LEIA E REFLITA: ´Pra cima do tubarão`, por Nizan Guanaes

Nizan-Guanaes.capa_-702x336

Acordo todo dia antes das sete da manhã. Gosto de trabalhar. Sempre gostei. Trabalho muito. Se numa crise o líder segue trabalhando igual, não corta os próprios custos, não foca produtividade e processo, quem vai acreditar que tem uma crise?

Mas não adianta desesperar. O desesperado morre afogado. Se aquele surfista do tubarão tivesse ficado desesperado, tinha morrido. Ele foi lá e bateu no tubarão. Nós temos de enfrentar o tubarão.

O dinheiro sumiu dos lugares onde tradicionalmente estava ou diminuiu. No caso do meu setor, a crise é menor no middle market, e há muitas novas empresas surgindo pelo Brasil.

Eu nunca viajei tanto. Tem uma aeromoça da TAM que acha que eu sou artista porque me vê sempre sentado no assento 11D, que tem mais espaço para a perna. Mas viajo mais é na Azul, porque só a Azul voa para alguns dos lugares que tenho ido.

Sabe aqueles lugares do Brasil que o Brasil tradicionalmente esnobava? Ah, meu amigo, vá procurar a crise onde tem Sicredi. Vá a Luiz Eduardo Magalhães, na fronteira da Bahia. Dá uma olhada no grupo Ale na “Maiores e Melhores”. Já ouviu falar no grupo Iron House, de Pernambuco? Da água de coco Obrigado, na Bahia?

Eu não sou Poliana. A crise é brava, é dura, mas temos de ser mais duros e inteligentes do que ela.

Uma das ferramentas que ajudam muito a gerir tudo isso, pois há muito a fazer e só 24 horas no dia, é o WhatsApp. Como nosso grupo tem mais de 3.000 pessoas e várias empresas, não dá para ficar o tempo todo em reunião. Por isso, em cada empresa, faço um grupo no Whats- App e vou acompanhando tudo on-line e em tempo real. É incrível como funciona. O WhatsApp é a melhor sala de guerra da crise.

É fundamental também ter visão setorial. Não dá para cuidar só do seu próprio negócio. É preciso cuidar do seu setor. Mais do que nunca, pensar em todos é a melhor maneira de pensar em si.

E a propaganda pode ajudar muito numa crise. O Brasil tem um dos melhores parques publicitários do mundo. Em São Paulo, no Rio, em todas as regiões, a publicidade brasileira produz uma das melhores propagandas do planeta. As empresas brasileiras vão precisar da ajuda dessa criatividade para vender mais com menos verba.

Por isso, aonde eu vou, eu falo de nossas empresas e falo também de empresas que me inspiram, como a Almap, de Marcello Serpa, o Banco de Eventos, de José Victor Oliva, a TV1, de Sergio Motta Melo, a GAD, de Porto Alegre, a Ampla, do Recife. Enfim, agências de gente guerreira e competente que fará a diferença e ajudará a sair deste momento difícil.

Tenho também focado muito a gestão de nossos talentos. Nessas horas, precisamos de Silvio Santos e Faustão em nossas organizações. Temos de ser verdadeiros animadores. Espalho mensagens anticrise até nos banheiros. Celebro cada miniconquista. Porque senão a gente fica todo dia celebrando a crise.

Para fazer tudo isso, é preciso trabalhar ainda mais. Mas a hora do almoço é sagrada. Eu vou fazer ginástica, almoço no escritório e volto renovado para a luta.

Trabalhar é gostoso. Sobretudo quando se ama o que faz. Eu amo muito o que faço. E só gosto de trabalhar com quem gosta de trabalhar e ama o que faz. Na minha churrascaria, não aceito vegetarianos.

Esta coluna está sendo finalizada às 7h09 da manhã. Bom dia, crise. Vamos à luta. Vamos pra cima do tubarão.

Nizan Mansur de Carvalho Guanaes Gomes é um empresário e publicitário brasileiro. É sócio e co-fundador do Grupo ABC de Comunicação, holding que reúne 18 empresas nas áreas de publicidade, marketing, conteúdo e entretenimento.

O texto está disponivel no : http://app.folha.uol.com.br/#noticia/579875

A notícia que orgulha Pernambuco: das 10 melhores escolas públicas de ensino médio do Brasil, seis estão no estado

Ensino Médio Coronel João Francisco, de Pernambuco

Debate na Escola de Referência em Ensino Médio Coronel João Francisco, de Pernambuco

O Governo de Pernambuco está comemorando o sucesso do projeto de escolas em tempo integral. Segundo o  Instituto de Pesquisas e Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou hoje (5) as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 por escola e revelou que as dez melhores escolas públicas do ensino médio estão no Nordeste. Das 10 melhores escolas publicas de ensino médio do Brasil, seis estão em Pernambuco Ao todo, 15.640 instituições de ensino tiveram os dados divulgados, nas quais 1.295.954 estudantes fizeram o Enem.

A Escola Estadual de Educação Profissional Padre João Bosco de Lima, de Mauriti, no Ceará, está no topo do ranking. Segundo o Inep, são escolas de grande porte – com mais de 90 alunos – que tem indicador de permanência alto, onde mais de 80% dos alunos cursaram todo o ensino médio, e têm alunos de nível socioeconômico baixo ou muito baixo.

Veja abaixo o ranking das dez melhores escolas públicas dentro dos critérios do Inep (grande porte, indicador de permanência de mais de 80% e que atendem alunos de nível baixo ou muito baixo):

Escola Estadual de Educação Profissional Padre João Bosco de Lima, do Ceará
Escola de Ensino Fundamental e Médio Dep. Cesário Barreto Lima, do Ceará
Escola de Referência em Ensino Médio Coronel João Francisco, de Pernambuco
Escola de Referência em Ensino Médio João Pessoa Souto Maior, de Pernambuco
Escola de Referência em Ensino Médio Barão de Exu, de Pernambuco
Escola de Referência em Ensino Médio Padre Antônio Barbosa Júnior, de Pernambuco
Colégio Estadual Pedro Calmon, da Bahia
Colégio Estadual Dr. Milton Dortas, de Sergipe
Escola de Referência em Ensino Médio Senador Nilo Coelho, de Pernambuco
Escola de Referência em Ensino Médio Manoel Guilherme da Silva, de Pernambuco(Via JC)

Em reunião,`Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Salitre´faz cobrança do uso dos recursos hídricos em Juazeiro

COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SALITRE DIALOGA COBRANÇA DO USO DOS RECURSOS HÍDRICOS EM JUAZEIRO

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Salitre (CBHS) realizou no dia 07/08, no Auditório da Unidade Regional – UR do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – (Inema), localizada em Juazeiro, a sua 15ª reunião extraordinária. O encontro teve como objetivos discutir questões referentes ao cronograma de planejamento e ações do plano de bacia e balanço hídrico dos comitês, apresentar o processo de cobrança do uso da água, além de dialogar sobre a proposta de renovação dos membros do comitê.

Participaram da reunião, o Secretário Estadual do Meio Ambiente na Bahia, Eugênio Spengler, os Superintendentes: de Estudos e Pesquisas Ambientais da Sema, Luiz Antonio Ferraro, e o de Políticas e Planejamento Ambiental, Edison Ribeiro, Coordenador Social da Secretaria, Marivaldo Dias, Diretor da Diretoria de Águas do Inema, Bruno Jardim, Secretário Municipal de Meio Ambiente, Agenor Souza, do Presidente do Comitê, Almacks Luiz Silva, além de vários outros membros.

Antes de começar a reunião, o titular da pasta, Eugênio Spengler falou sobre o edital do Conselho Estadual dos Recursos Hídricos (Conerh) que foi publicado no dia (06/08) que prevê a renovação dos membros do conselho, como sociedade civil, órgãos federados, povos tradicionais e universidades. Durante todo o dia vários temas foram debatidos com o grupo, os desafios e o diagnóstico no que tange o plano de bacias dos comitês, como: a gestão de recursos hídricos, o programa de biodiversidade e a qualidade ambiental.

