Odacy Amorim volta a questionar preço da gasolina no Sertão

A venda do litro de gasolina por até R$ 4,90 em alguns pontos do Estado foi questionada pelo deputado Odacy Amorim (PT), na Reunião Plenária desta terça (15). O parlamentar comentou sobre a política de preços da Petrobras e cobrou um posicionamento da Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz/PE) com relação a diferença de preços entre postos de Pernambuco e da Bahia.

“Não consigo entender como a gasolina pode sair de R$ 1,72 o litro nas refinarias da Petrobras e subir para R$1,93 poucos dias depois. Para o consumidor final o valor chega perto de R$ 5 em Petrolina”, criticou.  “O cidadão consegue comprar um carro mas não consegue rodar porque não tem condição de gastar R$ 5 por litro de gasolina”, pontuou. Para Amorim, “o imposto embutido na gasolina do Brasil daria para garantir a educação no País inteiro”. Segundo Amorim, um protesto contra o aumento de combustíveis deve ser realizado em breve no Sertão do São Francisco.

Ao fim, o deputado também pediu esclarecimentos sobre possíveis cartéis envolvendo os postos de combustíveis, já que três funcionários do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis-PE)  foram presos preventivamente pela Polícia Civil nesta terça, em uma investigação sobre combinação de preços nos postos. (Ascom)





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *