Ensino e Pesquisa da UPAE/IMIP de Petrolina é fortalecido através da participação de profissionais da casa em eventos nacionais e internacionais

O IMIP e suas unidades gerenciadas em Pernambuco atuam com a tríade da assistência, ensino e pesquisa e esses pilares vêm sendo fortalecidos inclusive pelos próprios profissionais, que buscam em serviço o aperfeiçoamento e a atualização.

Recentemente, seis representantes da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina participaram de eventos nacionais e internacionais, levando os nomes da UPAE e do IMIP ao cenário de ponta da saúde.

Abrindo a temporada, o coordenador médico da Unidade, Elson Marques, participou do 26º Congresso Europeu de Dermatologia, que aconteceu na Suíça, de 13 a 17 de setembro, e mais recentemente, nos dias 03 e 04, de um curso de atualização em preenchimento cutâneo (Códigos Médicos – MD Codes), em Recife.

Em ambos, o especialista em dermatologia apresentou trabalhos e adquiriu novos conhecimentos, confirmando assim a referência da UPAE como centro de excelência no diagnóstico de problemas de pele para o Vale do São Francisco.

“Sem dúvida é uma honra poder levar o nome da nossa instituição para o mundo e trazer o que há de mais moderno para a nossa região. Poder então oferecer essa qualidade em um serviço público de saúde é a cereja do bolo”, comemora.

Assim como o dermatologista outros profissionais da casa seguem o mesmo exemplo. A coordenadora de enfermagem e a enfermeira gerente do Núcleo Educação Permanente da UPAE, Grazziela Franklin e Martapolyana Torres, tiveram recentemente trabalhos aprovados no I Simpósio de Emergência do Vale do São Francisco e II Simpósio Interdisciplinar do Vale do São Francisco, ambos promovidos pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Na primeira experiência o trabalho aprovado teve como tema o “Perfil de Atendimento dos Usuários em uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas”, e no segundo evento que acontece nessa terça-feira (10) a banca aprovou o estudo sobre o “Índice de Acidente com Material Perfurocortante envolvendo Profissionais em uma Unidade de Pronto Atendimento”.

De acordo com Martapolyana, as pesquisas contribuem para o melhoramento da Rede de Atenção à Saúde do Brasil (RAS). “A gente levanta dados sobre a instituição e esses números corroboram para o entendimento da real situação das urgências e emergências do país. Além disso, as pesquisas auxiliam o nosso serviço na busca pela excelência na assistência e fortalecem o nosso tripé”, pontua.

Fechando o time aparecem os proctologistas Itamar Augusto de Oliveira, José Antônio Bandeira e Bruna Espínola. A médica representou a Unidade como ouvinte no 66º Congresso Brasileiro de Coloproctologia, tendo também participado como palestrante do Congresso Regional Norte Nordeste de Coloproctologia, e os demais como debatedores no mesmo evento.

“A UPAE se sente muito feliz de poder contar com profissionais tão gabaritados e ávidos por novos conhecimentos, que de forma objetiva beneficiarão os nossos usuários. Acredito que a soma da assistência, ensino e pesquisa é só positiva, e a nossa equipe com bons exemplos tem provado isso”, finaliza a coordenadora geral, Ana Beatriz Mota Aguiar.  (Ascom)





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *