Empresa do Vale do São Francisco investe R$ 30 milhões em nova fábrica de Juazeiro-BA. Inauguração é nesta sexta-feira(13)

Com um investimento de R$ 30 milhões, o Grupo Icofort Agroindustrial inaugura, oficialmente, nesta sexta-feira, 13 de julho, em sua sede, na cidade de Juazeiro/BA, a mais moderna planta industrial de processamento de óleos vegetais e produção de margarina e gordura vegetal da região Nordeste. A indústria é a primeira projetada para produção de alimentos livre de gordura hidrogenada.

O novo parque industrial, localizado no Vale do São Francisco, já entrou em operação e se soma a outras duas unidades, de Juazeiro e Luís Eduardo Magalhães, ambas na Bahia. Juntas, possuem 282,5 mil m² de área. Líder no Nordeste no processamento de caroço de algodão (transformando em óleos, línter, torta e farelo animal), a empresa passa a gerar 500 empregos diretos e 1.200 indiretoscom o novo investimento. A ampliação do seu parque fabril dá fôlego ao projeto de expansão da participação no mercado food service brasileiro com seus óleos especiais, margarinas livres de gordura hidrogenada e gorduras vegetais.

Por safra, o parque fabril da Icofort pode processar até 240 mil toneladas de caroço de algodão, mais de 3 milhões de sacas de ingredientes para nutrição animal, mais de 1 milhão de caixas de óleo comestível, 7 mil toneladas de línter, 30 mil toneladas de óleo bruto de algodão e 60 mil toneladas de óleo refinado a granel. De acordo com dados da empresa, desde 2000, ano de sua fundação, a Icofort já forneceu mais de dois milhões de caixas de óleo ao mercado e seis milhões de sacas de ingredientes para nutrição animal.

Além da potência produtiva, a Icofort possui uma moderna logística de frotas própria e terceirizada. Para atender a todo território nacional, a empresa investiu numa frota terrestre de carretas, trucks , bi-trens tanques, furgões e graneleiros.

Qualidade dos produtos
A qualidade e eficiência dos produtos já foram descobertas por grandes marcas e redes nacionais que usam a produção da Icofort. “Fabricamos o mais puro óleo do algodão. Um óleo cheio de saudabilidade, rico em vitamina E, Ômegas 3 e 6. Deixa os alimentos mais secos, crocantes e saborosos. O mercado está muito receptivo aos nossos produtos”, explica o diretor-presidente da empresa, Décio Alves Barreto Júnior.

O diretor comercial da empresa, Luis Fernando Dias destaca ainda o bom aproveitamento da matéria prima e conta que, após a extração do óleo, os resíduos dos caroços são transformados em farelo e torta de algodão, ingredientes para a nutrição animal de elevado valor energético. “A torta e o farelo podem ser consumidos por bovinos, caprinos, ovinos e ruminantes. Rico em proteína, óleo, fibras e de eficiente digestão, este alimento é garantia de aumento na produção de leite e ganho de peso para o gado”, atesta o diretor.

Mais sobre a Icofort Agroindustrial
A Icofort AgroIndustrial é hoje a maior empresa nordestina especializada em processamento e beneficiamento de sementes do algodão e de diversos tipos de óleos vegetais. “Estamos trabalhando muito nos processos e modernização. Sem falar que temos o diferencial da sustentabilidade. Aproveitamos totalmente a nossa matéria prima e devolvemos em forma de alimento. Isso é uma ação de responsabilidade ambiental”, pontua Luis Fernando.

Além do algodão, que é o ‘carro chefe’, a Icofort também processa óleos de palma e soja como também pode refinar óleos especiais de canola, girassol, palma e outros. “A Icofort está pronta para continuar crescendo, transformando matéria prima da natureza em alimento, e fazendo a diferença na vida das pessoas” concluiu o executivo, que destaca, também, a responsabilidade social da companhia – foi certificada como ‘Amiga da Criança’ pela Fundação ABRINQ, que tem como missão promover a defesa dos direitos e o exercício da cidadania de crianças e adolescentes.

A gestão inovadora tem um destaque especial na área do capital humano, que também tem recebido grandes investimentos. “O trabalho aqui é realizado com paixão, dedicação e competência; gerando desenvolvimento, oportunidades, conquistas, reconhecimentos, e, é claro, felicidade”, analisou o executivo de RH da Icofort, Osvaldo Souza. Ele destaca a contribuição das pessoas que trabalham nas unidades e o impacto vital nesse processo de inovação e crescimento. “ Temos investido e acreditado em pessoas apaixonadas pelo que fazem e engajadas em nossa cultura. Com uma estrutura organizacional mais fluida e horizontal, permitimos uma comunicação mais ágil e efetiva com nosso time. E isso tem gerado os melhores resultados”, finalizou.

A atuação da Icofort está dividida em três áreas: mercado de alimentos com a linha de óleos de cozinha, mercado de transformação (Flor de Algodão, Flor de Palma e Flor de Soja) e gorduras vegetais e margarinas Megachef; divisão de nutrição animal com tortas e farelos de algodão; e comércio internacional com exportações de línter (base e matéria-prima na fabricação de placas de vídeo, viscose, papel moeda, telas de LCD e LED, esmaltes e até em propulsores sólidos de foguetes). “Cumprimos com dedicação a missão de selecionar a melhor matéria prima da natureza e transformá-la 100% em produtos de extrema qualidade”, afirma o diretor-presidente da empresa, Décio Alves Barreto Júnior.Website: http://www.icofort.com.br. (EXAME)





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *