Clinical_Center Petrolina

Abraçar causa mudanças químicas que fazem bem à saúde, aponta ciência

Resultado de imagem para Abraçar

Além de ser uma das relações mais afetuosas entre os seres humanos, o abraço faz bem também para a saúde. De acordo com uma pesquisa realizada pelo G1, a interação traz mudanças químicas no organismo. Num abraço mais demorado, o corpo libera a oxitocina, um hormônio que dá uma sensação de confiança, amor, recompensa.

“Oxitocina, ele é um hormônio que é responsável pela construção de laços, laços familiares. Quando você tem essa relação próxima, que é uma relação de pele, você garante a sobrevivência da espécie, porque grupos unidos sobrevivem mais do que indivíduos sozinhos numa natureza que não é acolhedora. E você ganha o acolhimento do abraço”, explica a endocrinologista Andressa Heimbecher.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *