Home Sem categoria 206 mil novos beneficiários entram em novo lote do auxílio emergencial. Veja...

206 mil novos beneficiários entram em novo lote do auxílio emergencial. Veja se você foi contemplado!

366
0

206 mil entram em novo lote do auxílio emergencial

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (27) que pagará o auxílio emergencial 2021 para 206 mil novos beneficiários que tiveram seus cadastros aprovados.

Os depósitos do benefício para os novos aprovados começam a ser feitos no Caixa Tem em 16 de maio, no caso dos nascidos em janeiro, e vão até 16 de junho, para os aniversariantes de dezembro.

Neste período, serão depositadas duas parcelas para o público do novo lote. Os depósitos são feitos primeiro no Caixa Tem, para pagamento de contas e para fazer compras.

Os saques e as transferências bancárias para esse público serão liberados de 8 de junho a 8 de julho, de acordo com o mês de aniversário. As datas são as mesmas do calendário de pagamentos da segunda parcela para beneficiários que já estão recebendo o auxílio desde o início das liberações.

A partir da terceira parcela, todos seguem o calendário normal de repasses.

Os novos aprovados já podem consultar os pagamentos por meio da central telefônica 111 ou pelo site: auxilio.caixa.gov.br. No campo “Acompanhe seu benefício”, é possível verificar a situação do pedido e se o pagamento foi liberado. Para fazer a consulta, é preciso informar nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe. A Caixa informa que não é necessário o cidadão se dirigir às agências do banco para tirar dúvidas.

Vale relembrar que o auxílio emergencial 2021 é limitado a uma pessoa por família e só será pago ao trabalhador que tinha o direito reconhecido em dezembro do ano passado e se encaixa nas regras deste ano.

O benefício básico terá quatro parcelas mensais de R$ 250, mas mulheres chefes de família monoparental (que criam os filhos sozinhas) têm direito a R$ 375. Indivíduos que moram sozinhos podem receber R$ 150 por mês.

Previous articleMinistro Marco Aurélio, do STF, determina a realização do Censo
Next articleMuita tristeza! Brasil ultrapassou 400 mil mortos por Covid-19