Na ocasião, Spengler falou sobre a cobrança pelo uso dos recursos hídricos que a partir de agora é uma realidade, e vai permitir o uso racional da água no Estado, e que deve ser cobrado tanto dos outorgados quanto os não outorgados. “Todo o recurso será investido na bacia cobrada, em obras voltadas para gestão da bacia hidrográfica, desde restauração florestal, recuperação de nascentes, manejo mais adequado de solo, e obras que visam à melhoria da bacia”.

Segundo o Secretário Estadual, o Governo do Estado da Bahia é sensível às necessidades de implementação dos instrumentos de gestão da água de forma racional, sustentável e participativa. “O processo da gestão de recursos hídricos é de permanente pactuação com os seus usuários”. Disse Splengler. Ainda de acordo com ele o que precisa a partir de agora, é estabelecer um referencial de valor, linha de corte e forma para essa ação, para dar um importante passo na busca da sustentabilidade.

Já o Diretor  da Diretoria de Águas do Inema, Bruno Jardim, fez uma apresentação sobre a cobrança do uso da água. “Para que a construção do programa tenha êxito no resultado é preciso garantir em ações de melhoria nas bacias hidrográficas dos recursos advindo da cobrança”, destacou Jardim.

No fim do encontro, rodada de perguntas foram feitas pelos integrantes do Rio Salitre, onde discutiram pontos importantes para o planejamento da água para esta região. “Para que a constituição dos programas tenham resultados satisfatórios precisamos trabalhar de forma conjunta e unificada em nossas ações, não só nas bacias hidrográficas mas, em todos”, destacou o presidente do comitê Almacks Luiz Silva.

Ascom Sema

Juazeiro-BA: Prefeito Isaac Carvalho é o novo cidadão baiano

O auditório do Complexo Multieventos da Univasf (Universidade Federal do Vale do São Francisco) ficou pequeno para o grande público que acorreu noite passada (07) para prestigiar a solenidade especial da Assembleia Legislativa da Bahia que na ocasião concedeu o Título de Cidadão Baiano ao prefeito de Juazeiro Isaac Cavalcante de Carvalho (PCdoB).

Além de muitos populares, vaqueiros, moradores do Projeto Mandacaru (comunidade onde a família Carvalho se instalou na década de 70), a solenidade foi prestigiada por autoridades civis e militares, bem como por vários prefeitos da região, a exemplo de Olímpio Cardoso (PDT) e a primeira dama, Marlene Cardoso, do município de Uauá; ex-prefeito de Canudos, Adailton Santana; prefeito de Canudos, Geo; prefeito de Sobradinho Luiz Vicente; ex-prefeita de casa Nova, Dagmar Nogueira; ex-prefeito de Sento Sé, Juvenilson Passos, e muitos outros.

Coordenada pelo deputado Marcelo Nilo, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, a solenidade foi marcada em vários momentos pela emoção dos que se pronunciaram e pelo público, a grande maioria, com alguma relação afetiva ou profissional com o homenageado.

A honraria foi uma iniciativa do deputado Fabrício Falcão (PCdoB) aprovada na legislatura passada e que este ano contou com o endosso de Crisóstomo Lima e Raimundo Nonato (Bobô), que também integram a bancada do Partido Comunista do Brasil na Casa.

“Nós, eu e Isaac, tivemos caminhos diferentes para chegar a esta terra. Enquanto eu descia o rio, Isaac enfrentava a correnteza, mas o amor que nós temos por Juazeiro é o mesmo” declarou fortemente emocionado o deputado Zó.

Para o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB) que em breve deve receber o título de cidadania juazeirense “Os grandes feitos de Isaac enquanto empresário e enquanto prefeito de Juazeiro o credenciaram a ser um conterrâneo que honra a Bahia”.

Como representante do governador Rui Costa, o Secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, apenas saudou o homenageado e passou o discurso inteiro fazendo a defesa do PT, da presidente e do governo Dilma Rousseff, inclusive, jogando responsabilidade de parte da crise que o Brasil enfrenta atualmente à imprensa, entre elas, a Rede Globo de Televisão.

Embora carregado de emoção, o prefeito Isaac Carvalho manteve o equilíbrio para agradecer a todos os presentes, à família, aos vaqueiros com quem se identifica desde criança e aos milhares de juazeirenses que, inclusive, o reelegeram, fato que se registrou pela primeira vez no município, colocando-o definitivamente na história política da cidade.

“Tenho trabalhado bastante por esta terra porque foi ela quem bem acolheu a minha família, e por mais que faça ainda será pouco para retribuir este acolhimento. Eu já me considerava baiano, juazeirense e a partir de agora dobra ainda mais a responsabilidade que eu já tinha com a minha terra e eu vou procurar não decepcioná-la” declarou ao Blog o prefeito Isaac Carvalho.(Blog de Geraldo José)

Olimpíadas dos Comerciários com inscrições abertas

Até o dia 17 de agosto, estarão abertas as inscrições para a 8° edição das Olimpíadas dos Comerciários, realizada pelo Sesc Pernambuco. As competições acontecem no Recife e no Interior do Estado, englobando as unidades de Santo Amaro, Santa Rita, Casa Amarela, Piedade, São Lourenço da Mata, Goiana, Petrolina, Caruaru e Buíque. Para disputar as provas, é necessário ter a idade mínima de 18 anos.

A inscrição é gratuita e deve ser realizadas através do site do Sesc (www.sescpe.com.br). Para isso, é necessário que o responsável da empresa preencha a ficha padronizada para cada modalidade. As disputas são direcionadas para as categorias de futsal, beach soccer e futebol society masculino, vôlei de quadra e de areia misto, atletismo com provas de corrida (100m, 300m e 1.500m), revezamento 4×100, salto em distância, arremesso de peso e corrida de rua. Além de jogos de salão, como dominó, dama, xadrez, tênis de mesa e futebol de mesa. O formato da modalidade é diferenciado por unidade, de acordo com a estrutura operacional de cada uma.

No Sesc Santo Amaro o foco da Olimpíada é o Futsal. Na unidade de Santa Rita, acontecerá competições de xadrez, dama, dominó, tênis de mesa e futebol de botão. Na Região Metropolita, a unidade de Piedade recebe os jogos de beach soccer, vôlei de praia e corrida de rua, e o Sesc Ler São Lourenço da Mata movimenta o futebol society. O município de Goiana, na Zona da Mata, sedia o vôlei de areia e quadra, a natação e futsal.

Já no interior, a cidade de Petrolina participa da iniciativa com competições de futsal, natação, jogos de salão, dominó, dama e sinuca. Em Caruaru, no agreste, os comerciários podem disputar no futebol society, no futsal, e ainda no dominó, na dama, natação e xadrez. Na unidade de Buíque, a ação é direcionada para o futsal.

A abertura dos jogos acontecerá no dia 23 de agosto e as atividades seguem até o dia 23 de outubro, com encerramento na Arena Aquasesc do Sesc Piedade. Todos os participantes devem integrar o Congresso Técnico, onde será apresentado o regulamento do evento e o sorteio das chaves dos jogos. Será no próximo dia 19,  às 19h, n Sesc Santa Rita.

PETROLINA

FUTSAL

NATAÇÃO,

JOGOS DE SALÃO

DOMINÓ

DAMA

SINUCA

Jovens de todo Nordeste participam de formação para Convivência com o Semiárido

Por ocasião da 23ª Escola de Formação para Convivência com o Semiárido, promovida anualmente pelo Irpaa (Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada), no período de 10 a 21 desse mês, cerca de 70 jovens de todos os estados do Nordeste discutirão assuntos relacionados ao clima e ao modo apropriado para se produzir e viver melhor no Semiárido brasileiro. Este ano, a Escola, que acontece no Centro de Formação Dom José Rodrigues, será realizada exclusivamente para juventude, especialmente jovens oriundos de famílias agricultoras.

Além do estudos sobre o clima, tecnologias de aproveitamento de água, beneficiamento da produção familiar, dentre outros temas ligados à realidade do Semiárido, como educação e comunicação, esses jovens terão importantes momentos de discussão sobre as Políticas Públicas voltadas para a juventude.

Para abrir as discussões, no dia 11, haverá uma palestra sobre “Perspectivas e Desafios para os Jovens Rurais”, ministrada por Rafaela Alves, do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) do Estado de Sergipe e no dia 19, o grupo irá participar do I Seminário Regional sobre Políticas Públicas para a Juventude, realizado pela Univasf, Campus Juazeiro.

Na programação da Escola, estão previstas ainda visitas ao Centro de Pesquisa da Embrapa, em Petrolina (PE), a Escola Família Agrícola de Sobradinho e à Barragem e Serra do Cruzeiro, também em Sobradinho.

Esses jovens terão um compromisso de mobilizar suas comunidades na perspectiva de discutir o papel na juventude em suas comunidades e regiões. Todos/as são oriundos de organizações da sociedade civil que tem engajamento nas causas ligadas aos direitos da juventude, especialmente do meio rural em todo o Semiárido.

Com auditório lotado, presidente do TJPE fala sobre justiça brasileira em palestra na Facape

Auditório palestra TJPE Palestra TJPE

O auditório principal da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) ficou lotado, na noite de ontem (6), para a palestra com o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Frederico Ricardo Neves. O evento fez parte das comemorações dos 10 anos do curso de Direito e contou com a presença de estudantes, juízes e desembargadores do Estado.

Antes da palestra, o presidente do TJPE foi recebido pelo presidente da Facape, Rinaldo Remígio, e pelo diretor administrativo/financeiro da autarquia, Alessandro Brito. Eles conversaram sobre a importância e os resultados do curso de Direito da faculdade, destacando ainda as parcerias e o bom relacionamento entre as instituições.

“A Facape possui uma unidade da Câmara da Conciliação do TJPE, fruto de uma parceria que tem gerado ótimos resultados. Além de proporcionar atendimento gratuito à população, nossos estudantes têm mais um espaço para colocar em prática o que veem em sala de aula. Esse relacionamento estreito que a Facape possui com as instituições aproxima também os futuros profissionais do mercado de trabalho”, disse o professor Remígio.

Palestra

A palestra teve com tema ‘Tribunal de Justiça e o Judiciário Brasileiro’. O presidente do TJPE falou ainda sobre diversos assuntos, como a crise econômica, sua experiência como magistrado e a necessidade de expandir os direitos assegurados pela Constituição Federal a todos os brasileiros.

Já possuímos a legislação, agora necessitamos iniciar uma fase de buscas, de garantir a todos os cidadãos os direitos assegurados pela Constituição Federal. Precisamos fortalecer o espírito da solidariedade, voltar mais o nosso olhar para quem está ao nosso lado”, afirmou.

Também participaram da palestra, acompanhando o presidente do TJPE, o diretor do Fórum de Petrolina, juiz e professor da Facape, Josafá Moreira; os desembargadores Ulisses Viana e Carlos Moraes; e a coordenadora do Colegiado de Direito, Francisca Tenório.

Prefeitura de Petrolina abre Semana da Amamentação e orientação a mães na AME do Jose e Maria

IMG_20150806_095420805

O dia dessa quinta-feira (06) foi de palestra e muitas orientações às mães da comunidade do Jose e Maria em Petrolina. Iniciamos a semana da amamentação e cuidados com o aleitamento materno nos primeiros dias de vida dos bebês, as mães foram acolhidas com um café da manhã nutritivo e balanceado na AME da comunidade e logo participaram e interagiram com a equipe de Saúde da Família que trouxe técnicas para cuidar dos recém-nascidos de Petrolina.

A diretora das unidades AME-Saúde da Família, Juliana Modesto, falou sobre a importância de todas as mulheres puérperas participarem desses encontros temáticos. “A Secretaria de saúde de Petrolina, mais uma vez é nossa apoiadora em todas as ações focais aos grupos, dessa vez as mães do Jose e Maria, que realizaram um grande momento de ‘mamada’ coletiva e social com a equipe”, explicou.

Esta gestão tem dado atenção especial às crianças com o programa Nova Semente, idealizado pelo Prefeito Julio Lossio, e as parceiras com a Rede Cegonha e o Programa Mãe Coruja; Petrolina é referenciada como cidade que se destaca no cuidado e atenção à primeira infância.

Com a Semana da Amamentação da Secretaria de Saúde, temos reforçado o nosso compromisso com a saúde de mães e bebês que recebem as orientações adequadas para o desenvolvimento das crianças.

“Temos um Prefeito que cuida com muito carinho da saúde das crianças de Petrolina, nossa cidade é modelo de atenção e cuidado logo nos primeiros ciclos de vida das crianças, com a idealização dessa semana fortalecemos nosso compromisso em cuidar ainda mais das pessoas e dos nossos bebês”, disse a secretária de Saúde de Petrolina, Lucia Giesta.

Ana Paula Farias é a mãe do pequeno Ítalo Gabriel de oito meses, e com a orientação da equipe de profissionais da Secretaria de Saúde, a mamãe pode conhecer novas técnicas importantes para cuidar do seu bebê.

 

AME do Ouro Preto

Dia 07/08

AME do Gercino Coelho

Dia 12/08

AME do Antônio Cassimiro

Dia 13/08

AME do Henrique Leite

Dia 14/08

 

“Cada mãe produz todos os nutrientes necessários para seu bebe no período de gestação, e o aleitamento materno é a primeira vacina que o bebê recebe”, disse Ana Paula após ter participado da orientação com a equipe.

Lei Maria da Penha completa nove anos nesta sexta-feira (07)

A Lei Maria da Penha (LMP) completa, nesta sexta-feira (07), nove anos de existência. Marco na legislação brasileira, a norma tem sido um importante instrumento para coibir a violência doméstica e familiar cometida contra as mulheres, impactando na redução em 10% da taxa de homicídios femininos em residências, segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), de 2015. Apesar dos avanços, a superação do problema está distante e exige uma atuação mais eficaz do poder público, no sentido de garantir a efetividade da lei; e da própria sociedade, em conhecer a norma de forma plena e denunciar.

Pesquisa Data Popular/Instituto Patrícia Galvão (2013) mostra que apenas 2% dos brasileiros nunca ouviu falar sobre a Lei Maria da Penha. “Mas, até que ponto, de fato, as pessoas conhecem o poder e o alcance da norma?”, questiona Gleizy Gueiros, coordenadora da ONG Diaconia no Recife, organização que articula projetos/ações de enfrentamento à violência e empoderamento das mulheres e atua, também, no Sertão do Pajeú.  Para ela, o desconhecimento da LMP, juntamente com o medo de denunciar, ainda são fatores que contribuem para a impunidade dos agressores.

Associar a violência doméstica apenas àquela que deixa marcas no corpo, praticada pelo companheiro da vítima, é uma das falhas mais comuns, ocasionadas pela falta de informação. “A Lei Maria da Penha define outros quatro tipos de violência domesticam, além da física – a psicológica, a moral, a sexual e a patrimonial. O agressor também pode ser qualquer pessoa, inclusive do sexo feminino, com quem a vítima possua ou tenha tido uma relação íntima de afeto”, esclarece Gueiros, lembrando que a íntegra da LMP pode ser acessada no site www.planalto.gov.br.

Como denunciar – Todo o caso de violência doméstica e intrafamiliar é crime, deve ser apurado através de inquérito policial e ser remetido ao Ministério Público. Para denunciar, a vítima pode ligar no 180, Central de Atendimento à Mulher, serviço que pertence à Secretaria Nacional de Política para as Mulheres; ou procurar delegacias e outros órgãos especializados em atendimento à mulher na sua cidade.

Integrante do PCC é preso em Petrolina-PE

 

Nesta última quinta-feira, dia (06), após levantamentos realizados por policiais do Núcleo de Inteligência do Sertão NIS-4 do 5º BPM,  policiais militares do GATI foi montada uma operação onde os mesmos deram cumprimento ao Mandado de Prisão expedido pela Comarca de Brasília-DF, em desfavor de Fabio da Silva Oliveira, vulgo “Pernambuco”, de 25 anos, residente no Bairro João de Deus, em Petrolina.

Segundo informações, Fabio é acusado de ser integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), e fazia ramificações em Brasília, no Distrito Federal. Vale ressaltar que o criminoso já cumpriu penas no Presídio de JaraguáBrasíliaÁguas Lindas e era investigado na Operação Tabuleiro do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). O mesmo foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e posteriormente para o presídio da cidade onde ficará a disposição da Justiça. (Blog: O Povo com a Notícia)

Apontado como “solução”, Lula é cotado como futuro ministro de Dilma Rousseff

Lula diz que corrupção na Petrobras é caca de pequeno grupo de pessoas

O ex-presidente Lula (PT) pode voltar ao governo, mas não como o poder de antes. Com o agravamento da crise política, cujo resultado são índices históricos de rejeição da gestão da presidente Dilma, o nome do ex-presidente começa a ser ventilado como futuro ministro de governo. Pelo menos essa é a tese defendida por interlocutores do Palácio do Planalto.

A ida de Lula ao governo Dilma é vista como uma das poucas formas da presidente recuperar sua popularidade. O ex-presidente, que é padrinho político de Dilma, também seria o responsável por resgatar as relações com a base do governo. Partidos, como o PDT e o PTB, por exemplo, já anunciaram a saída do governo. Lula seria o responsável pela “blindagem” do governo neste momento de crise.

Os dois ministérios mais “apropriados” para Lula, segundo petista, seriam os ministérios da Relações Exteriores e o da Defesa. As duas pastas lidam com assuntos estratégicos e com funcionários de carreira do Estado. É uma forma do ex-presidente de ser “homenageado” pelo cargo que ocupou no passado. A entrada de Lula nesses ministérios também garantiria a ele foro privilegiado, caso ele seja investigado pela Operação Lava-Jato.

Por enquanto, nenhum aliado de Lula nem da presidente comentam a articulação. Mas a ida do ex-presidente ao governo também é sintomática para Dilma. Caso seja confirmada, a presidente será “ofuscada” pelo padrinho político num momento em que afirma que “suporta pressão”. Dilma continuaria no comando, mas sem poder.

Técnicos da Univasf deflagram greve por tempo indeterminado

tecnicos_univasf_thie_gomes

Do G1- Petrolina

Os mais de 350 Técnicos Administrativos em Educação (TAE) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) decidiram em assembleia pela deflagração de greve por tempo indeterminado. A reunião, que aconteceu ontem (6) no campus Petrolina Sede, contou com 58 votos favoráveis dos mais de 100 presentes. Outras assembleias paralelas também foram realizadas nos campi Juazeiro, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso, no Estado da Bahia e São Raimundo Nonato, no Piauí.

A categoria cobra melhores condições de trabalho, providências em relação ao corte orçamentário e à demissão em massa de terceirizados, após a recente saída de mais de 200 profissionais da Univasf. “As demissões dos terceirizados atinge diretamente o nosso trabalho, não só nos serviços de higiene e segurança, mas também tínhamos apoio em funções administrativas. Por exemplo, a Secretaria de Educação a Distância (Sead), foi um dos setores bastante prejudicados, saíram quase 20 contratados. E a previsão é que o governo aumente o corte”, explica o assistente administrativo da Univasf, Aloysio Siqueira dos Santos Filho.

Para decidir os serviços que serão mantidos, outra assembleia já está agendada para a segunda-feira (10), no hall da Reitoria do campus Petrolina Sede, a partir das 9h. “O comando de greve e os técnicos vão estabelecer alguns parâmetros, porque a universidade não pode parar 100%. Cirurgias no hospital veterinário e procedimentos no Centro Clinico de Psicologia (Cepsi), além de serviços finaceiros ligados a pagementos devem ser mantidos”, destaca Siqueira.

Também na Univasf, cerca de 500 professores estão em greve, após a deflagração que aconteceu de forma programada desde o dia 23 de julho.

Veja as vagas de emprego da Agência do Trabalho para esta sexta-feira(07)

empregos-3

VAGAS 

FUNÇÃO 

ESCOLARIDADE 

EXPERIÊNCIA 

OBSERVAÇÃO 

01 

Atendente de bar 3399062 

FUNDAMENTAL INCOMPLETO 

6meses nãoCTPS 

Preparar sucos. 

 

02 

Cozinheiro de restaurante 3334099 

FUNDAMENTAL COMPLETO 

6meses CTPS 

 

01 

Cozinheiro geral 3398796 

FUNDAMENTAL INCOMPLETO 

6meses nãoCTPS 

 

01 

Eletricista 3372341 

ENS. MEDIO COMPLETO 

6meses CTPS 

“Deficiente” 

01 

Operador de maquina a vácuo  

ENS. MEDIO COMPLETO 

6meses CTPS 

 

01 

Operador de retro-escavadeira3396759 

ENS. MEDIO COMPLETO 

6meses CTPS 

 

01 

Orientador educacional 3394653 

ENS. MEDIO COMPLETO 

6meses CTPS 

Experiência com vendas 

01 

Professor de educação física 3393323 

SUPERIOR COMPLETO 

6meses nãoCTPS 

 

01 

Servente de obras 3366267 

FUNDAMENTAL COMPLETO 

6meses não CTPS 

“Deficiente” 

01 

Soldador 3383776 

FUNDAMENTAL COMPLETO 

6meses CTPS 

 

01 

Técnico de enfermagem do trabalho 338703 

ENS. MEDIO COMPLETO 

6meses CTPS 

 

01 

Tratorista agrícola 3374787 

FUNDAMENTAL COMPLETO 

6meses CTPS 

 

01 

Vendedor pracista 3389319 

ENS. MEDIO COMPLETO 

6meses nãoCTPS 

 

 A Agência do Trabalho, fica localizada no Centro de Convenções, ao lado do River Shopping, aberta das 7.30 as 17 horas. Vagas sujeitas a alterações no decorrer do dia. Telefone – 3866654.

Supremo Tribunal Federal discute descriminalização do porte de drogas para consumo próprio

Os ministros vão analisar um recurso apresentado por uma pessoa flagrada com pequena quantidade de maconha questionando a constitucionalidade da lei que fixa o porte de drogas como crime / Foto: Maj Will Cox/ Georgia Army/  National Guard

Os ministros vão analisar um recurso apresentado por uma pessoa flagrada com pequena quantidade de maconha questionando a constitucionalidade da lei que fixa o porte de drogas como crime
Foto: Maj Will Cox/ Georgia Army/ National Guard

O STF (Supremo Tribunal Federal) deve julgar na próxima quinta-feira (13) o processo que vai discutir a descriminalização do porte de drogas para consumo próprio.

Os ministros vão analisar um recurso apresentado por uma pessoa flagrada com pequena quantidade de maconha questionando a constitucionalidade da lei que fixa o porte de drogas como crime. Esse é um dos processos mais polêmicos em discussão no tribunal e começou a tramitar em 2011. O relator do caso é o ministro Gilmar Mendes.

Atualmente, 96 ações em todo o país com teor semelhante aguardam uma definição do Supremo sobre o caso.

Segundo a Lei de Drogas, é crime “adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal”.

A norma, porém, não prevê prisão de condenados pela prática. Geralmente, são aplicadas advertências sobre os efeitos das drogas, e penas alternativas como prestação de serviços à comunidade ou curso educativo.

A Justiça, em alguns casos, ainda decide tirar o condenado do chamado réu primário, o que pode agravar sua situação no caso de uma futura condenação.

Para os defensores da descriminalização do porte, impedir o indivíduo de portar droga para o uso próprio fere a intimidade e a liberdade individual, valores expressos na Constituição Federal. Outro argumento é que o consumo de drogas deveria ser tratado como questão de saúde pública e não como crime, com o reforço do combate ao tráfico.

A expectativa é de que a maioria do STF entenda que o artigo 28 da Lei Antidrogas é inconstitucional e que o consumo não pode continuar sendo considerado crime.