Home Sem categoria A hora é agora! O Banco do Brasil promove mutirão de renegociação...

A hora é agora! O Banco do Brasil promove mutirão de renegociação de dívidas até esta sexta-feira(17)

222
0

A ação leva descontos de até 95% para a liquidação do débito à vista e a repactuação em até 100 parcelas com juros acessíveis

Com condições especiais aos clientes, o Banco do Brasil (BB) promove, até o dia 17 de dezembro, um mutirão de renegociação de dívidas para os clientes com débitos em atraso. A ação leva descontos de até 95% para a liquidação à vista e a repactuação dos débitos em até 100 parcelas com juros mais baixos.

Para o cliente pernambucano, o acordo pode ser realizado em uma das 155 agências do BB espalhadas pelo Estado ou nos canais digitais disponibilizados pela empresa: site do BB, App, WhatsApp (61 4004-0001) e pela Central de Atendimento com funcionamento 24h.

“Para aqueles clientes que têm dívidas com o banco atrasadas há muitos anos, vamos trabalhar com abatimentos que variam entre 20% a 95% de desconto. Aqueles clientes que, mesmo antes da pandemia, deixaram com o Banco do Brasil dívidas antigas, vão ter uma condição muito favorável para quitar esses débitos à vista”, pontuou a superintendente estadual do Banco do Brasil, Ana Paula Matos da Costa.

“As soluções serão personalizadas para cada cliente. No CPF, vai constar as condições disponíveis para ele, porque depende muito do tipo da dívida, quanto tempo está em atraso, qual é a origem do valor da operação. Todas essas variáveis vão constar propostas já específicas para cada cliente”, destacou Ana Paula.

Em todo o Brasil, cerca de 3,5 milhões de clientes podem participar do mutirão de renegociação promovido pela empresa. No Estado, esse público chega a quase 90 mil que podem acessar as condições especiais.

“Todo cliente que tem operações com a gente e está passando por dificuldades deve procurar a nossa equipe e não deixar para depois, porque nós vamos ter condições especiais nesse mutirão. O nosso pessoal está treinado para acolher e dar a melhor solução para que as pessoas tenham tranquilidade nessa época de natal, final de ano e possam começar o ano de 2022 com as finanças em dia e as operações regularizadas”, acrescentou a superintendente.