Prefeitura e PM reforçam acordo para organização do trânsito

Ampla e PMEm ato com a presença do prefeito Miguel Coelho, a Autarquia de Mobilidade de Petrolina (Ammpla) e a Polícia Militar estreitaram as forças para melhorar o trânsito da cidade. O acordo de cooperação técnica entre os dois órgãos para a organização do tráfego foi reforçado na manhã desta quarta-feira (01) no Sest/Senat. Com a parceria, o efetivo para disciplinar o tráfego de Petrolina terá 98 agentes da PM e Ammpla.

No encontro, também foram discutidas novas diretrizes para melhorar a convivência e a segurança no trânsito. A prioridade repassada para o efetivo foi a educação e o respeito junto à população. “Esta parceria vai nos trazer bons resultados. Num passado recente, Petrolina já teve o terceiro melhor trânsito do Brasil não só pelas avenidas, mas principalmente pela educação e boa convivência entre agentes, motoristas e pedestres”, frisou o prefeito às equipes.

O diretor da Ammpla, Geraldo Miranda, também defendeu a união dos órgãos de trânsito  como forma de Petrolina readquirir o status de referência no setor. “Iniciamos um novo ciclo para o trânsito de Petrolina. A sociedade espera de nós compromisso com um trânsito harmônico e com respeito e por isso é necessário mais do que nunca a educação.

Governo do estado


A blogueira e radialista Josélia Maria deve assumir cargo estratégico no governo do Prefeito Licinio Lustosa

14102213_1077731638929670_3367052342741561533_n (2)

Foto em anexo: Josélia Maria, prefeito Licinio Lustosa e o empresário Paulo Dantas Diretor Presidente da Agrodan

Josélia vai assumir uma assessoria estratégica ligada ao chefe do executivo. Professora concursada de Belém do São Francisco, tem experiência na área de eventos culturais e tem se destacado na midia nacional como free lancer da Folha de São Paulo pela credibilidade que adquiriu ao longo de 28 anos no rádio, 10 de blogueira e mais de 30 como professora. Participou de campanhas eleitorais vitoriosas de nomes de politicos com expressão nacional como Armando Monteiro, José Múcio, Eduardo Campos,Osvaldo Coelho, Humberto Costa, GeraldoCoelho entre outros. Joselia Maria é respeito e confiança para quem trabalha.

Governo do estado


Nova oportunidade: UNEB prorroga prazo para inscrição no Vestibular 2017

DH_vestibular_2017.2

A UNEB prorrogou, até o dia 5 de fevereiro, o prazo de inscrição para o Vestibular 2017.2 , exclusivamente pela internet, no endereçowww.vestibular.uneb.br.

Estão sendo disponibilizadas 3.185 vagas distribuídas em mais de 112 opções de cursos de graduação presenciais, oferecidas nos campi de Salvador e outras 22 cidades baianas, com entrada para o segundo semestre de 2017. A taxa é de R$ 70

O candidato que solicitou  isenção da taxa de inscrição e não foi contemplado deverá, no período de inscrição, acessar o módulo de acompanhamento no site do vestibular utilizando o seu número de inscrição ou CPF e data de nascimento e imprimir o boleto no valor de R$ 65 (sessenta e cinco reais), para integralizar o pagamento. Os contemplados com o benefício estão automaticamente inscritos no processo seletivo deste ano.

Em 2017, a universidade traz dois novos cursos. Os candidatos agora vão poder concorrer também às graduações em Medicina Veterinária, no Campus IX, em Barreiras, que ofertará 40 vagas, e em Administração, no Campus III, em Juazeiro, que será oferecido na modalidade semipresencial, com oferta de 40 vagas.

Pioneira no país na implantação do sistema de cotas, a UNEB reserva 40% das vagas para candidatos negros da rede pública de ensino e 5% para indígenas.

Os candidatos indígenas precisam especificar a que comunidade étnica pertencem, conforme opções constantes do formulário de inscrição deste Processo Seletivo, e devem comprovar a sua vinculação étnica por meio de declaração expedida por organização indígena devidamente reconhecida.

As provas estão previstas para serem aplicadas nos dias 23 e 24 de abril. A relação de cursos, quadro de vagas, provas, normas e cronograma da seleção constam no edital do certame (ver retificação) (ver termo aditivo).

O Centro de Processos Seletivos (CPS) da UNEB reforça que as vagas reservadas para 2017.1 (entrada no primeiro semestre de 2017) serão ofertadas exclusivamente através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Mais informações: tel. 0800 071 3000 ou e-mail vestibular@listas.uneb.br.

Convocação Geral


CDL de Petrolina realiza entrega de dois Carros Zero KM da Campanha Natal Mágico

 

IMG_0630

Francisco Hélio e Vanderlan Silva Dias foram os ganhadores dos carros Fiat Mobi Zero KM

A CDL Petrolina e o Sindilojas realizaram, na tarde da última sexta-feira, 13 de janeiro, a entrega dos dois carros Zero KM da sua Campanha Natal Mágico 2016. O presidente da CDL, Manoel Vilmar, o presidente do Sindilojas Joaquim de Castro, e o Diretor criativo da Campanha, Paulo Caria, fizeram a entrega das chaves do Fiat Mobi Zero Km aos ganhadores Francisco Hélio e Vanderlan Silva Dias. O ganhador Francisco Helio realizou suas compras na Farmácia Nomequel (Av. Joaquim Nabuco) e Vanderlan Silva Dias realizou suas compras no Supermercado Regente (Centro).

“É muito bom levar pra casa um grande prêmio como esse. Não imaginei que sairia com um carro zero. Eu e minha família estamos muito felizes”, comemorou Francisco Helio.

“Essa é uma forma de aquecer as vendas em Petrolina, e para isso as entidades representativas e os empresários trabalharam juntos para o fortalecimento do Comércio. Na próxima campanha esperamos muito mais, pois  quem ganha são os clientes e a nossa cidade”, destacou o presidente da CDL Manoel Vilmar .

Encerramento Campanha Natal Mágico

O sorteio foi realizado no dia 07 de janeiro de 2017, às 12h, na Tenda Cultural do Bambuzinho, no centro da cidade, na presença do presidente da CDL Manoel Vilmar e do Diretor Executivo Valdivo Carvalho, do presidente do Sindilojas Joaquim de Castro e do Diretor João Ferreira, do Diretor criativo da Campanha, Paulo Caria, Diretores da CDL, lojistas e parceiros. A campanha teve inicio no dia 19 de novembro de 2016.

Governo do estado


8 homens possuem a mesma riqueza que a metade mais pobre da população mundial

No Vietnã, o homem mais rico do país ganha mais em um dia do que a pessoa mais pobre recebe em dez anos, segundo relatório da Oxfam. BILL GATES E CARLOS SLIM, DOIS DOS OITO HOMENS MAIS RICOS DO MUNDO (FOTO: AGÊNCIA EFE)

No Vietnã, o homem mais rico do país ganha mais em um dia do que a pessoa mais pobre recebe em dez anos, segundo relatório da Oxfam. BILL GATES E CARLOS SLIM, DOIS DOS OITO HOMENS MAIS RICOS DO MUNDO (FOTO: AGÊNCIA EFE)

A fortuna das oito pessoas mais ricas do mundo é igual ao patrimônio da metade mais pobre da população mundial, o equivalente a 3,6 bilhões de pessoas. Sim, você entendeu certo. Desde 2015, o 1% mais rico detém mais dinheiro que o resto do planeta somado. Os números são da Oxfam, confederação de ONGs presente em 94 países, incluindo o Brasil, que trabalha para a redução da desigualdade. O relatório, intitulado “Uma economia para os 99%”, será apresentado no Fórum Econômico Mundial, em Davos, que ocorre nesta semana.

Segundo a Oxfam, a desigualdade vem crescendo a cada edição do estudo, a uma velocidade ainda maior do que a prevista. No ano passado, o relatório indicava que as 62 pessoas mais ricas possuíam riqueza equivalente à metade mais pobre da população. No início da década, eram 388 indivíduos com a mesma proporção da riqueza de 3,5 bilhões de pessoas. 

Atualmente, os 50% mais pobres do mundo detêm menos de 0,25% da riqueza global líquida. Desse grupo, de 3,6 bilhões de pessoas, cerca de 3 bilhões vivem abaixo da “linha ética de pobreza” — definida pela riqueza que permitiria que as pessoas tivessem uma expectativa de vida normal de pouco mais de 70 anos.

Para ilustrar o tamanho do abismo entre os mais ricos e os mais pobres do mundo, a Oxfam fez mais algumas comparações. Segundo o levantamento, um diretor executivo de qualquer empresa do índice FTSE-100 (da bolsa de valores de Londres) ganha o mesmo em um ano que 10.000 pessoas que trabalham em fábricas de vestuário em Bangladesh. E, no Vietnã, o homem mais rico do país ganha mais em um dia do que a pessoa mais pobre ganha em dez anos.

A confederação alerta, ainda, que a diferença entre mais ricos e mais pobres tem aumentado. De acordo com uma pesquisa recente, realizada pelo economista Thomas Piketty, nos últimos 30 anos, a renda dos 50% mais pobres nos Estados Unidos permaneceu inalterada, enquanto a do 1% mais rico aumentou 300%. “Se nada for feito para combatê-la, a desigualdade crescente pode desintegrar nossas sociedades. Ela aumenta a criminalidade e a insegurança e mina o combate à pobreza. Ela gera mais pessoas vivendo com medo do que com esperança”, diz o estudo.

“O relatório detalha como os grandes negócios e os indivíduos que mais detêm a riqueza mundial estão se alimentando da crise econômica, pagando menos impostos, reduzindo salários e usando seu poder para influenciar a política em seus países”, afirmou Katia Maia, diretora executiva da Oxfam no Brasil, em nota.

MARK ZUCKERBERG, FUNDADOR DO FACEBOOK, TAMBÉM INTEGRA O PRIMEIRO ESCALÃO DOS RICAÇOS (FOTO: DAVID RAMOS/GETTY IMAGES)

MARK ZUCKERBERG, FUNDADOR DO FACEBOOK, TAMBÉM INTEGRA O PRIMEIRO ESCALÃO DOS RICAÇOS (FOTO: DAVID RAMOS/GETTY IMAGES)

A Oxfam ressalta que acontecimentos recentes no mundo, como o Brexit, a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos, o aumento do racismo e da desilusão com a política tradicional, indicam que um número crescente de pessoas nos países ricos não está mais disposto a tolerar o status quo. “O desafio é o de construir uma alternativa positiva — e não um modelo que acentua as divisões”, conclui o relatório.

Para os países pobres, a situação tem melhorado, mas ainda está longe de ser resolvida. Centenas de milhões de pessoas foram retiradas da pobreza nas últimas décadas. Mesmo assim, uma em cada nove ainda passa fome, ressalta o relatório. Segundo pesquisas recentes, três quartos da extrema pobreza poderiam ser efetivamente eliminados imediatamente usando recursos já disponíveis, aumentando a tributação e reduzindo gastos militares e outras despesas regressivas.

As causas

O documento elenca o que considera ser as causas de tamanha desigualdade no mundo. O primeiro item citado é o fato de as empresas trabalharem para os ricos. Apesar de reconhecer que as companhias “constituem a força vital de uma economia de mercado e, quando trabalham em benefício de todos, desempenham papel vital na construção de sociedades justas e prósperas”, a Oxfam aponta que atualmente elas estão acentuando a desigualdade. “Nesse processo, os benefícios do crescimento econômico são negados aos que mais precisam deles.”

Isso acontece porque, nos esforços para entregar rendimentos elevados aos mais ricos, as empresas pressionam os trabalhadores e fornecedores. Assim, enquanto os salários dos altos executivos continuam crescendo, os salários de trabalhadores comuns e a receita de fornecedores têm permanecido praticamente inalterados e, e em alguns casos, até diminuído.

Piora a situação o fato de que mudanças na estrutura do mercado de trabalho levaram à perda do poder de barganha dos trabalhadores em negociações coletivas. Segundo o relatório, o diretor executivo da maior empresa de informática da Índia ganha 416 vezes mais que um funcionário médio da mesma empresa. Outro exemplo para ilustrar a pressão sobre a remuneração dos fornecedores: na década de 1980, produtores de cacau ficavam com 18% do valor de uma barra de chocolate — atualmente, ficam com apenas 6%.

MORADOR DE RUA NO RIO DE JANEIRO (FOTO: GETTY IMAGES)

MORADOR DE RUA NO RIO DE JANEIRO (FOTO: GETTY IMAGES)

Além disso, para melhorar a rentabilidade, as empresas muitas vezes evitam pagar impostos, que beneficiariam a todos, especialmente aos mais pobres. “Elas usam paraísos fiscais ou fazem com que os países concorram uns com os outros na oferta de incentivos e isenções fiscais e de alíquotas tributárias mais baixas”.

Dentro das empresas, a Oxfam vê mais uma causa para o agravamento da desigualdade: o empenho em remunerar os acionistas rapidamente. “Cada dólar de lucro passado aos acionistas de empresas é um dólar que poderia ter sido usado para garantir uma remuneração mais alta a produtores ou trabalhadores, pagar mais impostos ou investir em infraestrutura ou inovação”, defende a organização. O lobby ainda tem papel importante nesse cenário, no qual as empresas pressionam governos por redução de impostos e maiores vantagens.

Outro fator que aumenta a desigualdade é a forma como os super-ricos continuam vendo suas fortunas aumentarem. “Os super-ricos têm dinheiro para gastar com as melhores orientações de investimento e a riqueza detida por eles desde 2009 vem crescendo a uma taxa média de 11% por ano”, aponta o relatório.

Ainda nessa linha, a Oxfam afirma que os ricos se beneficiam da evasão fiscal para manter suas forturas. “Muitos dos super-ricos também usam seu poder, influência e relações para influenciar círculos políticos e garantir que as regras os favoreçam. Os bilionários do Brasil fazem lobby para reduzir impostos e, em São Paulo, eles preferem ir de helicóptero para o trabalho, evitando os engarrafamentos e problemas infraestruturais enfrentados nas ruas e avenidas da cidade”.

As mulheres ainda são as mais prejudicadas

O relatório ressalta que há uma grande diferença de gênero que se soma ao abismo de riqueza entre os mais ricos e os mais pobres. As mulheres tendem a se concentrar na metade inferior da distribuição de renda. No mundo, a chance de mulheres participarem do mercado de trabalho remunerado é cerca de 27 pontos porcentuais menor do que a dos homens, em média.

Mais: em empregos formais, é comum que as mulheres recebam salários menores do que os homens. As mulheres ganham de 31% a 75% menos do que os homens devido à lacuna de remuneração e a outras desigualdades econômicas, como a falta de acesso a proteção social, que se acumulam e as deixam em situações bem piores ao longo da vida.

Mesmo em economias avançadas, onde a disparidade de escolaridade de gêneros já foi, em grande parte, eliminada, os homens continuam a ser maioria entre o grupo de alta renda. Na Dinamarca, em 2013, as mulheres representavam apenas 31% do grupo dos 10% com renda mais alta. No mesmo ano, no Canadá, esse porcentual era de 30%; na Nova Zelândia, de 29%; e no Reino Unido, de 28%. Na Itália, em 2014, as mulheres eram 29% do grupo.

Convocação Geral


Em Remanso, Câmara de Vereadores vota reforma do Prefeito com 249 cargos de confiança e PV discorda

Remanso-BA

Remanso-BA

O prefeito Municipal da cidade de Remanso, José Clementino de Carvalho Filho, encaminhou a Câmara de Vereadores,  Projeto de Lei nº 402/2017, que trata de criação de 249 novos cargos em comissão e de confiança, para todas as secretarias municipais.

Alessandro Nunes presidente do Partido Verde da cidade de Remanso, discorda do projeto encaminhado pelo prefeito “Esse projeto não é bem vindo no momento, o prefeito primeiramente, tem que procurar acertar os salários atrasados dos funcionários que ficaram sem receber do ex-prefeito, pois inúmeras prefeituras estão diminuindo suas despesas, cortando gastos para continuar honrando seus compromissos. O país está passando por uma crise econômica muito difícil e a nossa cidade está em uma situação em que não temos água potável para a população, as ruas estão em péssimas condições de se trafegar, a saúde pública está em estado crítico. Então, se o prefeito quer colocar a casa em ordem, na minha opinião, e acredito,  na opinião da população, ele deveria começar olhando essas coisas que acabei de citar.”

Especialistas em gestão pública tem orientado que os novos prefeitos façam economia, senão, não terão caixa para cumprir os pagamentos.

Segundo ainda o  Presidente do PV, ” Em Remanso parece que nessa nova gestão a crise não chegou, querem aprovar uma lei com 249 cargos em comissão e de confiança, com salários base de R$ 2.200,00 a  R$ 6.000,00, e com possibilidade de gratificação de até 150%, ou seja, quem ganhará R$ 2.200,00 poderá chegar a receber mensalmente R$ 3.300,00. Valor muito alto para que a arrecadação municipal possa honrar seus compromissos.” Acrescentou.

Governo do estado


Lista de material escolar varia 60% em um ano

Segundo especialista, alternativa para economizar é usar a internet.

Segundo especialista, alternativa para economizar é usar a internet.

O Metro Jornal mostra como andam se comportando os preços de alguns itens corriqueiros em salas de aula. Primeiro, comparando o preço final de uma mesma lista de material em 2016 e, agora, em 2017.

No ano passado, quem pesquisasse bastante pagaria R$ 66,27 por essa lista. No último dia 11 de janeiro, quem comprasse os mesmos itens da lista sem pesquisar poderia pagar até R$ 106,19 – 60% a mais. A inflação oficial do ano passado foi de 6,29%.

Há casos, porém, que a variação individual de alguns itens básicos da lista foi bem mais alta do que a da cesta como um todo. Um exemplo é a caixa de giz de cera com 12 cores, que em janeiro de 2016 podia ser comprada por R$ 4,30 nas papelarias e agora chegou a ser cobrada por R$ 14,61 –  diferença de 240%.

variação da lista de material

lista de material

“Uma alternativa para economizar é usar a internet para comparar preços e comprar online, já que a inflação do varejo físico é sempre mais alta do que no e-commerce”, diz o diretor executivo do site comparador de preços Zoom, Thiago Flores, responsável pelos levantamentos de preços em 2016 e agora.

“Além disso, também é importante ponderar os desejos dos pequenos pelos artigos que estão na moda ou que apresentam design diferenciado, fatores que podem encarecer bem mais a lista escolar”, diz.

Convocação Geral


Prometeu colocar as contas em ordem no Ano-Novo? Veja como cumprir

economia-conta-investimento-poupanca-emprestimo-extrato-bancario-financa-banco-divida-contas-1469651425558_615x300

Ano Novo é sempre momento de renovar as esperanças. E também de lidar com contas pesadas para pagar logo após o estouro dos fogos. IPVA, IPTU, material escolar. Para quem começou a entrar na linha recentemente, por vontade própria ou por força das circunstâncias, é hora de olhar para trás e corrigir eventuais erros, inclusive na administração do orçamento doméstico.

Especialistas dão dicas para aperfeiçoar seu orçamento ou montar sua planilha agora (clique aqui e saiba como fazer uma planilha de orçamento).

– Reveja as anotações. Se não anotou nada, comece já

Se você já anota suas receitas e despesas, faça um balanço do ano. A conta de luz subiu demais em 2016? Pode ser algum aparelho com defeito ou alguém da família que esteja demorando demais no chuveiro. “É um bom momento para descobrir falhas nas planilhas, perceber alguma despesa que fugiu do controle ou que simplesmente não foi anotada”, afirma Roberto Vertamatti, diretor de Economia da Anefac.

– Anote tudo, mas tudo mesmo

Especialistas afirmam que é preciso lembrar de todas as despesas, até do lanche do trabalho, ou da “passadinha rápida” na farmácia, na padaria ou no mercado. Esses valores, embora individualmente pequenos, quando somados fazem toda a diferença no fim do mês.

– Troque o restaurante pela marmita

“Em vez de comprar lanche ou almoçar perto do serviço, que normalmente é mais caro, pode levar comida de casa ou passar no mercado antes do trabalho”, afirma o professor Michael Viriato, coordenador do Laboratório de Finanças do Insper. “Outra boa saída é se juntar com os colegas e comprar um micro-ondas, por exemplo. E daí cada um traz comida de casa e prepara no trabalho.”

– Lembretes para pagar as contas no dia certo

Pode ser em agenda de papel, computador, porta da geladeira, alarme no celular. Mas não se esqueça de pagar em dia. A despesa pode crescer 10% por causa de apenas um dia. “Mandar uma mensagem para os nossos usuários alertando sobre o dia de pagar o cartão ajudou a reduzir a inadimplência em 11%”, contra ‘, presidente do Guia Bolso, aplicativo de orçamento pessoal para celular.

– Reúna a família para economizarem juntos

Falar sobre finanças em família ainda é um tema difícil. O casal não conversa entre si. E também não divide as dificuldades com os filhos. “A família toda tem que ser envolvida. Isso ajuda muito as crianças, no futuro, a controlarem melhor sua vida financeira”, afirma Roberto Vertamatti, da Anefac. A conversa em família pode facilitar, por exemplo, a decisão de abrir mão da TV a cabo, de reduzir o plano de internet ou até de vender um carro.

– Conserte, recicle, reaproveite, faça manutenção

Cuide da manutenção do carro, conserte a máquina de lavar, ponha uma capa de proteção no celular para ele durar mais. “Eu realmente preciso comprar um celular de última geração agora? Não vou aproveitar nem 10% do que ele oferece, provavelmente”, questiona Vertamatti. “Deixe passar esse momento de aperto, guarde dinheiro aos poucos e lá na frente compre à vista e com desconto.”

– Explore as redes sociais, junte os amigos

As redes sociais podem ajudar você a economizar. Você pode montar grupos de pais para comprar material escolar em quantidade, com desconto. Se o esquema der certo, você pode juntar essa mesma turma uma vez por mês para comprar comida e outros produtos em supermercados que vendem por atacado. E a economia será dividida entre todos.

– Estimule seus filhos a ajudar na economia

Seus filhos também podem ajudar, buscando livros usados com colegas mais velhos e oferecendo os livros deles para os mais novos. Esse processo vai conscientizá-los a cuidar mais de cadernos e livros, permitindo reaproveitamento. “Faz bem para o bolso e também para a natureza”, declara Vertamatti.

– Renegocie suas dívidas com o banco

Os bancos também sentem a explosão das dívidas atrasadas, e estão mais dispostos a renegociar. Mas é importante que você tome a iniciativa. “Não pode ter vergonha e se acomodar. Quem não tem dinheiro para as despesas do início do ano deve ir ao banco buscar um empréstimo. Não pague apenas parte da fatura do cartão, porque o resto da despesa vai cair no rotativo, cuja taxa é muito maior. Negocie um parcelamento”, diz o professor Viriato, do Insper.

– Carro ou casa de praia podem ser a solução

Quem tem dois ou mais carros em casa ou possui outro imóvel e ainda acumula dívidas deve pensar em vender esses bens. “É preciso fazer algum sacrifício” diz Vertamatti. “O sacrifício tem um ótimo efeito para as finanças pessoais. Lá na frente você vai consumir com mais critério.”

– Troque o carro por meios de transporte alternativos

A venda de um carro pode gerar muitas economias, sem necessariamente abrir mão de conforto. “Se a pessoa vender o carro e investir o dinheiro, provavelmente os juros daquela aplicação serão suficientes para pagar as despesas de táxi ou do aplicativo de transporte individual (Uber, por exemplo), isso sem contar a economia com gasolina, seguro e impostos”, afirma o professor Michael Viriato, do Insper.

– Se o carro é imprescindível, refinancie

Se você usa muito o carro e não pode abrir mão dele, outra alternativa é refinanciá-lo, ou seja, oferecer o veículo como garantia de um empréstimo. “É uma modalidade ainda pouco conhecida. Ao dar um bem como garantia, a taxa de juros do empréstimo cai bastante. Mas se você não pagar, o banco pode ficar com seu carro”, explica Viriato.

– Nunca é tarde para mudar

O cheque especial e o rotativo do cartão são as dívidas mais comuns hoje porque não exigem nenhum esforço. Basta gastar além da conta que o banco automaticamente oferece a solução. Mas essa comodidade tem um preço. Ainda dá tempo de mudar: pesquise com seu gerente ou no site do banco as modalidades de empréstimo mais baratas. Se você recebe salário pelo banco, o consignado pode ser uma boa opção.

– Cuidado para não entrar em dívidas sem parar

Pegue o dinheiro de empréstimos mais baratos para pagar as dívidas mais caras. As prestações ao longo dos próximos meses serão bem mais suaves. Mas tome cuidado para não cometer o erro de entrar de novo no cheque especial ou no cartão.

Revise o seu orçamento para descobrir por que a conta continua não fechando. “As pessoas superestimam a própria renda em cerca de 8%. Elas cometem erros bobos, como deixar de descontar os impostos, por exemplo”, diz Thiago Alvarez, do Guia Bolso.

Comece a planejar hoje 2018, 2019… e 2048.

Separe uma parte das economias para os imprevistos e, principalmente, para os previstos, como o IPTU, IPVA e material escolar de 2018. “Junte desde já R$ 100 todo mês. Carimbe esse dinheiro e guarde, mesmo que seja na poupança. Você com certeza vai começar 2018 no azul”, declara Vertamatti, da Anefac.

Ele sugere ainda separar alguma sobra para despesas que não são prioritárias, mas importantes, como as férias. “É bom também pensar na aposentadoria, agora mais do que nunca, com a reforma que está em discussão no Congresso. Se o jovem guardar R$ 50 todo mês, daqui a 30 ou 40 anos ele vai se aposentar muito mais sossegado.”

Lembre que as coisas podem piorar

“Na bonança, as pessoas não se preocupam muito com o dinheiro porque acham que vão ter um emprego melhor amanhã ou vão receber aumento. Elas só se mexem na crise, quando surge o risco do desemprego, e o salário é devorado pela inflação”, diz Alvarez, do Guia Bolso.

Convocação Geral


Feijão, arroz, café, açúcar, óleo de soja e manteiga tiveram forte aumento no ano de 2016

ICB

A Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) divulga dados da nova pesquisa, realizada pelo curso de Economia da Instituição, que avalia o Índice da Cesta Básica (ICB) na região do Vale do São Francisco. De acordo com os resultados da análise, o mês de dezembro de 2016 apontou inflação de 0,44% nos produtos comercializados em Juazeiro-BA e deflação de 1,63%, em Petrolina-PE. Considerando as duas cidades juntas, a deflação no período foi de 0,64%.

Considerando o ano de 2016, Juazeiro e Petrolina apresentaram inflação de 6,32% e 6,58%, respectivamente. Comparado com o ano de 2015, em 2016 houve uma inflação ainda alta, porém, bem menor que a do ano anterior. Em 2015, os valores foram de 16,33% em Juazeiro e 11,86% em Petrolina.

O preço médio do leite integral, feijão, arroz, café, açúcar, óleo de soja e manteiga teve forte aumento no ano de 2016. Para oDepartamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) esses aumentos estão ligados a redução da área plantada, instabilidade climática, dificuldades da produção, maiores custos de produção, aumento da demanda externa e maior demanda para produção de biocombustíveis, respectivamente.

Apenas o tomate apresentou redução no preço médio acumulado do ano.
Essa redução foi devida a grande disponibilidade do produto no mercado que fez com que os preços reduzissem em comparação com o ano anterior. Segundo o DIEESE, o custo da cesta básica aumentou em todas as capitais estudadas. A maior alta anual ocorreu em Rio Branco-AC (23,63%) e a menor em Recife-PE (4,23%). Porto Alegre-RS fechou o ano de 2016 com o maior custo da cesta básica no Brasil, R$ 459,02 e Recife-PE foi o menor encontrado, R$ 347,96. Em Juazeiro-BA, o custo no mês de dezembro foi de R$ 313,47 e em Petrolina-PE, de R$ 319,22.

Convocação Geral


Em Afrânio, Prefeito Rafael Cavalcanti se reúne com representantes do Banco do Brasil

Prefeito de Afrânio Rafael

Prefeito de Afrânio Rafael com o Superintendente Regional do Banco do Brasil em Petrolina, Eliézio Vasconcelos, e com a Gerente da Agência Afrânio, Glenda Mirtys.

Atento aos últimos episódios envolvendo tentativas de assalto à agência do Banco do Brasil no município de Afrânio, o prefeito Rafael Cavalcanti participou de reunião com o Superintendente Regional do Banco do Brasil em Petrolina, Eliézio Vasconcelos, e com a Gerente da Agência Afrânio, Glenda Mirtys.

Na ocasião, o novo prefeito colocou o poder público municipal à disposição da instituição financeira no que for necessário, para agilizar as obras de reforma e diminuir os prejuízos que o fechamento da agência trazem à cidade e aos afranienses.

Rafael comprometeu-se também em enviar projeto de lei à Câmara tornando obrigatória a identificação dos hóspedes em hotéis e pousadas da cidade. Além disso, foi assegurada a instituição do Conselho Municipal de Segurança Pública e a retomada do funcionamento pleno das Câmeras de Monitoramento, que não estão funcionando devido à falta de pagamento ao fornecedor pela gestão anterior.

“Recebi do superintendente regional o compromisso de empenho para resolver a situação o mais rápido possível junto ao Banco do Brasil. Irei também ao Presidente da instituição em Brasília, para reforçar o pleito de agilidade”, comentou o prefeito após o encontro.

Convocação Geral


Em Petrolina-PE, homem é assassinado com seis tiros no bairro Santa Luzia

xx

A vítima levou seis tiros no bairro Santa Lucia em Petrolina-PE

Na noite desse domingo dia (08), um homem identificado até o momento apenas como Paulista, foi assassinado com seis tiros em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O crime aconteceu na Rua 7 do bairro Santa Luzia.

Segundo informações, dois homens chegaram em uma moto e efetuaram cerca de seis tiros contra a cabeça e pescoço da vítima, que veio a óbito no local. Logo após o crime, os algozes fugiram e até o momento não foram localizados.

O corpo foi removido para o Instituto de Medicina Legal (IML) e o caso registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro Ouro Preto.

Governo do estado


Asneiras

19233270

Carlos Chagas

Como aceitar que o ministro da Justiça despeje impunemente sobre a nação o maior monte de asneiras jamais pronunciado desde a posse do presidente Michel Temer?

Na semana que passou o jurista Alexandre Morais declarou que “a situação não saiu do controle”;  “nos presídios do Norte  houve apenas um acerto de contas”; “não foi retaliação”; “não há guerra entre as facções de criminosos”…

Em Manaus, Boa Vista e outras cidades da região jogou-se futebol com cabeças degoladas, assassinaram centenas de presos com requintes de crueldade,  arrancaram pernas e braços, furaram olhos  e queimaram corpos de  grupos adversos.

O que está sob controle, exceção da fúria de animais empenhados em destruir seus semelhantes numa guerra sequer registrada na pré-história?

Importa menos se foi o PCC, o CV ou a Família, pois todas as quadrilhas dedicaram-se a essas práticas, de acordo com o domínio eventual de estabelecimentos penais e a complacência das autoridades encarregadas de vigiá-las. Todo mundo massacra todo mundo nas cadeias do país inteiro, porque a animalidade não se limita ao Amazonas ou a Roraima, mas a todo o território nacional.  Imagens de tantas barbaridades ganham o planeta e são tidas como simples acerto de contas. Muitos     conseguiram fugir e encontram-se nas ruas, assombrando o cidadão comum.

Breve a equação se ampliará, ou seja, os animais assumirão o controle não só das penitenciárias, que já controlam, mas das ruas de qualquer cidade.

A solução do governo é construir,  por centenas de milhões de reais,  mais penitenciárias ditas de segurança máxima. Apenas para dar melhores condições aos bandidos se organizarem  e estenderem as matanças. E entregando ao capital privado a gestão dessas universidades do crime,  financiadas por quem paga impostos.

