Governadores pedem volta dos leilões de energia renovável

Ministro Fernando Filho ao lado do governador Paulo Câmara

Ministro Fernando Filho ao lado do governador Paulo Câmara

Os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Camilo Santana (Ceará) e Wellington Dias (Piauí) se reuniram nessa última terça-feira (10) com o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, para solicitar que o Governo Federal retome, neste ano de 2017, os leilões de energia eólica e solar, que hoje representa um segmento econômico importante para o Nordeste. Os leilões foram suspensos no final do ano passado.

“O setor de energia renovável é uma cadeia econômica que se consolida no Nordeste, com parques instalados em diversos Estados, inclusive com expressivos investimentos de fabricantes de equipamentos. Além do aspecto ambiental, estamos gerando emprego e renda em regiões carentes do Brasil. O cancelamento dos leilões nos causou preocupação quanto ao futuro”, argumentou Paulo Câmara. Os últimos contratos assinados pelos produtores de energia renovável são de 2015.

O ministro Fernando Filho informou que o ministério está trabalhando na revisão do modelo de leilões de energia renovável. O atual trabalhava com um cenário no qual a economia brasileira cresceria à taxa de 4,5% ao ano, mas o País vai, na realidade, para o segundo ano de recessão (2015-2016).

Segundo o ministro, essa nova proposta deve estar fechada até março de 2017. Fernando admitiu a possibilidade de realizar um novo leilão ainda no primeiro semestre deste ano, a depender do resultado dessa reavaliação.

“O ministro foi muito transparente nas suas colocações e demonstrou compromisso com a manutenção desse importante setor da economia nordestina, que ele conhece tão de perto. Estou certo que o Governo vai encontrar uma solução que compatibilize as necessidades do setor energético com os investimentos feitos pelas empresas que atuam na cadeia de energia renovável da nossa região”, avaliou Câmara.

O setor de energia renovável do Nordeste chegou a representar 50% do consumo de energia da região. No Brasil, o segmento recebeu investimentos da ordem de R$ 70 bilhões, nos últimos seis anos. Cerca de 82% das turbinas instaladas no País estão localizadas no Nordeste.

Além dos três governadores, os Estados da Bahia e do Rio Grande do Norte enviaram representantes à reunião no Ministério de Minas e Energia.(Folha-PE)

Publicado em Pernambuco, Petrolina, Politica por vinicius de santana. Marque Link Permanente.

Sobre vinicius de santana

Vinicius de Santana é radialista a 30 anos em Petrolina-PE. Trabalhou na Emissora Rural, no Jornal o Sertão e atualmente trabalha na Rádio Grande Rio AM, na Rádio Rio Pontal FM de Afrânio-PE e na Rádio Dormentes FM, comunitária da cidade de Dormentes-PE.É formado em Administração de Empresas(FACAPE) e é pós graduado em Gestão de Pessoas(FACAPE). Tem especialização em Marketing Politico com passagens em várias cidades do sertão como coordenador de campanhas politicas. É Jualina: nascido em Juazeiro-BA, mas mora em Petrolina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *