrafrutas que tratou sobre os biológicose agricultura regenerativa, em particular, a importância de redução da carga química para uma produção de frutas mais saudável e sustentável de forma que atendam a demanda do consumidor.

“O uso de microrganismos na agricultura e também dos extratos botânicos, outro componente que crescerá muito, se torna fundamental nesse momento em que buscamos uma agricultura regenerativa. Precisamos olhar a agricultura de um ponto de vista renovável, mirando a saúde do solo e a redução da carga química. Isso tudo está na nossa agenda e é a nossa forma de entregar valor para o produtor, à comunidade e ao mundo”, afirmou Zem.

Para Antônio Zem, as mulheres são agentes de transformação e tem ocupado importante papel no protagonismo do agro brasileiro. “Falar com elas é um privilégio e a certeza de que com o trabalho das mulheres teremos sim alimentos abundantes e saudáveis”, disse.

SOBRE A ABRAFRUTAS

A Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) é uma associação sem fins lucrativos que tem por finalidade representar e promover a fruticultura brasileira frente ao mercado internacional.

Criada em 2014, a Abrafrutas conta com aproximadamente 70 associados produtores exportadores de frutas e detém aproximadamente 85% do volume total das frutas frescas exportadas pelo Brasil.

Em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a ABRAFRUTAS desenvolveu, em 2014, o projeto “Frutas do Brasil”. O projeto tem por objetivo mostrar que o Brasil é provedor de frutas doces e saborosas o ano inteiro. O Sol e o clima do Brasil possibilitam a consistência de produção e grande variedade de frutas de norte a sul do país.

Tem como finalidade apoiar os exportadores brasileiros na busca por ampliação dos negócios; oportunizar abertura de novos mercados; promover o reconhecimento e a diferenciação das frutas brasileiras e estimular o aumento no consumo de frutas.

Previous articleAPA participa de maior evento de clubes do Brasil
Next articleTite divulga convocação do Brasil para confrontos das Eliminatórias