Home Sem categoria 2º edição do Simpósio de Fisioterapia da UniFTC reuniu profissionais de renome...

2º edição do Simpósio de Fisioterapia da UniFTC reuniu profissionais de renome internacional

375
0
IMG_6819.JPG
2º edição do Simpósio de Fisioterapia da UniFTC reuniu profissionais de renome internacional

O Simpósio de Fisioterapia da UniFTC de Juazeiro chega a sua segunda edição neste mês de novembro. O evento ocorreu na unidade de ensino nos dias 17, 18 e 19 e contou com a presença de profissionais de renome internacional da área de Fisioterapia, Educação Física e Medicina. Além de ministrar palestras, os convidados ainda realizaram oficinas e minicursos ao público.

A primeira edição do Simpósio ocorreu em 2019, mas devido a pandemia da Covid-19 precisou ser suspensa até este ano. O evento tem como objetivo trazer o mercado de trabalho para dentro da faculdade, juntando a comunidade acadêmica com a profissional. Durante as atividades é discutido o que há de novo no mercado, o que está em alta atualmente nas pesquisas, ensino e educação. O evento foi aberto para profissionais e estudantes de  Fisioterapia de outras instituições de ensino.

No primeiro dia do simpósio (17) às 19h, aconteceu a abertura do evento, marcada pela presença do diretor Andrei Mello, coordenador do curso de Fisioterapia,  Hugo Pereira e professores. A primeira palestra do Simpósio foi ministrada por André Magalhães, médico Hematologista  e Hemoterapeuta e Membro da Associação Brasileira de Hematologia (ABHH), sob o tema “Educação para Morte”. 

As atividades do segundo dia do Simpósio aconteceram pela manhã, às 8h. Leny Santana ministrou a palestra “Atuação terapêutica na criança com bronquiolite viral aguda”, enquanto Mario Guerra debateu sobre “Limpeza de pele: associações cosméticas e eletroterápicas”. Ainda pela manhã, ocorreu oficina de “Hipnose clínica: uma importante ferramenta na hipnose clínica”.

O turno da tarde trouxe apresentações de TCC’s, e palestras de Wilhelm, Ádrya Arylle Ferreira e Paulo Adriano Schwingel, nos temas “Projeto de pele e pelo”, “Reabilitação Cardíaca: da internação ao ambulatório” e  “Prática baseada em evidências na Fisiologia para Reabilitação e Desempenho Funcional”, respectivamente.

A manhã do último dia do Simpósio, 19, foi reservada uma oficina de “Métodos em avaliação Cinético-funcional”, além da premiação dos trabalhos e palestra de Fabrício Olinda. Por fim, às 12h ocorreu o encerramento do evento.

No final do Simpósio foi realizada uma homenagem para um fisioterapeuta da região. O escolhido para esta edição foi Fabrício Olinda, um profissional nacionalmente conhecido, que trabalha com apneia obstrutiva do sono. De acordo com o coordenador de Fisioterapia, a homenagem eleva e valoriza a profissão.

“Uma das importâncias é a integração. Integrar alunos de outros semestres com alunos de outras instituições e profissionais de fora. Além disso, trazemos aos alunos o que tem de mais novo e inovador do mercado de trabalho”, explica o coordenador Hugo Pereira.

Daniel de Souza Santos, do 8° período de Fisioterapia, participou da banca organizadora da primeira edição do Simpósio e demonstrou animação para a sua segunda edição. “Para mim, essa experiência curricular não só é algo para a jornada acadêmica, ela é um simpósio a nível regional. É grandioso, além de apoiar a questão científica”, o estudante conta.

Andrei Mello, diretor da faculdade em Juazeiro, aconselha que os estudantes tirem o máximo proveito não só do simpósio, mas também das demais atividades realizadas na instituição. “Aproveitem bastante, porque a faculdade gosta de se movimentar. A gente leva a sério o nosso slogan, para que os alunos não parem um minuto sequer enquanto estejam aqui se formando e se capacitando”, conta. (Ascom)

Previous articleBahia tem 4,3 milhões pessoas com contas atrasadas em 2022
Next articleFrança supera ‘susto’ e começa defesa do título mundial goleando