Nos  idos da ditadura militar, as forças armadas caçavam, na floresta e nos grandes centros, quantos se propunham a mudar pelas armas ou pela palavra o regime  então vigente. Quase não escapou ninguém, menos os que conseguiram exilar-se. Não seria o caso de repetir a operação, mesmo contra os animais a serviço do crime organizado, como agora. Enjaulá-los sem contemplação tornou-se missão impossível, mas extingui-los ofende os padrões da civilização, a menos que se adote a pena de morte. Já. Para eles e para os dirigentes do tráfico de drogas, a mola propulsora de tudo o que vai acontecendo.

Governo do estado


Posse de Humberto Mendes em Santa Maria da Boa Vista-PE neste domingo(1)

Humberto-e-Valter 14448915_1110934105653423_2203244584235784414_n
A solenidade de posse dos novos vereadores e do prefeito Humberto Mendes(PTB) e o  vice-prefeito Walter da Civil(PT), eleitos no último pleito do dia 02 de outubro desse ano em Santa Maria da Boa Vista-PE,  vai acontecer às 17:30 horas, deste domingo(01) no Clube Hinitz.
Veja a programação oficial
. 16:00h – Missa em ação de graças na Igreja Matriz
. 17:30h – Posse e transmissão de Cargo – Clube Hinitz e logo em seguida festa pública na Av. Nilo Coelho
Governo do estado


Sesc Pernambuco abre seleção para estágio com 117 vagas a partir desta segunda-feira(26)

Resultado de imagem para sesc

O Sesc Pernambuco abre processo seletivo de estágio em 14 municípios na próxima segunda-feira (26). Ao todo, serão oferecidas 117 vagas para estudantes de curso superior, uma vaga para nível técnico em Segurança do Trabalho, além de cadastro de reserva para técnico em Edificações e Informática.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 11 de janeiro de 2017, pelo endereço eletrônico: http://estagio.sescpe.com.br. É cobrada uma taxa no valor de R$ 35, de 12 a 17 de janeiro de 2017, em qualquer agência bancária.

Podem participar da seleção estudantes que estejam cursando Artes Plásticas/Visuais, Arquitetura, Administração, Biblioteconomia, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Dança, Design, Edificações (técnico), Educação Física (bacharelado), Engenharia Civil, Informática (técnico), Jornalismo, Letras, Medicina, Música, Nutrição, Odontologia, Pedagogia, Psicologia, Química, Serviço Social, Segurança do Trabalho (técnico), Teatro e Turismo.

Os estudantes de nível superior devem estar cursando os últimos quatro períodos da faculdade. Já os alunos de nível técnico devem estar matriculados no 2º ou 3º período no ato da convocação. A carga horária do estágio é de quatro horas diárias com bolsa de formação no valor de R$ 656 e os de nível técnico de R$ 430. Os estudantes receberão, também, auxílio-transporte de R$ 140.(Com informações da Folha de PE)

Convocação Geral


Por que a crise vai deixar os clientes mais exigentes no Natal

 

*Por Mário Rodrigues

*Por Mário Rodrigues (IBVendas)

Data mais importante do comércio, o Natal se aproxima com perspectivas não tão boas para o consumo. De acordo com a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o volume de vendas no país deve ter uma queda entre 4% e 5%, na comparação com o mesmo período de 2015. A grande questão no momento é o que as empresas e estabelecimentos precisam fazer para se salvar diante desse cenário. E mais: será que preparar os vendedores para o período pode colaborar com o aumento dos resultados?

Os profissionais de vendas devem entender que uma nova demanda surgiu no mercado e que é preciso estar pronto para encará-la. A redução nas vendas não significa que as pessoas pararam de consumir, mas diminuíram os gastos. Os consumidores que compravam nos concorrentes mais caros agora vão aparecer no seu balcão em busca de um presente ou lembrancinha de menor custo.

Isso não quer dizer, porém, que se contentarão com um serviço ruim – afinal, eles estão acostumados a um atendimento de qualidade. É a oportunidade perfeita para o vendedor criar um bom relacionamento com esses novos clientes, que podem gostar do atendimento e continuarem como clientes, mesmo após a crise e ajudar ainda a melhorar o preço dos seus produtos.

Outra tendência provocada pela crise é o “atraso” para ir às compras de Natal, pois o consumidor passou a pesquisar com cuidado tanto sobre a qualidade quanto sobre os preços de produtos e serviços. Neste momento, é fundamental que as lojas convençam o cliente de que vale a pena comprar antes e não deixar tudo aos 45 do segundo tempo. Oferecer algo em troca – como desconto, premiação, sorteios, brindes ou até mesmo formas diferenciadas de pagamento – pode fazer a diferença.

No entanto, mesmo que ofereça algo para que os consumidores comprem antes, é preciso estar preparado para as compras de última hora. A grande maioria vai esperar para ver as opções e, principalmente, para ter a certeza de que os preços caíram ou não. O segredo para não ser afetado pela expectativa negativa no fim do ano é se adaptar às necessidades do cliente.

Governo do estado