Home Sem categoria 1º boletim médico de Bolsonaro em São Paulo descarta cirurgia

1º boletim médico de Bolsonaro em São Paulo descarta cirurgia

203
0

Presidente passou por avaliações clínica, laboratoriais e de imagem em hospital de São Paulo

Presidente Bolsonaro

A recomendação de uma nova cirurgia de emergência do presidente Jair Bolsonaro foi inicialmente descartada pela equipe do Hospital Vila Nova Star, de São Paulo. Em nota, a direção médica responsável informou nesta 4ª feira (14.jul.2021) que o chefe do Executivo será submetido a “inicialmente tratamento clínico conservador” enquanto permanece internado.

O quadro de Bolsonaro, segundo o primeiro boletim médico do Vila Nova Star, é de “suboclusão intestinal”. Segundo o hospital, ele passou por avaliações clínica, laboratoriais e de imagem. A equipe médica é chefiada por Antônio Luiz Macedo, responsável por realizar as cirurgias no presidente depois do episódio da facada em 2018.

Bolsonaro deve permanecer no hospital por 3 dias, segundo informou seu filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). O presidente foi diagnosticado com obstrução intestinal nesta tarde e foi transferido para São Paulo para a realização de novos exames. Durante o dia, esteve em observação no HFA (Hospital das Forças Armadas), em Brasília.

Bolsonaro deu entrada na instituição ainda de madrugada depois de sentir dores abdominais. Ao longo do dia também passou por exames para investigar uma crise de soluço que enfrentava há 12 dias. De acordo com o chefe do Executivo, em publicação em seus perfis nas redes sociais, a possibilidade de uma nova cirurgia é “mais um desafio” que decorre da facada sofrida durante a campanha presidencial.

Eis a íntegra da nota:

O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi transferido na noite desta quarta-feira para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar por uma avaliação no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e ser diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal. Após avaliações clínica, laboratoriais e de imagem realizadas, o Presidente permanecerá internado inicialmente em tratamento clínico conservador.

Direção médica responsável:

  • Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo – Cirurgião-chefe
  • Dr. Ricardo Camarinha – Cardiologista do Presidente
  • Dr. Leandro Echenique – Clínico e Cardiologista
  • Dr. Antônio Antonietto – Diretor médico do Hospital Vila Nova Star
  • Dr. Pedro Henrique Loretti – Diretor Geral do Hospital Vila Nova Star
https://www.poder360.com.br

Previous articleImperial College: Brasil tem menor taxa de transmissão de covid desde novembro
Next articleEm comemoração aos 143 anos de Juazeiro, Prefeitura entrega duas praças no Castelo Branco e homenageia antigos moradores